Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Tráfico Internacional: Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai

(Divulgação)

O brasileiro Marcelo Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, acusado de tráfico internacional, falsidade ideológica e homicídios, foi extraditado hoje (19) do Paraguai para o Brasil.

Segundo a imprensa do Paraguai, ele deixou o país em uma aeronave do Grupo Aerotático da Força Aérea Paraguaia às 5h05.



Traficante confesso, Marcelo Piloto fugiu do Brasil depois de ser condenado a 26 anos de reclusão. A extradição do brasileiro foi cercada de sigilo e segurança envolvendo três barcos de patrulha das Forças Operacionais Especiais de Polícia (FOPE), segundo a imprensa do Paraguai.

No sábado (17), Marcelo Piloto esfaqueou 17 vezes na cela em que estava uma jovem, de 18 anos, que foi visitá-lo. Autoridades paraguaias acreditam que ele cometeu o crime na tentativa de evitar a extradição para o Brasil.

Piloto foi preso na cidade de Encarnación, no Paraguai, em 2017, após a descoberta que estava usando documentos falsos.

MOMENTO QUE O TRAFICANTE MARCELO PILOTO É ENTREGUE AS AUTORIDADES BRASILEIRAS.A justiça paraguaia expulsou o traficante Marcelo Piloto e o entregou hoje pela manhã as autoridades brasileiras. Ele foi trazido ao aegoporto que fica do lado paraguaio da Usina de Itaipu antes das 07:00 h e foi um levado a um helicóptero da Polícia Civil do Paraná que o levou para a delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu.Marcelo Piloto matou uma mulher que o visitou na prisão na tentativa de não ser extraditado para o Brasil. A mulher segundo as autoridades paraguaias era uma prostituta e não tinha autorização para visitá-lo.Lidia Meza Burgosficou ficou quarenta minutos na cela e morreu após levar 16 facadas do traficante.

Posted by SP AGORA – O portal de notícias de São Paulo on Monday, November 19, 2018

Please Login to comment
1
×
Fale agora com nossa equipe!