Canal bolsonarista é banido do YouTube

Allan dos Santos, dono do Canal Terça Livre, é investigado pelo STF
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Allan dos Santos é investigado em inquérito no STF (Reprodução)

O YouTube tirou do ar o canal Terça Livre, do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. Ele já é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e foi alvo de operações da Polícia Federal.

O anúncio oficial foi feito através do site do Terça Livre, que informou que os dois canais, “Terça Livre TV” e o “Terça Livre Live”, “foram encerrados” na noite de quarta-feira (3). Segundo o site, o canal foi banido da plataforma por “violação dos Termos de Serviço”.

Em nota, o Google afirmou que “todos os conteúdos no YouTube precisam seguir nossas diretrizes”, além de contar “com uma combinação de sistemas inteligentes, revisores humanos e denúncias de usuários para identificar conteúdo suspeito e agimos rapidamente sobre aqueles que estão em desacordo com nossas políticas”.

Segundo a nota postada pelo Terça Livre, a ação é recorrente de uma campanha do grupo ativista Sleeping Giants Brasil.

Allan é investigado pela PF e tem dois inquéritos abertos pelo STF. Um por ameaças a ministros do Tribunal e a disseminação de informações falsas na internet e outro investiga o financiamento de atos antidemocráticos.

Por TV Cultura

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas