Pesquisa indica melhor sinal de internet banda larga

Resultados por cidade tiveram como base mais de 15 milhões de testes de velocidade

Uma pesquisa feita em três mil cidades do Brasil revela quais as melhores operadoras de internet banda larga. O resultado está na nova edição do Prêmio Melhor Plano, que acaba de ser divulgado pelos sites Minha Conexão e Melhor Plano.

Para gerar os resultados, a premiação levou em conta mais de 15 milhões de testes de velocidade e 660 mil opiniões de usuários, que avaliaram o trabalho das operadoras, informam em nota à imprensa.

Os vencedores se dividiram nas categorias de “Melhor Velocidade”, “Melhor Satisfação” e “Melhor Provedor”, com feitos inéditos para certos nomes do segmento.

Computador com a tela pouco aberta e toda iluminada, com fundo da imagem escuro.
(Joshua Woroniecki /Pixabay)

“Chegamos ao quarto ano de Prêmio Melhor Plano unindo os mesmos sentimentos que impulsionaram sua primeira edição: o desejo de facilitar a decisão dos brasileiros, contribuindo para escolhas mais assertivas, e o entendimento de que é preciso reconhecer as instituições que ofereceram internet de qualidade, sobretudo durante o isolamento social”, comenta Pedro Israel, co-fundador do Melhor Plano, em nota à imprensa.

Na tabela abaixo estão os vencedores por Estado. Clicando em cada um, é possível verificar o vencedor nas cidades, segundo os organizadores.

“No entanto, em alguns casos, pode ser que o usuário se depare com regiões sem uma categoria ou outra. Isso acontece por dois motivos: ou as avaliações foram insuficientes ou não houve interseção de dados entre as categorias de “melhor velocidade” e “maior satisfação” para chegar ao resultado”, esclarece a nota.

EstadoVelocidadeSatisfaçãoProvedor
AcreSEM FRONTEIRASUNONETSEM FRONTEIRAS
AlagoasBRISANETA2TELECOMBRISANET
AmapáVOCÊ TELECOMWEBTURBOVOCÊ TELECOM
AmazonasTIMMRCIEL TELECOMTIM
BahiaTIMGLOBAL TELECOMCLARO
CearáMULTIPLAYJWS TELECOMBRISANET
Distrito FederalLOGTEL INTERNETLINKWAPOI
Espírito SantoMICRON INTERNETNOVATECMICRON INTERNET
GoiásOMNI TELECOMLAN FIBRA TELECOMWGO TELECOM
MaranhãoG3 TELECOMVIRTEXG3 TELECOM
Mato GrossoLCI TELECOMLCI TELECOMLCI TELECOM
Mato Grosso do SulLIGNETMITAS INTERNETIDL TELECOM
Minas GeraisGIGANETGIGANETGIGANET
ParáCLICK SPEEDGIGABYTE TELECOMCLICK SPEED
ParaíbaTELYTELYTELY
ParanáSERCOMTELVOXTECHSERCOMTEL
PernambucoWANTELAP NETCLARO
PiauíVIRTEXVIRTEXVIRTEX
Rio de JaneiroLESTE TELECOMGIGALINE INTERNETLESTE TELECOM
Rio Grande do NorteNETJATNETJATNETJAT
Rio Grande do SulCLEAN NET TELECOMCONECT SULOI
RondôniaGLOBOFIBERWIANETGLOBOFIBER
RoraimaAMAZÔNIA TELECOM4WNETAMAZÔNIA TELECOM
Santa CatarinaNEOREDEMYNETNEOREDE
São PauloVIVOPAMNETVIVO
SergipeCLAROANET TELECOMNETGLÓRIA 
TocantinsNET PRIMENET PRIMETOLEDO FIBRA

Metodologia

A nova edição do estudo teve como base os testes de velocidade de internet feitos de janeiro a novembro de 2021 no site Minha Conexão. Foram levadas em conta a rapidez da velocidade de download, upload e a satisfação dos usuários com seus provedores. No total, estima-se a análise de aproximadamente 15.670.000 milhões de testes, bem como 665.900 mil avaliações dos consumidores.

Como nas edições que o antecedem, apenas provedores com o mínimo de mil testes de velocidade realizados no período participaram do prêmio. Também foi exigido que eles possuíssem ao menos 3% da amostra dos testes da região avaliada para ter significância estatística. Além disso, foi preciso haver testes mapeados do provedor nos últimos 3 meses, de modo a garantir que a empresa está à ativa.

Quanto às regiões, cada cidade precisou ter, no mínimo, 3 mil testes dentro do período avaliado para ser incluída. Por tal motivo, certos municípios não foram enquadrados pelo ranking, que verificou a insuficiência de testes para chegar a algum dado preciso. A análise dos dados contou com a utilização de algoritmos para detectar comportamentos artificiais e eliminar possíveis tentativas de fraudes por parte de robôs. Por fim, foi realizada uma auditoria manual para conferência do resultado em todas as regiões.

Melhor Velocidade: Usou-se a média de velocidade por IP no mês, por provedor em cada cidade. Para concorrer ao prêmio, o operador deveria ter ao menos mil testes de velocidade ao longo de um ano e  registro de testes nos últimos três meses do ano. Em cada região concorrida pelo provedor (nível nacional, estadual e cidades), ele deveria representar, no mínimo, 3% dos testes locais.

Na categoria de “Melhor Velocidade”, foi dado um peso de 90% para o download e 10% para o upload. O download pesou mais por representar melhor a experiência dos consumidores com a internet no dia a dia.

Para chegar ao cálculo do valor de download e upload, foi utilizada uma  fórmula estatística para que os resultados ficassem mais precisos. Utilizou-se uma distribuição normal na qual os valores do percentil 10, percentil 50 (também conhecido como mediana) e percentil 90, foram combinados em uma média ponderada usando uma proporção de 1:2:1,respectivamente.

Maior Satisfação: Ao utilizar o site Minha Conexão para conferir a velocidade de sua internet, é possível dar uma nota de satisfação de 0 a 5 após o teste. Sendo assim, a participação nesta categoria levou em conta provedores com pelo menos 30 avaliações na cidade ou estado, além de 3% da amostra de avaliações da região em que estivesse concorrendo. 

Para evitar possíveis erros de avaliação e supondo que um mesmo usuário poderia mudar sua nota ao longo do tempo, foi considerada a média das notas de avaliação por endereço eletrônico (avaliação feita por IPs diferentes) na cidade em que o provedor foi avaliado. 

Melhor Provedor:  Avaliação feita a partir da soma dos resultados nas categorias de velocidade e satisfação de cada provedor, considerando seu enquadramento em todos os critérios analisados.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.