Produtores fazem ‘tratoraço’ contra aumento de impostos

Produtores e cooperativas, organizados por sindicatos, promoveram, hoje (7), um ‘tratoraço’ para protestar contra o aumento de impostos sobre insumos e produtos do Agronegócio Paulista. O Governo do Estado havia anunciado mudança na cobrança de alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o que impactaria diretamente a produção agrícola de São Paulo.

Um estudo feito pelo Centro de Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas (FGV Agro) apontou que o aumento nas alíquotas poderia causar perda de consumo de até R$ 21,4 bilhões em bens e serviços. O cálculo também sinaliza que o reajuste levaria a uma redução de quase R$ 7 bilhões no Produto Interno Bruto (PIB) da região Sudeste em 2021, sendo a maior parte, R$ 4 bilhões, apenas no Estado.

O Governo paulista chegou a recuar, atendendo a reivindicações do setor, mas energia elétrica, leite pasteurizado e hortifrutigranjeiros permaneceram na lista dos produtos que terão cobrança maior.

Desde cedo, carreatas com tratores foram registradas em várias partes de São Paulo.