Mis Experience é inaugurado com exposição de Da Vinci

(Governo do Estado de SP)


Foi inaugurado hoje (30), o novo museu do Governo do Estado, o MIS Experience. Construído em um galpão de 2 mil metros quadrados e com 10 metros de pé direito, onde funcionava a antiga marcenaria da TV Cultura, o MIS Experience chega com a proposta de aproximar a arte do público a partir de uma experiência sensorial.

A nova unidade do Museu da Imagem e do Som – equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, criado em parceria com a Fundação Padre Anchieta – foi totalmente adaptada para receber exposições imersivas.

“Aqui será o MIS Experience, definitivamente a segunda casa do MIS em São Paulo. O MIS manterá suas instalações na Avenida Europa, com mostra tradicionais e de grande sucesso”, afirmou João Doria, governador do Estado sobre o novo espaço de exposições culturais de São Paulo.

“Quero fazer uma ênfase muito especial às empresas que apoiaram essa iniciativa. Investimento 100% suportado por essas empresas. A contribuição do Estado foi a organização, a operação e a cessão do espaço para esse novo MIS que já é um sucesso. Foram 14 mil ingressos vendidos de imediato, na abertura da bilheteria. Temos expectativa de um número recorde de pessoas pela emoção que a mostra vai provocar”, comentou.

A inauguração contou com a participação do Secretário de Cultura e Economia Criativa, Sergio Sá Leitão; do Diretor do MIS, Marcos Mendonça; do Presidente da Fundação Padre Anchieta, José Roberto Maluf; do Diretor Comercial da Grande Exhibitions, Bruce Peterson; e do Secretário de Turismo, Vinicius Lummertz. Em seguida, os jornalistas fizeram a primeira visita no local. A abertura ao público será neste sábado (2 de novembro).

Para abrir as portas do MIS Experience, não poderia ser nada menos do que uma exposição que revela a grandiosidade de um dos maiores artistas da humanidade: “Leonardo da Vinci – 500 Anos de um Gênio”. O formato leva ao público a oportunidade de interagir de maneira diferente com uma obra de arte. Por meio de uma exclusiva galeria com projeções, o visitante terá uma experiência imersiva inédita no país e vai conhecer a fundo a vida e o legado de Da Vinci.

“Esse espaço coloca São Paulo em um patamar diferenciado na questão da cultura, pois é o primeiro espaço de imersão e projeção que existe na América Latina. Poucos lugares no mundo têm esses espaços destinados à obra de arte. Tenho certeza que esse espaço será um novo polo cultural na cidade, aqui na Água Branca”, declarou Mendonça.

O Govenador ressaltou o destaque de São Paulo e o Brasil no circuito mundial de cultura. “Essa extraordinária mostra coloca São Paulo e o Brasil no mapa mundial. Essa é a maior de todas as exposições feitas em homenagem ao Leonardo Da Vinci”, disse Doria.

Com capacidade para receber cerca de mil pessoas por hora, o MIS Experience contou com um investimento de R$ 8,5 milhões – desde a reforma do prédio até os custos com a montagem da exposição. Os recursos foram financiados integralmente pela iniciativa privada com patrocínios de Bradesco, Cielo, Fiat, Pirelli, Sabesp e Vale S/A.

“Muito bom ter essa parceria [com a iniciativa privada]. Temos procurado valorizar isso ao máximo: Estado e iniciativa privada juntos para impulsionar a arte, a cultura e a economia criativa no Estado de São Paulo”, afirmou Sá Leitão.

500 anos de um gênio

Inventor, artista, cientista, engenheiro, arquiteto, músico… Leonardo da Vinci foi um gênio em todos os sentidos da palavra. Em comemoração aos 500 anos do legado de Da Vinci, a exposição é a mais abrangente já organizada sobre o artista. Criada em parceria com o Museo Leonardo da Vinci, de Roma, e com o apoio de diversos especialistas e historiadores da Itália e da França, a mostra é considerada a investigação mais completa e detalhada sobre o trabalho de Da Vinci e revela o alcance de toda a sua genialidade.

“Estou muito contente em trazer essa exibição dos 500 anos da genialidade de Leonardo da Vinci, pois é um assunto fascinante para todos. É um exemplo para os jovens brasileiros. Leonardo nunca teve uma educação formal e todo o seu trabalho foi autodidata, aprendeu estudando, com o apoio do pai”, disse Peterson.

São 18 áreas temáticas em que os visitantes terão uma experiência multissensorial com animações gráficas em alta definição, combinadas a conteúdo multimídia e narrativa em áudio. A tecnologia permite uma vivência divertida, educativa e esclarecedora para pessoas de todas as idades e interesses, sejam elas amantes de arte e da história ou ainda aquelas que pela primeira vez terão a oportunidade de conhecer a mente do homem que lançou as bases para algumas das invenções mais notáveis da sociedade moderna, como o helicóptero, o automóvel, o submarino, o paraquedas e a bicicleta.

A montagem, realizada pela Grande Exhibitions, apresenta uma galeria imersiva (SENSORY4™) que transporta os visitantes para as profundezas da mente complexa e dinâmica de Leonardo da Vinci.

A exposição também oferece ao público a oportunidade de não apenas ver, mas interagir com cerca 100 obras exclusivas, incluindo máquinas, reproduções em tamanho real, animações e informações de seus trabalhos mais notáveis, e versões em tela tátil de seus códices.

A mostra também traz os Segredos de Mona Lisa – uma análise que revela porquê o quadro se transformou na pintura mais famosa do mundo. O estudo foi realizado no Museu do Louvre por Pascal Cotte, renomado engenheiro, pesquisador e fotógrafo de obras de arte.

Sobre o MIS

O Museu da Imagem e do Som (MIS) é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerida pela organização social Paço das Artes, inaugurado em 1970. Seu acervo conta com mais de 200 mil itens como fotografias, filmes, vídeos e cartazes. Atualmente o MIS é um dos espaços culturais mais vivos do país. Além de exposições de sucesso como Stanley Kubrick, David Bowie, Castelo Rá-Tim-Bum, O mundo de Tim Burton, Renato Russo, Quadrinhos e Björk Digital, o MIS possui uma programação cultural diversificada, com eventos em diversas áreas e para todos os públicos: cinema, espetáculos, música, fotografia e vídeo.

O MIS Experience tem uma área expositiva de 1,7 mil metros quadrados e outros 800 metros quadrados de área de projeção e resulta de uma parceria com a Rádio e TV Cultura que amplia o trabalho realizado pelo Museu da Imagem e do Som de São Paulo, que agora conta com dois espaços para exposições.

Sobre a TV Cultura

A TV Cultura completa 50 anos como a principal emissora pública do país, sustentada por três pilares: Cultura, Educação e Informação. Com programação premiada e voltada para diversos públicos e faixas etárias, destaca-se no cenário o conteúdo atual, atrativo, crítico, democrático e inovador, dedicado ao desenvolvimento do cidadão.

Desde sua criação, em 1969, conquistou mais de 400 prêmios nacionais e internacionais, incluindo quatro Emmy Awards e mais de 10 troféus Prix Jeunesse. Além disso, foi tida como a segunda melhor emissora do mundo em qualidade de programação, atrás apenas da BBC OneC.

Sobre a Grande Exhibitions

A Grande Exhibitions é especializada na criação, design, produção, divulgação e montagem de exposições em grande escala com amplo apelo cultural e conteúdo envolvente, divertido e educativo. Do conceito à conclusão, a Grande Exhibitions desenvolve obras de arte visual e tecnicamente impressionantes, transportando-as mundo afora. Entre suas exposições estão: Inventando a Genialidade, 101 invenções que mudaram o mundo; Planeta Tubarão: Predator ou Presa; Os Impressionistas Franceses – De Monet a Cézanne; Alice – Uma Experiência no País das Maravilhas; e o mundialmente aclamado Van Gogh Vive – A Experiência. Elas já foram expostas mais de 150 vezes em mais de 130 cidades em seis continentes, superando os 12 milhões de visitantes.

A Grande Exhibitions está sediada em Melbourne, na Austrália, com escritórios em Londres, Reino Unido e Atlanta, EUA. A Grande Exhibitions também é proprietária do Museo Leonardo Da Vinci, um museu permanente na Piazza del Popolo, em Roma, Itália.

Sobre a Sensory4™

Desenvolvida pela Grande Exhibitions, a tecnologia SENSORY4™ compreende um sistema exclusivo que combina animações digitais multicanal, som surround com qualidade cinematográfica e até quarenta projetores de alta definição para oferecer um dos ambientes multitela mais impressionantes do mundo. O resultado é uma experiência dinâmica, informativa e visualmente espetacular. Imagens incrivelmente detalhadas fluem por todos os projetores e se fundem com o som surround digital, preenchendo o espaço e transformando-o em uma tela imersiva de tirar o fôlego.

Serviço

Leonardo da Vinci – 500 anos de um Gênio
Onde: MIS Experience, Rua Vladimir Herzog, 75 – Água Branca – São Paulo/SP
Data: 2 de novembro a 1º de março de 2020
Horário: terça a domingo, das 10h às 20h
Ingressos: quartas a sextas | R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia); sábados, domingos e feriados | R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia); entrada gratuita às terças-feiras – Meia entrada para estudantes e acima de 60 anos.
Informações: www.mis-sp.org.br e compra de ingressos pela internet

*Cliente Bradesco tem 50% de desconto no ingresso valor tabela. Válido para cartões de crédito (todas as bandeiras) e débito Bradesco e cartões Next.

*Transporte gratuito do terminal de ônibus da Barra Funda com saídas a cada 15 minutos, de terça a domingo, a partir das 9 horas, plataformas 6 e 7

*Com informações do Governo do Estado de SP

Sucesso no The Voice Kids, brasileira faz show em Miami

(Divulgação)


Aos 13 anos, a cantora Giulia Levita, participou do Pompano Festival 2019, evento que contou com cantores como Iza e Di Ferrero.

A cantora lançou a segunda música, “Me&You”, canção que fala sobre como superar uma desilusão amorosa, com clipe foi gravado na Argentina.

Essa é a segunda música do “EP 3lingüe of Love”, que conta com seis músicas autorais, em três idiomas. A primeira, em português, “BFL – Best Friend Lover”, foi composta por Giulia Levita e fala de se apaixonar pelo melhor amigo. A terceira é para Não sofrer e não chorar mais embalam “Prometo”, em Espanhol, prevista para o dia 07/11. “Distancia”, a quarta em Português, aborda as dificuldades do relacionamento à distância, com lançado em 21/11. “Close My Eyes”, em Inglês , é uma declaração de amor e chega às plataformas no dia 05/12. Para fechar, a canção “Adiós”, em Espanhol, retrata um amor que acabou e não tem mais jeito, disponível a partir de 19/12.

A novidade segue o ritmo de sucesso que vem desde a participação no programa The Voice Kids 4, este ano, na TV Globo. Durante as audições, Giulia cantou “Corazon Partio”, do ídolo Alejandro Sanz. O desempenho surpreendeu e fez com que os técnicos do programa, Carlinhos Brown, Simone e Simaria e Claudia Leitte – escolhida como técnica de Giulia no programa virasse a cadeira para a cantora. 

“É um momento muito especial. De fato deu “borboletas na barriga”, brinca a cantora sobre estar no programa. “Participar do The Voice Kids foi um sonho que se tornou realidade. Foi muito top entrar naquele palco lindo e cantar para o Brasil”.

Durante a competição, a cantora chamou a atenção da mídia internacional e foi notícia no exterior. Mas um ano antes, Giulia já havia chamado a atenção do astro Alejandro Sanz após fazer um cover de “Looking for Paradise”. A interpretação foi parar no Instagram do cantor, e com direito a uma declaração em espanhol: “La musica te quiere. No le sueltes la mano”. 

Alejandro Sanz um comentário desses, dizendo que ‘a música te ama. Não solte a mão dela’ me emocionou,  ele é incrível, uma pessoa fantástica. Meu sonho é cantar com ele”, conta.

Giulia diz estar preparada para esse novo ciclo de novidades. As seis músicas autorais, sendo duas em português, duas em espanhol e duas em inglês. O “EP 3lingüe of Love” está nas plataformas de streaming, junto com o clipe da primeira e segunda música nos canais digitais de Giulia Levita. 

“Eu amo fazer música. Muitas vezes vem um sentimento dentro de mim por alguma conversa que tenho com meus pais, irmãos ou espontaneamente, e o ritmo surge na minha cabeça junto com a letra”, explica sobre o processo de criação. “Nesse meu “EP 3lingüe of Love” fiz todas as letras e músicas. Não são traduções”.

História

Giulia nasceu em Salvador, mas viveu em seis países diferentes nos últimos anos, nas cidades de Dubai (Emirados Arabes), Maracaibo (Venezuela), Cidade do Panamá (Panamá), Lima (Peru), Ciudad do México (México), Buenos Aires (Argentina) e agora Miami (Eua), para onde acaba de se mudar. Filha de pai e mãe empresários, a cantora cresceu ouvindo em casa Bossa Nova, Jazz e Pop, e se inspira em artistas consagrados, como Diana Krall, Joao Gilberto, Tom Jobim, Ella Fitzgerald, Frank Sinatra, Shawn Mendes, Demi Lovato, Camila Cabello, Ariana Grande, Billie Eillish, além de Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Carlinhos Brown.

Os pais contam que, desde muito pequena ela dançava e cantava na frente da televisão, assistindo aos DVDs de Shakira e Ivete Sangalo. “Temos vídeos da Giulia imitando Shakira quando ela tinha apenas dois anos de idade”, lembra a mãe, Nina Levita. 

Aos cinco anos, Giulia iniciou as aulas de piano. Aos 10 começou a fazer a aula de canto. 

“Eu não tenho preferência em cantar em nenhum dos três idiomas. Sempre depende da música e do estilo, ela sai naturalmente em inglês, espanhol ou português”, finaliza a artista teen.

Peça ao ar livre fala de Lampião no Largo da Batata

Primeiras apresentações vão ser realizadas no Largo da Batata (Iarlei Rangel/Divulgação)


O Largo da Batata, em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, será o primeiro endereço de uma temporada de apresentações gratuitas do espetáculo ‘Relampião’. Na peça, as Companhias Miolo e Paulicea se juntam para revisitar histórias de Lampião – personagem histórico do Cangaço, para relacioná-lo com momentos atuais.

Quatro apresentações serão realizadas no Largo da Batata. Elas fazem parte do Projeto Relampião, contemplado na 9ª edição do Prêmio Zé Renato de Apoio à Produção e Desenvolvimento da Atividade Teatral para a Cidade de São Paulo, da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo. 

Em toda cidade, até dezembro vão ser realizadas encenações gratuitas, em praças e parques da capital, que têm em comum a grande circulação de pessoas (veja a programação abaixo)

Espetáculo terá 20 apresentações gratuitas até dezembro (Iarlei Rangel/Divulgação)

A linguagem do espetáculo, músicas e figurinos foram criados a partir de uma pesquisa voltada para a Cultura Popular Brasileira: o Cavalo-Marinho, o Samba, as Carrancas de São Francisco, os tipos populares do Brasil. Uma estética que remete ao imaginário de Lampião, ou Virgulino Ferreira da Silva.

“Acreditamos que assim se estabelece uma oportunidade singular para que nossa cultura seja apresentada, discutida e experimentada”, diz o diretor do espetáculo, Alexandre Kavanji.

Sinopse

Relampião traz a história de personagens que trabalham como ambulantes em uma praça, cada um carregando seu sonho e seu modo de resistir; cada um driblando sua maré, para não se entregar à deriva do “azar”.

É com essas histórias, entre músicas, narrativas e poemas que Virgulino, um artesão de carrancas, espera somar forças para avançar em seu dia a dia, para manter a cabeça presa ao pescoço e para com outros tornar-se um bando, capaz de enfrentar os macacos covardes que desprezam a importância dessa gente.

Serviço

Apresentações:

Largo da Batata – Pinheiros – São Paulo

  • Quando: 30 e 31 de Outubro e 06 e 07 de Novembro de 2019 -quartas e quintas-feiras
  • Horário: 16h00        

Parque da Juventude – Zona Norte – São Paulo

  • Quando: 01 de Novembro de 2019 (sexta-feira) – Horário: 16h00     
  • Quando: 08 de Novembro de 2019 (sexta-feira) – Horário: 15h00 

Praça Miguel Del’erba – Lapa – São Paulo

  • Quando: 11, 12 e 13 de Dezembro de 2019 (segunda a quarta-feira) – Horário: 16h00

Parque da Aclimação – São Paulo

  • Quando: 27, 28 e 29 de Novembro (quarta a sexta-feira) e 03 de Dezembro de 2019 (terça-feira)
  • Horário: 15h00

Praça do Patriarca – Centro – São Paulo

  • Quando: 01 de Dezembro de 2019 (domingo)
  • Horário: 15h00

Largo 13 de Maio – São Paulo

  • Quando: 04, 05, 06 e 07 de dezembro de 2019 (Quarta-feira à sábado)
  • Horário: 15h00

Parque do Carmo – Zona Leste – São Paulo

  • Quando: 08 de dezembro de 2019 (domingo)
  • Horário: 15h00

Poeta uruguaia Ida Vitale será homenageada em SP

(Catraca Livre/Reprodução)


Para encerrar o Ciclo Narrativas Uruguaias, o Centro Cultural B_arco promove o encontro A transversalidade da literatura e do audiovisual, idealizada por Yael Steiner e Paula Martins, nesta segunda-feira (28), às 20h.

Durante a atividade, será prestada uma homenagem a grande escritora, poeta uruguaia Ida Vitale, ganhadora do prêmio Cervantes deste ano. Entre as convidadas estão a brasileira Ângela Figueiredo e a uruguaia Gabriela Aguerre, autora do livro Quarto Branco.

As criadoras convidam artistas que estão desenvolvendo um trabalho de escrita ou de atuação nas áreas de teatro, literatura ou cinema para compartilhar seus projetos. Os presentes também terão acesso a livros de vários autores latino-americanos, e a atividade é encerrada com um sarau, para que todos possam ter voz. 

Esta atividade estimula as conexões, estimulando o hábito da leitura e, a partir desta, embasando as narrativas e a cocriação para o público em geral, seja para a elaboração de roteiros ou quaisquer outros conteúdos.

O Cilco foi idealizado pelo Consulado Geral do Uruguai em São Paulo e pelos artistas Jiddu Pinheiro, Yael Steiner e Paula Cohen. O projeto reuniu grandes nomes da cultura uruguaia em peça, bate-papo, cursos e vivência criativa.

Serviço

Núcleos Criativos Latino-americanos – A transversalidade da literatura e do audiovisual

  • Quando: Dia 28 de outubro, às 20h.
  • Ingressos: Grátis, distribuídos uma hora antes.
  • Capacidade: 80 lugares.
  • CENTRO CULTURAL B_ARCO – Rua Virgílio de Carvalho Pinto, 426, Pinheiros, São Paulo, SP
  • Informações: (11) 3081-6986. Site: barco.art.br

‘Um tio quase perfeito 2’ terá Danton Mello no elenco

Danton com o elenco infantil do filme (Divulgação)


Danton Mello está de volta às telonas. O ator está rodando, no Rio de Janeiro, o filme “Um Tio Quase Perfeito 2”.

No longa, que tem produção da Arpoador Audiovisual, coprodução da Morena Filmes, Globo Filmes e Sony Pictures e distribuição da H2O Films, ele é Beto, futuro marido de Ângela (Leticia Isnard), irmã do carismático Tio Tony, papel emblemático do ator e humorista Marcus Majella.

Porém, ao invés de comemorar o novo amor da irmã, Tony fica extremamente enciumado quando percebe que pode ter que dividir o coração dos sobrinhos Patricia (Julia Svacinna), Valentina (Soffia Monteiro) e João (João Barreto), com o cunhado e arma mil planos pra atrapalhar o romance. 

Sinopse

Tio Tony (Marcus Majella), que reina soberano no coração dos sobrinhos, Patricia (Julia Svacinna), Valentina (Sofia Barros) e João (João Barreto), parece ter se regenerado da vida de trambiqueiro. Ele vive em perfeita harmonia com a irmã e a mãe até a chegada de Beto (Danton Mello), que rouba o coração da irmã e, de quebra, encanta os pequenos. Ameaçado pelo ‘rival’, Tony vai fazer de tudo pra que ele não entre para a família de forma definitiva.

ELENCO – PERSONAGENS

  • Tio Tony – Marcus Majella
  • Beto – Danton Mello
  • Patrícia – Julia Svacina
  • João – João Barreto
  • Valentina – Soffia Monteiro
  • Rodrigo –  Fhelipe Gomes
  • Angela –  Letícia Isnard
  • Cecilia – Ana Lucia Torre
  • Gustavo – Eduardo Galvão

Ex-The Voice Kids chama a atenção de Alejandro Sanz e lança músicas em três idiomas

Giulia Levita na capa do álbum (Divulgação)


Aos 13 anos, a cantora Giulia Levita coleciona feitos impressionantes e está credenciada para um dos saltos mais importantes da carreira. Ela acaba de anunciar o lançamento de um álbum que contará com músicas em três idiomas.

A novidade segue o ritmo de sucesso que vem desde a participação no programa The Voice Kids 4, este ano, na TV Globo. Durante as audições, Giulia cantou “Corazon Partio”, do ídolo Alejandro Sanz. O desempenho surpreendeu e fez com que os técnicos do programa, Carlinhos Brown, Simone e Simaria e Claudia Leitte – escolhida como técnica de Giulia no programa, virassem a cadeira para a cantora. 

Giulia Levita com Cláudia Leitte, técnica da cantora teen no The Voice Kids (Divulgação)

“É um momento muito especial. De fato deu “borboletas na barriga”, brinca a cantora sobre estar no programa. “Participar do The Voice Kids foi um sonho que se tornou realidade. Foi muito top entrar naquele palco lindo e cantar para o Brasil”.

Durante a competição, a cantora atraiu os olhos da mídia internacional e foi notícia no exterior. Mas um ano antes, Giulia já havia chamado a atenção do astro Alejandro Sanz após fazer um cover de “Looking for Paradise”. A interpretação foi parar no Instagram do cantor, e com direito a uma declaração em espanhol: “La musica te quiere. No le sueltes la mano”. 

“Receber do Alejandro Sanz um comentário desses, dizendo que ‘a música te ama. Não solte a mão dela’ me emocionou,  ele é incrível, uma pessoa fantástica. Meu sonho é cantar com ele”, conta.

Giulia diz estar preparada para esse novo ciclo de novidades. As seis músicas autorais, sendo duas em português, duas em espanhol e duas em inglês, seram lançadas com os clipes.O “EP 3lingüe of Love” será lançado no dia 12, nas plataformas de streaming, junto com o clipe da primeira música nos canais digitais de Giulia Levita e depois a cada quinze dias será lançado um clipe diferente. 

A canção em Português “BFL – Best Friend Lover”, composta por Giulia Levita, fala de se apaixonar pelo melhor amigo. A faixa será a primeira a ganhar clipe, no próximo dia 12. Já “Me&You”, em Inglês, discorre sobre como superar uma desilusão e terá o clipe revelado dia 24 de outubro. Não sofrer e não chorar mais embalam “Prometo”, em Espanhol, prevista para o dia 07/11. “Distancia”, a segunda em Português, aborda as dificuldades do relacionamento à distância, com lançado em 21/11. “Close My Eyes”, em Inglês , é uma declaração de amor e chega às plataformas no dia 05/12. Para fechar, a canção “Adiós”, em Espanhol, retrata um amor que acabou e não tem mais jeito, disponível a partir de 19/12.

“Eu amo fazer música. Muitas vezes vem um sentimento dentro de mim por alguma conversa que tenho com meus pais, irmãos ou espontaneamente, e o ritmo surge na minha cabeça junto com a letra”, explica sobre o processo de criação. “Nesse meu “EP 3lingüe of Love” fiz todas as letras e músicas. Não são traduções”.

História

Giulia nasceu em Salvador, mas viveu em seis países diferentes nos últimos anos, nas cidades de Dubai (Emirados Arabes), Maracaibo (Venezuela), Cidade do Panamá (Panamá), Lima (Peru), Ciudad do México (México), Buenos Aires (Argentina) e agora Miami (Eua), para onde acaba de se mudar. Filha de pai e mãe empresários, a cantora cresceu ouvindo em casa Bossa Nova, Jazz e Pop, e se inspira em artistas consagrados, como Diana Krall, Joao Gilberto, Tom Jobim, Ella Fitzgerald, Frank Sinatra, Shawn Mendes, Demi Lovato, Camila Cabello, Ariana Grande, Billie Eillish, além de Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Carlinhos Brown.

Os pais contam que, desde muito pequena ela dançava e cantava na frente da televisão, assistindo aos DVDs de Shakira e Ivete Sangalo. “Temos vídeos da Giulia imitando Shakira quando ela tinha apenas dois anos de idade”, lembra a mãe, Nina Levita. 

Aos cinco anos, Giulia iniciou as aulas de piano. Aos 10 começou a fazer a aula de canto. 

“Eu não tenho preferência em cantar em nenhum dos três idiomas. Sempre depende da música e do estilo, ela sai naturalmente em inglês, espanhol ou português”, finaliza a artista teen.

8 peças de teatro que estão em cartaz neste domingo

https://spagora.com.br/eventos/irmaos-carreto-da-trupe-dunavo/
https://spagora.com.br/eventos/turma-da-monica/
https://spagora.com.br/eventos/circo-da-patrulha/
https://spagora.com.br/eventos/o-soldadinho-e-a-bailarina/
https://spagora.com.br/eventos/peter-pan-e-sininho-na-terra-do-nunca/
https://spagora.com.br/eventos/chapeuzinho-vermelho-e-o-lobo/
https://spagora.com.br/eventos/viva-sem-medo-suas-fantasias-sexuais/
https://spagora.com.br/eventos/cada-um-tem-o-anjo-que-merece-2/

Festival terá intervenções artísticas e trio elétrico

Neguinho do Kaxeta, uma das atrações do festival (Reprodução)

A região central de Perus, na zona oeste de São Paulo, vai ser palco de um festival que valoriza as diferenças artísticas da periferia da capital. Organizado pelo Movimento Arte Plural Perus (Mapp), o Mupope conta com o apoio da Subprefeitura regional e do Céu.

Entre os dias 20 e 22, moradores vão acompanhar apresentações musicais, debates, exposições, performances, artes visuais, dança, gastronomia, ocupações poéticas. A abertura ocorrerá sexta-feira (20), a partir das 18h, na Rua da Feira da Estação, com atividades até às 21h.

No dia 21, será a vez da casa do Hip Hop, na Rua Júlio Maciel, 500 – conhecida, segundo a organização, como a ‘Rua Pode Pá’. No local, batalhas de rima, músicas e poesias, das 13h e às 21h.

Para finalizar, no dia 22, a partir das 15h, tem trio elétrico com Neguinho do Kaxeta e show gastronômico na Rua Maria dos Perus e na Praça do Samba, que fica na Rua dos Valenças.

Informações aqui.

Feira Literária da Zona Sul começa hoje

Por Elaine Patrícia Cruz

(Will Cavagnolli/Felizs)

Com shows, danças, peças de teatro, caminhada literária, exposições e conversas literárias, começou neste domingo (8) a 5ª edição da Feira Literária da Zona Sul (FELIZS), maior feira literária das periferias de São Paulo. Serão mais de 100 atrações culturais, em duas semanas de programação no Campo Limpo e em bairros vizinhos.

O tema da feira deste ano é Meu Corpo, Minha Marca no Mundo e os homenageados desta edição são o escritor e dramaturgo Marco Pezão, amante da cultura do futebol de várzea das periferias e curador do Sarau a Plenos Pulmões, e a poeta Tula Pilar, que morreu em abril deste ano. O evento ocorre no Sesc Campo Limpo e a abertura está prevista para as 17h, com um show de Renata Rosa e Geraldo Magela. O encerramento, no dia 21 de setembro, será na Praça do Campo Limpo, que receberá uma grande mostra de arte, com programação das 11h às 21h30.

“Homenagear esses artistas é uma forma de destacar uma dramaturgia enraizada no contexto histórico do morador da periferia, um personagem que dificilmente tem seus traços, corpos e leituras de mundo retratado com fidelidade nos grandes espetáculos da indústria cultural”, disse Silvia Tavares, uma das curadoras do evento.

A feira pretende unir potenciais num único espaço e observar a grandiosidade de propostas que a periferia vem desenvolvendo, além de divulgar a produção intensa produzida nas periferias da cidade. “Num momento onde os apoios a projetos culturais estão cada vez mais escassos, produzir uma feira literária com mais de 100 atividades gratuitas e abertas ao público é sem dúvida nenhuma um feito histórico”, disse Diane Padial, idealizadora do FELIZS.

Crianças

(Will Cavagnolli/Felizs)

A feira vai promover ainda uma série de atividades para crianças e adolescentes, tais como contação de histórias, intervenções poéticas e espetáculos de teatro em espaços públicos e independentes de educação e cultura, tais como unidades do Centro Educacional Unificado (CEU), escolas, bibliotecas públicas e organizações sociais da zona sul de São Paulo.

“A leitura é um hábito que ganha ainda mais sabor com elementos de representatividade. Nas periferias, existem várias referências de autores e autoras que, por tratarem de temas, personagens e cenários semelhantes aos vividos pelas crianças, podem despertar nelas o gosto pela leitura e escrita. Por isso, a FELIZS está construindo esse espaço de diálogo, onde elas, as crianças, terão vez e voz para compartilhar suas experiências com o livro entre outras crianças”, disse Juliana da Paz, curadora da programação de literatura infantil.

Desde sua primeira edição, em 2015, a FELIZS já atraiu mais de 25 mil pessoas para suas atividades. A programação é gratuita e pode ser consultada no seguinte endereço na internet.

Espaço reúne tattoo, arte e entretenimento geek

(Divulgação)

Vai ser inaugurado em São Paulo o LOI – League of Inks Tattoo, estúdio de tatuagem especializado em arte pop. O próprio nome do estúdio é um trocadilho com o game mais jogado na atualidade: “League of Legends”.

O espaço de 300 m², localizado nos Jardins, na esquina da Augusta com a Alameda Itu, reunirá tatuadores geeks, além de promover mostras de arte Pop, exposições, games e loja. O LOI estará aberto ao público a partir de sábado (7), das 11h às 20h, com tatuadores convidados e muita arte.

“O LOI nasceu de uma proposta bastante inovadora da INK Society formado por sete estúdios de tatuagem e uma escola. Depois de realizarmos dois eventos Comic INK, em dezembro de 2018, não tivemos dúvidas em abrir o League Of Inks Tattoo, o LOI Tattoo. Esse nicho é forte, é fiel e bastante ativo, disposto a tatuar na pele suas paixões”, diz Toshio Murakami, um dos sócios do local.

(Marine Perrenoux/Divulgação)

O grande diferencial do LOI está no ambiente voltado à cultura POP. Logo na entrada, para entreter quem está na espera, haverá o Espaço Game com um Pinball vintage, totalmente restaurado, e um fliperama com mais de 15 mil jogos. Além disso, um Playstation PS4 estará ligado à uma TV 65” e ainda haverá uma mesa de cards.

“Em novembro vamos instalar quatro computadores de E-Sports. Queremos nos conectar ainda mais com este público”, explica Toshio.

Nas paredes do estúdio mostras de arte e tatuagem. Serão expostas 27 telas (30 x 40 cm) e 10 painéis (180 x 60 cm) criados pelos tatuadores participantes da Comic INK São Paulo. As mostras serão temporárias, sempre dando espaço para artistas geek e tatuadores que levam suas tattoos para as telas ou prints.

Arte para estampar – Uma das grandes novidades é o “Espaço Prints” onde será possível imprimir desenhos exclusivos dos artistas residentes e convidados em prints e camisetas da marca XIRTTS, na hora. Em um monitor pode-se selecionar a arte e mandar imprimir em impressoras de alta tecnologia instaladas no local. As camisetas XIRTTS custarão a partir de R$ 70,00 e os prints a partir de R$ 40,00.