CIEE promove maratona com 12 mil vagas de estágio

(Divulgação)

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) vai oferecer mais de 12 mil vagas de estágio e aprendizagem a partir de segunda-feira (22). Chamado de Maratona de Vagas, o evento ocorrerá de forma virtual: jovens e adolescentes em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho podem conferir as vagas pela internet até o dia 26 de fevereiro.

De acordo com o superintendente nacional de Atendimento do CIEE, Luiz Gustavo Coppola, o início do ano é o período com mais opções para os jovens encontrarem vagas, já que, no primeiro semestre, em geral, as empresas costumam abrir mais espaço para entrada de novos talentos.

“Nos primeiros meses do ano, temos uma janela única de oportunidades. Por meio da campanha, queremos engajar os jovens, oferecer suporte e mostrar que sim, é possível alcançar espaço no mundo do trabalho”, destacou.

Por Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil 

Cresce número de vagas de estágio e aprendizagem

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) registrou aumento no número de vagas de estágio e aprendizagem pela primeira vez desde o início da pandemia. O mês de junho teve crescimento de 99,34% no número de novas vagas de estágio e 101,48% de aprendizes se comparado ao de abril, primeiro mês afetado totalmente por medidas de restrição referentes ao isolamento social.

Se considerado o primeiro semestre deste ano, a retração nos estados administrados pelo CIEE São Paulo – 20 estados mais o Distrito Federal – foi de 35,8% na abertura de novas vagas de estágio e 34,5% no caso da aprendizagem, na comparação com mesmo período do ano passado.

Apesar da alta incidência de casos da covid-19, o estado de São Paulo foi o que apresentou a menor retração na criação de oportunidades em relação ao primeiro semestre do ano anterior: queda de 16,1% na criação de vagas para estagiários e 23,4% de aprendizes.

A região Norte teve queda de 37% no número de vagas para estagiários e 36,6% de aprendizes. Já o Nordeste teve decréscimo de 27,9% em vagas de estágio e 49,6% de aprendizagem. A região com a maior retração foi o Centro-Oeste, com queda de 42,6% no número de oportunidades para estágio e 48,2% para aprendizes.

Os dados não incluem os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná e de Pernambuco.