Doria toma sol sem máscara em hotel do Rio e viraliza nas redes sociais

Doria toma sol sem máscara em hotel do Rio e imagem viraliza nas redes sociais
Doria toma sol sem máscara em hotel do Rio e imagem viraliza nas redes sociais
Doria é defensor das medidas de distanciamento e já criticou o presidente da República, Jair Bolsonaro(Reprodução/redes sociais)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), foi fotografado sem máscara na área da piscina do Hotel Fairmont, em Copacabana, Zona Sul do Rio, neste final de semana.

Em nota, ele informou que estava em “momento de descanso com a esposa e não promoveu nenhum tipo de aglomeração”.

Doria é defensor das medidas de distanciamento e já criticou o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), por realizar atos sem máscara e causar aglomerações, desrespeitando as recomendações de especialistas.

Doria foi fotografado em uma área comum do hotel, onde aparecem outras pessoas, e foi criticado por bolsonaristas nas redes sociais. Sem citá-lo nominalmente, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) escreveu:

“‘Lockdown, fome e desemprego pra você, marquinha pra mim…’ Duvido você acertar quem é esse tomando vitamina D! Sabe?”

Veja o vídeo abaixo:

Doria toma sol sem máscara em hotel do Rio e imagem viraliza nas redes sociais

Vila Olímpia é a primeira estação sustentável de São Paulo

Vila Olímpia é a primeira estação sustentável da Capital (Gov. do Estado de SP)

O Governador João Doria entregou nesta terça-feira (1) a primeira estação sustentável de passageiros de São Paulo. Em parceria com a iniciativa privada, a estação Vila Olímpia, na linha 9-Esmeralda da CPTM, passou por uma remodelagem estrutural para redução de impactos ambientais, com novos equipamentos e infraestrutura que beneficiam passageiros, priorizam energia limpa e preservam recursos naturais.

“Essa é a primeira estação de trem patrocinada, um fato inédito no Brasil. Isso é bom porque retira o dinheiro público e coloca o privado de forma inteligente, funcional, sustentável e equilibrada para o investidor. Isso traz uma diferença importante de modelo de gestão, além da sustentabilidade. O Governo de SP segue sendo um governo liberal, um governo desestatizante, fazendo concessões, privatizações em parcerias público-privado”, disse Doria.

A partir de agora, a estação conta com infraestrutura própria para gerar, captar ou reaproveitar a maior parte dos insumos necessários na operação do local. A modernização permite que a parada alcance até 100% de autossuficiência nos meses em que houver disponibilidade para geração de energia limpa ou reuso hídrico.

Inauguração da estação CPTM Vila Olímpia Sustentável
João Doria, governador de São Paulo, visitou local (Gov. do Estado de SP)

A parceria entre o Governo do Estado e as empresas Eletromidia e Santander permitiu a instalação de 234 placas solares sobre a cobertura da estação Vila Olímpia. Juntas, elas vão gerar cerca de 8.500 quilowatts-hora por mês e zerar a tarifa de energia elétrica do local, estimada em torno de R$ 300 mil anuais custeados pelo poder público.

Para o Secretário de Transportes Metropolitanos Alexandre Baldy, a entrega da estação remodelada mostra o potencial de sucesso das parcerias. “Temos aqui mais um projeto importante para a linha 9-Esmeralda que, além de ter sido concedida para atrair investimentos privados aos trens metropolitanos, terá em breve três novas estações”, afirmou Baldy em referência às paradas Mendes-Vila Natal, Varginha e João Dias.

Sustentabilidade

A remodelagem sustentável também permite captação e armazenagem a partir de 46 mil litros por mês de água para reuso em irrigação de áreas verdes e limpeza dos banheiros reformados para não poluir o rio Pinheiros. A água de reuso passa pelas raízes de plantas e chega limpa no novo sistema de irrigação, com economia estimada em mais de 150 mil litros mensalmente.

A estação ainda conta com um novo bicicletário para 90 bicicletas. Se usado em sua capacidade máxima, o equipamento permite cortar a emissão de 360 quilos de dióxido de carbono diariamente. O cálculo considera que cada bicicleta representa um carro a menos em circulação na capital, com redução média de quatro quilos de poluentes por dia. A estação passa a contar com pontos de recarga para bicicletas elétricas e calhas nas laterais das escadas fixas para facilitar o transporte dos veículos.

A recriação do paisagismo também recebeu destaque e resultou em 1.454 metros quadrados de área verde, com plantio de árvores no jardim central e cobertura vegetal de paredões dentro e fora da estação. São nove espécies nativas com potencial para reduzir o impacto de ilhas de calor, melhorar a qualidade do ar e atenuar o odor de efluentes do rio Pinheiros.

A estação também recebeu soluções ambientais produzidas com material reciclável como novas plataformas de coleta seletiva de lixo, bebedouros, bancos com pontos de carregamento USB e uma marquise de proteção contra chuvas. Ao lado das catracas também está o LAB, espaço de convivência com assentos para descanso e pontos para recarga de celular.

Além das melhorias em sustentabilidade, a estação Vila Olímpia ganhou uma obra do artista plástico Kobra, em referência ao uso do rio Pinheiros na primeira metade do século 20. Com dimensões de 10,7 metros de comprimento por 2,6 m de largura, o painel usa cores vibrantes para retratar remadores cruzando as águas então limpas do Pinheiros.

Por Gov. do Estado de SP

Fase de flexibilização é prorrogada no Estado

Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (26), o governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou a prorrogação da fase de transição do Plano SP. Programada para terminar na próxima segunda-feira (31), a atual fase da quarentena contra a Covid-19 se estenderá até 14 de junho.

Segundo o governo estadual, o momento da pandemia em São Paulo é de “cautela”, por isso a saída da fase de transição foi prorrogada por mais duas semanas.

A atual fase de transição permite o funcionamento do comércio e serviços das 6h às 21h, com capacidade máxima de pessoas nos estabelecimentos em40%. O toque de recolher seguirá das 21h às 5h.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico Patrícia Ellen, a partir de 14 de junho, o estado começará a fase de expansão dos horários de funcionamento do comércio e outras atividades.

Por TV Cultura

Estado amplia aulas de inglês na rede estadual

O Governador de São Paulo João Doria compartilhou, nesta segunda-feira (24), em suas redes sociais, uma nova medida que prevê aulas de inglêsdesde o primeiro ano para alunos da rede estadual de ensino.

De acordo com o governador, os alunos do 6º ano já recebem aulas da língua estrangeira. Com a medida, estudantes do 1º ao 5º ano também terão aulas do idioma. 

Além do inglês, as disciplinas de Convivência e Tecnologia e Inovação também estarão na grade de ensino. “O programa Inova Educação vai beneficiar mais de 630 mil crianças. Trabalhamos para preparar nossos jovens para os desafios do século 21”, acrescenta Doria.

Por TV Cultura

Estado capta mais de meio bilhão de reais para despoluir o rio Pinheiros

Rio Pinheiros, em São Paulo (Rovena Rosa/Agência Brasil)

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (19) a captação de US$ 100 milhões (aproximadamente R$ 530 milhões) para financiamento de projetos de saneamento básico e água potável, por meio de parceria firmada pelo banco estadual Desenvolve SP com a IFC, membro do Grupo Banco Mundial, e com o Santander Brasil. Deste total, 75% serão destinados às obras do programa de despoluição Novo Rio Pinheiros e o restante atenderá a projetos sustentáveis de micro e pequenas empresas voltados à preservação de recursos hídricos e tratamento de resíduos sólidos.

“O Governo de São Paulo acaba de captar R$ 530 milhões, adicionalmente ao que já se investe na limpeza e despoluição do rio Pinheiros, que até o final de 2022 será entregue limpo e despoluído para a população do Estado”, disse Doria.

Este é o primeiro financiamento da IFC a uma instituição de fomento controlada por agente público. Também de forma inédita, o Desenvolve SP realizou a operação em formato A/B Loan, mecanismo que permite que sejam captados, indiretamente, recursos de bancos privados, maximizando o aporte inicial da IFC de US$ 75 milhões. Assim, o Santander Brasil se somou ao projeto como cofinanciador, fornecendo US$ 25 milhões, além de ser responsável pelo repasse total dos recursos em reais, protegendo toda a operação contra as variações cambiais.

“Estamos empenhados em trazer mais recursos para a economia do estado de São Paulo. Esta captação une forças de bancos público, multilateral e privado em uma engenharia financeira inédita, que vai possibilitar o financiamento deste que é o maior programa de saneamento básico do país”, celebrou o Presidente do Desenvolve SP, Nelson de Souza.

Os recursos serão disponibilizados para financiamento dos projetos das empresas vencedoras dos editais da Sabesp para execução de obras de construção de infraestrutura de coleta e tratamento de esgoto nas bacias do Jaguaré, Pirajuçara, Cidade Jardim/Morumbi, Morro do S, Ponte Baixa, Socorro, Corujas/Rebouças, Águas Espraiadas, Cordeiro, Pouso Alegre/Santo Amaro/Poli, Aterrado/Zavuvus e Pedreira/Olaria. As empresas terão condições de financiamento facilitadas por meio da linha de crédito Economia Verde (LEV), operada pelo Desenvolve SP, que apoia exclusivamente projetos com foco em desenvolvimento socioambiental.

“A despoluição do Rio Pinheiros é uma questão civilizatória para a cidade mais rica do Brasil. Toca em questões fundamentais de saneamento básico de vários municípios que interagem com o rio e endereça a importância de São Paulo não mais dar as costas aos seus rios, mas ir ao encontro deles. Ou seja, passa por questões profundas de aproximação da sociedade das grandes capitais do país com os seus rios”, disse Sérgio Rial, presidente do Santander Brasil.

Em 2020, o Desenvolve SP realizou o maior financiamento de sua história para o Programa, com R$ 70 milhões para a construção de infraestrutura de coleta de esgoto na bacia do Jaguaré e sua ligação às residências, que vai beneficiar mais de 58 mil famílias. Até o momento, o banco destinou, no total, R$ 84 milhões para a revitalização do rio.

“A parceria com entes internacionais mostra a confiança e credibilidade do investidor no Estado de São Paulo e garante a aplicação de recursos nestes projetos que beneficiam a saúde da população e o nosso meio ambiente”, explicou o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado Marcos Penido.

A captação é parte da estratégia do Desenvolve SP para apoiar o programa estadual Novo Rio Pinheiros, que tem o objetivo de revitalizar este importante símbolo da cidade de São Paulo por meio da ação de diversos órgãos públicos em parceria com a sociedade. A meta até o fim de 2022 é reduzir o esgoto lançado em seus afluentes, melhorar a qualidade das águas e integrá-lo completamente à cidade.

A revitalização do Pinheiros deve beneficiar mais de três milhões de pessoas no entorno da Bacia. É coordenado pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, com a participação das empresas SABESP, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB, Departamento de Águas e Energia Elétrica – DAEE e Empresa Metropolitana de Águas e Energia – EMAE, além da Prefeitura de São Paulo.

Por Gov. do Estado de SP

Polícia Civil recebe primeiras viaturas blindadas da corporação

(Gov. do Estado de SP)

As primeiras viaturas blindadas da história da Polícia Civil de São Paulo foram entregues hoje (12), durante coletiva de imprensa, pelo governador de São Paulo João Doria (PSDB). O governo do estado diz que investiu R$ 23,3 milhões na compra dos primeiros 105 veículos blindados da corporação.

A nova frota, com proteção adicional aos policiais, será distribuída para diferentes regiões do Estado e, do total, 37 veículos ficarão em unidades especializadas da capital, como DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais), DENARC (Departamento de Narcóticos), DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa), DOPE (Departamento de Operações Policiais Estratégicas) e CERCO (Corpo Especial de Repressão ao Crime Organizado).

Outras 14 vão ser distribuídas na Grande São Paulo e 54 viaturas blindadas vão para o interior no DEINTER (Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior).

Governador João Doria entrega 105 viaturas para a Polícia Civil do estado de São Paulo, as primeira blindadas da corporação
João Doria, governador do Estado de SP, durante entrega das viaturas blindadas

A Polícia Militar já recebeu 70 viaturas blindadas, que estão em operação desde dezembro de 2020, e estão adquirindo mais 125, segundo o Estado. Os veículos estão em unidades da PM, como Rota e BAEP. 

Segundo o General João Campos, São Paulo é o primeiro Estado a investir neste tipo de equipamento para policiais no Brasil.

*Com TV Cultura

Butantan entrega mais dois milhões de CoronaVac

Entrega de vacinas contra a COVID-19 para o PNI
João Doria, governador de São Paulo, acompanha liberação das doses

O Instituto Butantan entregou, nesta segunda-feira (10), dois milhões de doses da vacina contra o coronavírus ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Com o envio de hoje, o Butantan chega a 45,112 milhões de doses entregues ao Brasil desde o início deste ano.

“Na próxima quarta-feira, vamos liberar mais 1 milhão de doses da vacina do Butantan e, assim, concluir o contrato inicial de 46 milhões de doses da vacina”, antecipou João Doria, governador do Estado de São Paulo.

O contrato de 46 milhões de vacinas foi assinado com o Ministério da Saúde em 7 de janeiro deste ano. Logo após a conclusão do primeiro acordo, o Butantan passará a produzir um lote de mais 54 milhões de doses referentes ao segundo contrato com o PNI. A previsão do IB é entregar o total de 100 milhões de doses até 30 de agosto, um mês antes do prazo contratual.

Os lotes entregues em maio foram produzidos a partir de 3 mil litros de insumos recebidos no dia 19 de abril. A matéria-prima passou pelo envase, rotulagem, embalagem e inspeção de qualidade no complexo fabril do IB na capital paulista.

Segundo o Governo do Estado, a direção do Butantan está em tratativas com a biofarmacêutica chinesa Sinovac, parceira internacional no desenvolvimento do imunizante, para a chegada de mais um carregamento de pelo menos mais 3 mil litros de matéria-prima.

Além das novas doses da vacina contra a COVID-19, serão entregues em maio mais 30 milhões de doses da vacina contra a gripe ao Ministério da Saúde, para distribuição em todo o país.

*Com Gov. do Estado de SP

BRT ABC ligará três cidades ao Metrô e à CPTM

BRT ABC será conectado ao Metrô e a CPTM (Divulgação)

O Governo do Estado de São Paulo apresentou, ontem (7), o projeto do BRT ABC, um sistema de transporte rápido que conectará com ônibus, via corredor exclusivo, os municípios de São Paulo, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André. Serão investidos, exclusivamente pela iniciativa privada, um total de R$ 859 milhões no novo modal de transporte metropolitano que terá capacidade para transportar 115 mil pessoas por dia e permitirá avanços importantes em mobilidade urbana na região, segundo o Estado.

“Uma iniciativa que exigiu estudos, planejamento, análises, para permitir que com essa alternativa, com esse modal, oferecêssemos o menor tempo possível ao menor investimento viável e, principalmente, em um tempo reduzido de implantação”, destacou João Doria, governador do Estado.

O projeto do BRT ABC prevê 18 quilômetros de via expressa, com 20 paradas, três terminais e uma frota de 82 ônibus elétricos, com ar-condicionado, silenciosos e não poluentes, articulado, com 23 metros. O sistema de integração dos municípios da região do ABC com a capital fará o trajeto de ponta a ponta, do terminal São Bernardo ao Terminal Sacomã, na capital, em 40 minutos na modalidade expressa. Além do bilhete expresso que dará a opção do passageiro fazer menos paradas, haverá duas outras opções, tradicional e semiexpressa.

Lançamento BRT ABC
João Doria, governador de São Paulo, durante anúncio do BRT ABC (Divulgação)

A obra será iniciada após a conclusão do projeto executivo em andamento, com previsão de entrega e operação total em 2023. A empresa Metra será a responsável pela implantação e gerenciamento e terá direito a 25 anos de exploração da concessão. O sistema se conectará a CPTM, Metrô, Expresso Tiradentes, linhas da SPtrans e ao Corredor ABD. Na Estação Tamanduateí o passageiro terá a opção de acessar a Linha 2-Verde do Metro ou a Linha 10-Turquesa da CPTM, de lá o passageiro tem a opção de seguir até a estação Sacomã, integrando também ao Expresso Tiradentes.

Além de ser uma nova opção aos trabalhadores do ABC que se deslocam até a capital, o novo modal de transporte atenderá especialmente aos estudantes do Grande ABC. O BRT ABC passará pelo Instituto Mauá, Fundação Santo André, Fundação ABC entre outras universidades.

“O BRT ABC vai levar os passageiros de modo eficiente e absolutamente coerente com a demanda da região, de acordo com os estudos de origem-destino realizados. Todos o investimentos da implementação serão feitos pela iniciativa privado, fiscalizados pelo estado”, comentou o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy. “Esperamos que em 2022 tenhamos o BRT ABC operacional para a população”, pontuou Baldy.

Deslocamento rápido e seguro

O BRT ABC vai oferecer aos passageiros deslocamento rápido e seguro. Os ônibus irão se deslocar em faixas exclusivas, sem qualquer interferência de outros veículos ou do trânsito nas vias. Semáforos inteligentes serão capazes de identificar os ônibus do BRT ABC, priorizarão a abertura, fazendo com que não fiquem esperando parado no farol.

O conforto e a acessibilidade estão presentes em todo projeto. O piso será em nível da plataforma, facilitando o embarque e desembarque de passageiros; especialmente crianças, idosos e pessoas com deficiência. O pagamento da passagem será nas estações para evitar filas e diminuir o tempo de paradas.

*Com Gov. do Estado de SP

‘Não virei jacaré’: Doria é vacinado e manda indireta para Bolsonaro

O governador de São Paulo, João Doria, foi vacinado hoje (7) contra a covid-19. Aos 63 anos, Doria recebeu a primeira dose da vacina, aplicada pela primeira enfermeira vacinada do Brasil, Mônica Calazans.

Nas redes sociais, Doria postou foto na fila do posto de saúde ao lado da primeira-dama do Estado, Bia Dória, que também foi vacinada.

Na rede social, Doria disse que estava feliz por tomar a vacina e fez uma provocação aos apoiadores de Jair Bolsonaro, que costumam criticar o governador: “Muito feliz de estar vacinado. E o detalhe: de calça apertada”.

Segundo o cartão de vacinação apresentado, o governador recebeu a dose da Coronavac, fabricada no Brasil pelo Instituto Butantan. Logo após tomar a vacina, Dória fez outra publicação. Desta vez, em uma indireta a Bolsonaro, o governador tucano disse que não havia virado jacaré.

Estado amplia funcionamento de comércio e serviços

Em coletiva, nesta sexta-feira (6), o governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou a prorrogação da fase de transição do Plano SP por mais duas semanas, até o próximo dia 23. O governo também ampliou o horário de funcionamento de restaurantes e do comércio em todo o estado.

Na nova etapa, que começa a valer a partir deste sábado (8), lojas, shoppings, restaurantes, salões de beleza, academias e outros estabelecimentos comerciais poderão operar das 6h às 21h – atualmente, o limite é até as 20h. A capacidade de ocupação também foi ampliada, de 25% para 30%.

Com os novos horários, o toque de recolher, que está vigente hoje das 20h às 5h, passa para das 21h às 5h. O objetivo da medida é diminuir a circulação de pessoas no período da noite.

Segundo o Centro de Contingência, a redução gradual de indicadores decasos, internações e mortes por Covid-19 no estado foi o que permitiu esta flexibilização.

“Temos que agir com responsabilidade e cautela, realizando uma abertura gradual e segura da nossa economia para evitar qualquer novo pico da pandemia em São Paulo”, disse Doria.

Veja a seguir o que muda com a nova etapa da fase de transição:

Por TV Cultura