Capital

Repórter da Globo quase é roubada ao vivo na Avenida Paulista; veja o vídeo

A jornalista Juliane Massaoka foi surpreendida por um ciclista que tentou levar o seu celular enquanto ela fazia uma reportagem ao vivo sobre o aniversário da Avenida Paulista.

A repórter Juliane Massaoka, de 33 anos, passou por uma situação assustadora nesta sexta-feira(8) durante uma reportagem ao vivo para o programa Econtro, de Patrícia Poeta.

Juliane estava fazendo um link sobre o aniversário da Avenida Paulista, que completa 132 anos, quando um ciclista passou rapidamente e tentou tomar o celular da mão dela. Ela conseguiu segurar o aparelho e a câmera registrou toda a ação. Veja no vídeo abaixo.

“Gente, quase fui assaltada, Patrícia do céu. Tô com o celular na mão. O cara tá na bicicleta ali, e tem polícia aqui na Avenida [Paulista]”, disse a repórter, ao vivo, ainda assustada.

Por uma infeliz coincidência, o programa Encontro havia começado o programa abordando justamente casos de violência no Rio de Janeiro, que tem sofrido com o aumento do número de assaltos, e situações em São Paulo e Salvador (BA). Porém, a entrada da repórter não era sobre o assunto. Ela estava lá para falar sobre o aniversário da Avenida Paulista.

Siga nosso canal no Whatsapp

Patrícia Poeta já teve experiência parecida

Patrícia Poeta, que estava no estúdio no momento da tentativa de assalto, disse que já teve o celular roubado da mesma maneira.

“Tá vendo, ao vivo. Já tive meu celular levado dessa forma. Na bicicleta, andando, você tá achando que [a pessoa] está fazendo esporte, não. O esporte é roubar a pessoa que está ali na frente. Ficamos torcendo para não sermos a próxima vítima. Nem trabalhando o pessoal perdoa”, disse Patrícia.

Visivelmente nervosa, Juliane continuou a reportagem, porém, a mão tremia ao segurar o microfone. “Eu tô um pouco trêmula, o microfone dá uma tremidinha. Fica um pouco nervoso”.

A repórter também contou que, além do operador de câmera e outros profissionais de produção, a equipe do programa estava acompanhada de um segurança durante a reportagem. Mesmo com policiamento no local e o segurança da TV, o assaltante não se intimidou.

Nas redes sociais, Juliane compartilhou detalhes sobre como tudo aconteceu durante o ataque ao seu celular na Avenida Paulista. Ela recebeu muitos apoios dos seus colegas de trabalho e dos seus seguidores nas redes sociais.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios