Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Trio paulista é preso por estelionato em Minas Gerais

 

Policiais aguardaram os bandidos e conseguiram prender o trio.

Na última segunda-feira  policiais do 2° BPM  da PMMG, Ten. Saggioro, Sgt Jairo, Cb Rezende e Cb Gilberson, durante patrulhamento, foram procurados por uma senhora  relatando que sua patroa estaria recebendo ligações do banco relatando que foi realizada uma compra em Belo Horizonte no valor de R$ 2.600,00, decorrente de clonagem de seu cartão bancário e dizendo ainda que um funcionário se deslocaria até a sua residência para buscar o seu cartão e que ela acreditava se tratar de um golpe.

Diante da informação, a equipe deslocou para um ponto estratégico, aguardando a chegada dos possíveis  infratores.

Quando chegaram à residência, usando capacetes, foram surpreendidos  e  tentaram evadir da viatura policial em um EcoSport  do município de Mairinque/SP.

Depois de  breve perseguição  foram  interceptados e abordados.

Após serem detidos, eles levaram os policiais a uma granja localizada no município de Matias Barbosa, onde uma cumplice encontrava-se preparada para fugir em um táxi com destino a São Paulo, cidade de onde eles são oriundos.

Os  autores afirmaram que uma central em São Paulo é responsável por ludibriar as vítimas e desviar as ligações para a central clandestina.

Novas diligências foram realizadas e foram localizadas ao menos 4 vítimas, todas idosas e do sexo feminino.

Foram apreendidos R$ 140,95 em espécie; 01 cartão de crédito de uma das vítimas, 04 máquinas de cartão de crédito e de débito, 01 veículo EcoSport , 01 bucha de maconha; 09 cigarros de maconha e 03 celulares.

Dyonatan dos Santos Rezende, John Lenn Ramos Queiroz e Rayssa Cristina da Silva Caetano foram detidos e encaminhados para a autoridade policial por estelionato, associação criminosa e posse de entorpecente.

Fonte:  PMMG

Dyonatan dos Santos Rezende, John Lenn Ramos Queiroz e Rayssa Cristina da Silva Caetano foram detidos e encaminhados para a autoridade policial

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Se inscrever  
Notificação de