Piloto é a única vítima de queda de avião na Cantareira

Por Bruno Bocchini

(Amanda Fotografia/via G1)


O Corpo de Bombeiros localizou o corpo de uma vítima da queda de aeronave, na Serra da Cantareira, região norte da capital paulista, na manhã de hoje (2). Os restos mortais foram encaminhados aos cuidados do Instituto Médico Legal (IML).

Na ação, as equipes de resgate também conseguiram a caixa-preta do avião acidentado. A ocorrência, atendida pelo 2º Grupamento de Bombeiros de São Paulo, contou com 11 viaturas e 27 bombeiros. 

A Aeronáutica solicitou apoio após perceber, pelo radar, a ausência do sinal de uma aeronave na região. O Helicóptero Águia, da Polícia Militar, confirmou a queda da aeronave.

Não há, até o momento, informações oficiais sobre a identidade da vítima.

Avião cai na Serra da Cantareira

(Record TV/Reprodução)



Um avião de pequeno porte caiu na manhã de hoje (2) na Serra da Cantareira, na zona norte de São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, a Aeronáutica percebeu a ausência de sinal de uma aeronave e informou as equipes de resgate.

As informações iniciais apontam que o avião saiu de Jundiaí, no interior de São Paulo, e pousaria em Campo de Marte. Ainda não há informações sobre vítimas.

Feira reúne inovações para pessoas com deficiência a partir de hoje

(Divulgação)

Entre os dias 20 e 22 de setembro, no Campo de Marte, a cidade de São Paulo/SP recebe a 5ª edição da MOBILITY & SHOW 2019 – Exposição de Automóveis, Veículos e Adaptações, Equipamentos e Serviços para Pessoas com Deficiência e Familiares, Idosos e Pessoas com Mobilidade Reduzida e Sequelas Motoras. 

O evento, com entrada e estacionamento gratuitos, traz ampla e diversificada agenda de atividades, como: “Hackathon” com foco em desenvolvimento de projetos inovadores para pessoas com deficiência; como também, os óculos que devolvem aos cegos e pessoas com baixa visão a condição de ler um texto, além de reconhecimento facial; mais de 1.000 vagas de empregos para PCDs na capital e grande SP com cadastramento gratuito de currículos; isenção de impostos para compra de carros 0 Km, vários modelos de adaptações automotivas, competições esportivas, palestras, shows e atividades para crianças, dentre outras.

“A MOBOLITY & SHOW tem como objetivo central o empoderamento dessa parcela da população brasileira, que conta com aproximadamente 46 milhões de pessoas. A proposta é reforçar que o público com deficiência e mobilidade reduzida possui direitos previstos em lei e que deve reivindicá-los. Um dos pilares do evento é justamente  esclarecer ponto a ponto as normas legislativas, como por exemplo o benefício da compra de carro 0 Km com isenção de impostos.

Hoje, pela legislação atual, um em cada dois brasileiros pode comprar sim um carro 0km com isenção de impostos, só que não sabe desse seu direito”, afirma Rodrigo Rosso, idealizador e realizador da Mobility & Show.

A MOBILITY & SHOW 2019 São Paulo reunirá 17 marcas de automóveis, além de adaptadores de veículos, despachantes, autoescolas, seguradoras, bancos com linhas de crédito e de financiamento, plataforma/elevadores e rampas, triciclos, cadeiras de rodas manuais e motorizadas, próteses e órteses e muito mais.  

Os visitantes podem fazer test-drive em diversos modelos de veículos adaptados, com instrutores treinados, e participar de uma série de atividades, incluindo apresentações e oficinas artísticas, atividades esportivas e radicais, apresentações musicais e outras. Tudo isso com infraestrutura totalmente acessível, incluindo banheiros, rampas e pisos táteis. 

Clodoaldo Silva, maior campeão paraolímpico de natação mundial, detentor de diversas medalhas de ouro, é presença confirmada para a abertura da MOBILITY & SHOW. Além disso, o ex-narrador esportivo Osmar Santos é o padrinho do evento. O evento também terá a segunda edição do torneio ‘Osmar Santos’ protagonizada por jogadores portadores de Síndrome de Down e com deficiência intelectual.

“Pensamos em tudo para oferecer um pacote completo de atrações e facilidades para pessoas com deficiência e seus familiares, reforçando o direito à isenção de impostos na compra do carro 0 Km. No Estado de São Paulo, são mais de 10 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência e com direito à isenção. No evento, os visitantes têm todas as informações necessárias sobre os benefícios e orientação de como obtê-los, inclusive avaliação médica e tudo de forma gratuita”, explica Rodrigo Rosso. 

MOBILITY & SHOW 2019 é um produto da C&G 12, com apoio da Revista Reação e chancela da ABRIDEF (Associação Brasileira das Indústrias e Revendedores de Produtos e Serviços para Pessoas com Deficiência).

Serviço:

MOBILITY & SHOW 2019

  • Data: 20 a 22 de setembro – Horário: 10h às 19h
  • Local: Campo de Marte (Av. Santos Dumont, 1979 – Santana, São Paulo)
  • ENTRADA E INFORMAÇÕES GRATUITAS 
  • INFORMAÇÕES: 0800-772-6612

*Conteúdo Assessoria de Imprensa do Evento

Temporal atinge hangar no aeroporto Campo de Marte na Zona Norte de SP

Telhado de hangar do Aeroclube de São Paulo ficou destelhado com a chuva(Reprodução/WhatsApp)

O temporal que atingiu a Zona Norte de São Paulo na tarde desta quarta-feira (30) danificou ao menos três hangares no aeroporto do Campo de Marte.

Um deles foi completamente destruído. A pista do aeroporto também ficou alagada.

Segundo informações iniciais, o acidente ocorreu durante forte ventania. Às 17h30, os ventos chegaram a 100 km/h na região do aeroporto. Ao menos oito aviões foram danificados (veja imagens no vídeo abaixo).

[KGVID]https://spagora.com.br/wp-content/uploads/2019/01/VID-20190130-WA0082.mp4[/KGVID]

Em nota, a Infraero afirmou que não há feridos. Os bombeiros do aeroporto estão na área do hangar para evitar vazamento de combustível, e monitorar novos riscos de desabamento.

“Os bombeiros da Infraero no Campo de Marte estão na área do hangar privado Marte Updates, cujo teto caiu sobre algumas aeronaves por volta de 17h10, por causa da chuva forte e do vento que atingiram a capital paulista no final desta tarde. Não há feridos. No momento, o trabalho no local é para conter possível vazamento de combustível, além de monitorar novos riscos de desabamento.”

Calor, alagamentos e quedas de árvores

A chuva também provocou quedas de árvores, alagamentos e deixou diversas regiões da cidade em estado de atenção.

Foi o dia mais quente de 2019, segundo registrado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A temperatura chegou a 35,5° no Mirante de Santana.

Até as 17h50, os bombeiros registraram 68 quedas de árvores, nove desmoronamentos e 13 alagamentos.

Na Zona Norte, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) chegou a emitir alerta para a subprefeitura do Jaçanã por conta do transbordamento do córrego da paciência.

De acordo com a CPTM, os trens da Linha 8 – Diamante não circulam entre as estações Lapa e Palmeiras- Barra Funda, devido a alagamento na linha, desde 17h30.

O sistema Paese foi acionado, mas a Companhia não sabe dizer se os ônibus conseguiram chegar ao local.

Avião cai perto do aeroporto Campo de Marte e mata duas pessoas

Foto mostra calda e trem de pouso pendurados na parede da casa (Reprodução)

Um avião de pequeno porte caiu na tarde de hoje (30) sobre uma área residencial, na rua Antonio Nascimento Moura, na zona norte da capital. A aeronave sobrevoava a região próxima ao aeroporto Campo de Marte.

À TV Band, bombeiros falam em duas mortes e 12 feridos. Ainda não se sabe qual o modelo da aeronave e quantos tripulantes estavam nela.

Campo de Marte: neste domingo tem Esquadrilha da Fumaça

(Esquadrilha da Fumaça/Reprodução)

Aviões Super Tucano A-29, da Esquadrilha da Fumaça, vão sobrevoar São Paulo no começo da tarde deste domingo (26) como parte das atividades dos Portões Abertos do Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (Pama-SP). O evento será realizado na sede do Pama, no aeroporto Campo de Marte, na zona norte da capital, e começa às 9h.

Quatro aviões da Esquadrilha da Fumaça farão manobras na região do evento e sobre o público. A entrada é de graça.

Além da presença da Esquadrilha, estão previstas apresentação de rapel com o helicóptero H-50, exposição estática de aviões de caça e de transporte e a apresentação das bandas sinfônicas da Base Aérea de São Paulo e da Polícia Militar. Neste sábado (25), a Esquadrilha da Fumaça se apresenta, às 15h, em Santa Isabel, na grande São Paulo, em comemoração ao dia do Soldado.

Serviço

Pama – Av. Braz Leme, 3258 – Santana

*com informações da Força Aérea Brasileira

*atualizado às 19h21

Vídeo mostra aproximação e explosão de aviao

Aeroporto Campo de Marte mantém a pista fechada nesta segunda-feira. A aeronave começou a ser retirada no começo da tarde (Nivaldo Lima/SPAGORA)

Um vídeo gravado por uma testemunha mostra o momento da aproximação da aeronave que explodiu ao tentar pousar no Aeroporto Campo de Marte, na zona norte de São Paulo. Na gravação da pra ver que o avião modelo King Air C90, com capacidade para sete pessoas, perde o controle e acaba inclinado para esquerda antes de tocar a pista.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão da Força Aérea Brasileira, enviou técnicos ao local do acidente e vai investigar o que motivou a queda.

Seis pessoas sobreviveram ao acidente e permanecem internadas. O piloto, Antonio Traversi, ficou preso às ferragens e morreu.

Veja o vídeo.

Campo de Marte: Pista do aeroporto permanece fechada

(Twitter/Reprodução)

O Aeroporto Campo de Marte, na zona norte da capital paulista, seguirá com pistas fechadas para pouso e decolagem de aeronaves até as 13 horas de hoje (30), segundo informa a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Para pouso e decolagem de helicópteros, o aeroporto opera normalmente.

Um avião de pequeno porte caiu ontem (29) por volta das 18h ao tentar aterrissar. O avião, prefixo PPS ZN, da Videplast Indústria de Embalagens, é um bimotor com capacidade para sete passageiros, fabricado em 2008 e com estado regular na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O piloto da aeronave, que ficou preso nas ferragens, morreu. Seis homens foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Em comunicado, a empresa informa que os seis passageiros estão hospitalizados.

Piloto que morreu no Campo de Marte tinha mais de cinco mil horas de vôo

(Facebook/Reprodução)

O piloto Antonio Traversi, que comandava o avião que se acidentou neste domingo (29), no Aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, tinha mais de cinco mil horas de vôo, segundo o G1, dado que o credenciava como um comandante experiente.

Ainda não se sabe o que causou o acidente aéreo que matou o piloto e feriu outras seis pessoas que estavam a bordo do avião modelo King Air C90, com capacidade para sete pessoas. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão da Força Aérea Brasileira, enviou técnicos ao local do acidente e vai investigar o que motivou a queda.

Foto tirada logo depois do acidente mostra o rastro de fogo na pista e o avião ainda incendiado. (Twitter/Reprodução)

Testemunhas contaram que o avião fez duas tentativas de aproximação pra pouso na pista de Campo de Marte. “Ele fez uma passagem na torre para ver se estava com o trem de pouso baixado. Depois ele fez um toque de ‘levinho’, tocou. Aí ele falou: ‘vou arremeter e vou vir de novo e pousar completo. Eu acho que ele estava tão nervoso que eu acho que ele ‘estolou’ [estol é um termo da aviação para indicar que a aeronave perdeu sustentação] avião antes do chão, aí o avião explodiu”, disse, sem se identificar, um piloto, em áudio divulgado pelo Whatsapp.

Traversi trabalhava havia dezoito anos para a Videplast, empresa dona do avião, e estava com a documentação em dia. A aeronave havia decolado em Videira, Santa Catarina, cidade onde fica a sede da empresa.

Um dos cinco sócios da empresa, Eliandro Pazin, confirmou à Agência Brasil que o avião* é da Videplast. Segundo ele, estavam a bordo os dois fundadores da companhia, Nereu Denardi e Geraldo Denardi, que são irmãos; o gerente da Videplast, Agnaldo Crippa; o coordenador da empresa, Aguinaldo Nunes; Benê Souza e o filho de Nereu, Enzo, de 17 anos.

Segundo o corpo de bombeiros, as vítimas apresentam traumas no peito e no crânio. Os sobreviventes foram levados para vários hospitais da capital paulista. Um homem que estava na posição do co-piloto foi socorrido e levado pelo helicóptero Águia para o Hospital das Clínicas.

*com informações da Agência Brasil

Campo de Marte: Piloto de avião morre e feridos estão em hospitais

(Whatsapp/Reprodução)

O piloto e co-piloto da aeronave que se acidentou ao se aproximar do Aeroporto Campo de Marte, na zona norte de São Paulo, foram últimos resgatados. O Helicóptero Águia, da PM, levou o co-piloto para o Hospital das Clínicas que é referência em traumas.

Já o piloto, Antonio Traversi, último a ser removido, sofreu uma parada cárdio respiratória e não resistiu. A morte foi confirmada pelo médico que comandou o atendimento no local à TV Band. Sete pessoas estavam a bordo, incluindo os pilotos.

[KGVID width=”815″ height=”458″]http://spagora.com.br/wp-content/uploads/2018/07/VID-20180729-WA0089.mp4[/KGVID]

As outras cinco vítimas foram socorridas. A aeronave pertence à Videplast, empresa com sede na cidade de Videira, em Santa Catarina.

Um dos cinco sócios da empresa, Eliandro Pazin, confirmou à Agência Brasil que o avião é da Videplast. Segundo ele, estavam a bordo os dois fundadores da companhia, Nereu Denardi e Geraldo Denardi, que são irmãos; o coordenador da empresa, Aguinaldo Nunes, e o filho de Nereu, de 17 anos.

O acidente foi no fim da tarde. Testemunhas contaram que o piloto tentou pousar por, por pelos, duas vezes, mas não conseguiu e arremeteu. Na terceira tentativa acabou perdendo o controle e se chocou com o solo, quando ocorreu a explosão.

*texto atualizado às 20h15

*com informações da Agência Brasil

Na internet, foto mostra a aeronave de mesmo prefixo, modelo bimotor turbohélice. (Reprodução)