Modelo morre durante desfile da SPFW

(Record TV/Reprodução)

O modelo Thales Soares, conhecido como Thales Cotta, morreu neste sábado (27), em São Paulo, durante os desfiles da São Paulo Fashion Week. A informação, segundo o jornal Folha de S. Paulo, foi confirmada pela organização do evento.



Thales participava do desfile da grife Ocksa quando tropeçou e caiu. Ele foi socorrido por bombeiros do evento e levado de ambulância para o pronto socorro da Lapa, mas não resistiu.

Thales tinha 26 anos.

Thales Cotta, 26 anos (Record TV/Reprodução)

Metrô inaugura hoje nova estação na Linha 5-Lilás

A Companhia do Metropolitano inaugura hoje (8) a estação Campo Belo, da Linha 5-Lilás. É a última de onze estações construídas com a extensão de 11,5 km do Metrô.

A Linha 5-Lilás iniciou a operação do primeiro trecho, que compreende as estações Capão Redondo, Campo Limpo, Vila das Belezas, Giovanni Gronchi, Santo Amaro e Largo Treze, em outubro de 2002. A operação do segundo trecho teve início com a entrega da estação Adolfo Pinheiro, em fevereiro de 2014.

As estações Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin foram inauguradas em setembro de 2017. Já as estações Eucaliptos e Moema iniciaram funcionamento no primeiro semestre de 2018. A Estação AACD-Servidor foi aberta em 31 de agosto de 2018.

No dia 28 de setembro de 2018, foram entregues pelo Governo do Estado de São Paulo as estações Hospital São Paulo e as interligações com a Linha 1-Azul, na Estação Santa Cruz, e com a Linha 2-Verde, na Estação Chácara Klabin.

A concessionária ViaMobilidade assumiu a operação da Linha 5-Lilás em agosto de 2018.

Ex-treinador da seleção brasileira de ginástica é banido do esporte

Por Pedro Peduzzi 


Fernando de Carvalho Lopes, ex-técnico da seleção Brasileira de Ginástica (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O ex-treinador da seleção brasileira masculina de ginástica artística Fernando de Carvalho Lopes foi banido definitivamente do esporte, acusado de abuso sexual e assédio moral a atletas, quando era técnico do Mesc, em São Bernardo do Campo.

A decisão foi tomada pelo Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), em julgamento ocorrido no domingo (31) na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, em Aracaju (SE).

O STJD é a segunda instância desportiva da ginástica. O tribunal informou que a pena de banimento foi decidida por unanimidade, tendo por base o Código de Conduta e Estatutos da Federação Internacional de Ginástica.

De acordo com o presidente do STJD, Fernando Silva Júnior, o Código Brasileiro de Justiça Desportiva estabelece que “decisões de pleno como esta são irrecorríveis”. No entanto, acrescenta ele, “a nível de jurisdição nacional cabe embargos de declaração ou mesmo cortes internacionais”, disse à Agência Brasil.

“O embargo de declaração tem aspecto limitado, para investigar contradição ou omissão da decisão do pleno”, acrescentou o presidente do STJD. Por meio de nota, a CBG informou que o tribunal a ela vinculado foi o primeiro a tomar uma decisão deste nível – envolvendo assédios e abusos sexuais – na esfera esportiva do Brasil.

Além de ser punido com banimento do esporte, o ex-treinador da seleção brasileira masculina de ginástica artística poderá responder por crimes tanto na vara cível como criminal. “Cada espectro de atuação tem um objeto a ser tratado”, disse o presidente do tribunal ao explicar que o referido julgamento está limitado às questões desportiva e disciplinar.

“Os atos praticados refletem também na vida civil do cidadão e dos atletas vítimas. Então ele vai responder do ponto de vista cível, caso os atletas acionem a Justiça. Do ponto de vista criminal, depende de denúncia do Ministério Público”.

Governo autoriza e remédios ficam mais caros a partir de hoje

O preço dos remédios vendidos no país pode aumentar até 4,33% a partir desta segunda-feira (01). O valor, definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, ficou acima da inflação de 2018, que fechou o ano em 3,75%.

De acordo com o Ministério da Saúde, o percentual é o teto permitido de reajuste. Cada empresa pode decidir se vai aplicar o índice total ou menor. Os valores valem para os medicamentos vendidos com receita.

Ainda segundo a pasta, o cálculo é feito com base em fatores como a inflação dos últimos 12 meses – o IPCA, a produtividade das indústrias de remédios, o câmbio e a tarifa de energia elétrica e a concorrência de mercado.

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos publica, todo mês, no site da Anvisa, a lista com os preços de medicamentos já com os valores do ICMS – o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços, que é definido pelos estados.

As empresas que descumprirem os preços máximos permitidos ou aplicarem um reajuste maior do que o estabelecido podem pagar multa que varia de R$ 649 a R$ 9,7 milhões.

Mega-Sena acumulada pode pagar R$ 10 milhões hoje

O Concurso nº 2.138 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 10 milhões para a aposta que acertar as seis dezenas. O sorteio será realizado hoje (30) às 20h.

As apostas podem ser feitas até as 19h. O jogo mais barato, em qua o apostador marca seis dezenas, custa R$ 3,50.

Os interessados podem fazer o jogo da Mega-Sena em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online.

Para jogar pela internet, o apostador precisa ter mais de 18 anos.

Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador pessoal, tablet ou smartphone.

‘Sextou na Praça’ reúne arte e cultura gratuitas no Vale do Anhangabaú

(Gsé Silva/Reprodução)

A área externa da Praça das Artes, integrada ao Vale do Anhangabaú, é o novo espaço de ocupação artística e cultural da cidade e apresenta, todas as sextas-feiras, o projeto Sextou na Praça. O happy hour, aberto ao público e gratuito, reúne semanalmente uma festa urbana de São Paulo e apresentações de música ou dança das escolas da Fundação Theatro Municipal de São Paulo, unindo erudito e popular, sempre das 18h às 23h.

Nesta sexta (29), o Sextou na Praça recebe, pontualmente às 18h30, a apresentação do Quarteto de Trompetes da Escola Municipal de Música de São Paulo. Com direção musical de Carlos Sulpício, o grupo é formado por Erick Domingues, Jessé Gomes, Matheus de Farias e Natã dos Santos.

A festa Calefação Tropicaos ocupa o espaço até às 23h. O coletivo celebra a cultura brasileira, com foco em ritmos dançantes do norte e nordeste do país, e é inspirado em movimentos como a Tropicália e o Mangue Beat.
A programação das semanas seguintes, já tem as suas festas confirmadas: Pardieiro, dia 5 de abril; e MEL, dia 12. Além das apresentações de música ou dança das escolas da Fundação Theatro Municipal.

Praça das Artes

Inauguração da área externa do complexo teve apresentações artísticas e culturais (Gsé Silva/Reprodução)

A Praça das Artes é um complexo cultural dedicado à música, dança, ao teatro e exposições. É sede de duas escolas de formação gratuitas: Escola de Dança e Escola Municipal de Música de São Paulo, ambas da Fundação Theatro Municipal de São Paulo.

O espaço arquitetônico também é sede dos grupos artísticos do Theatro Municipal de São Paulo, Balé da Cidade de São Paulo e Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, além de abrigar a Orquestra Experimental de Repertório que também pertence a Fundação.

No último sábado (23), a área externa da Praça das Artes foi inaugurada, consolidando a integração ao Vale do Anhangabaú, derrubando muros e sendo mais um espaço de cultura e de circulação de público para fomentar a programação do centro da cidade. Cerca de 6 mil pessoas passaram pelo evento de inauguração que contou com mais de 15 atrações de dança, música e arte circense durante seis horas.

A Praça das Artes ocupa um terreno em forma de ‘T’, que liga a Rua Conselheiro Crispiniano à Avenida São João e o Vale do Anhangabaú. O empreendimento é resultado de uma parceria entre o arquiteto Marcos Cartum, do Núcleo de Projetos de Equipamentos Culturais da Secretaria da Cultura, e o escritório paulistano Brasil Arquitetura, de Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz. A primeira parte do complexo foi inaugurada em dezembro de 2012.

Prêmios

O espaço recebeu o Prêmio APCA de Melhor Obra de Arquitetura de 2012, o prêmio de Edifício do Ano de 2013 pelo Icon Awards, realizado pela Icon Magazine e finalista dos ‘Projetos Impressionantes das Américas’, da Mies Crown Hall Americas, em 2014.

Serviço

Sextou na Praça
sexta-feira, 29, das 18h30 às 23h

Quarteto de Trompetes da Escola Municipal de Música de São Paulo 
Erick Domingues
Jessé Gomes
Matheus de Farias
Natã dos Santos
Festa Calefação Tropicaos

Dia 5/4: Festa Pardiero
Dia 12/4: Festa MEL

Praça das Artes
Av. São João, 281 – Centro

Battisti confessa assassinato de quatro pessoas na Itália

Cesari Battisti ao ser preso na Bolívia (Twitter/Polícia Italiana/Reprodução)

Pela primeira vez, o italiano Cesare Battisti, de 64 anos, extraditado em janeiro do Brasil para a Itália, admitiu ter participado do assassinato de quatro pessoas nos anos de 1970. Na presença do procurador-geral de Milão, Francesco Greco, no Ministério Público, ele confirmou o envolvimento nos crimes e pediu desculpas aos parentes das vítimas.

Segundo relatos, durante o depoimento, Battisti disse que se envolveu nos atos políticos por acreditar que aquela era uma “guerra justa”. O italiano foi condenado à prisão perpétua pelo assassinato de quatro pessoas durante os anos de 1970. Na época, ele integrava o grupo Proletários Armados pelo Comunismo, um braço das Brigadas Vermelhas. Até então ele afirmava ser inocente.

O procurador Francesco Greco disse que Battisti admitiu “suas responsabilidades” em quatro assassinatos, no ferimento de três pessoas e na participação de roubos.

Captura

Battisti foi capturado em 12 de janeiro à noite enquanto caminhava pela rua em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. A prisão foi resultado de uma parceria de agentes bolivianos e italianos com apoio de brasileiros.

No Brasil desde 2004, o italiano foi preso três anos depois. O governo da Itália pediu sua extradição, aceita pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Contudo, no último dia de seu mandato, em dezembro de 2010, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu que Battisti deveria ficar no Brasil, e o ato foi confirmado pelo STF.

Desde a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro defendeu a extradição de Battisti. Ao assumir o poder, ele reiterou sua determinação em capturar e enviar para a Itália para o cumprimento da pena.

*Com informações da RAI, emissora pública de televisão da Itália.

Gasolina fica mais cara pela 4ª semana seguida

Por Vitor Abdala

(Tomaz Silva/Agência Brasil)

O preço médio do litro da gasolina comercializada em postos de combustível de todo o país fechou esta semana a R$ 4,319. Essa foi a quarta alta semanal do produto, que acumula um aumento de preço de 3,5% em um mês, já que, na semana de 17 a 23 de fevereiro, o litro era vendido a R$ 4,172.

Os dados são do levantamento semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O óleo diesel, comercializado em média a R$ 3,54 por litro, registrou nesta semana sua quinta alta consecutiva e acumulou, no período, aumento de preços de 2,8%.

O litro do etanol, que foi comercializado em média a R$ 2,969, também subiu pela quinta vez consecutiva, acumulando alta de 8,2% no período de cinco semanas. Já o preço do GNV (gás natural veicular) aumentou pela terceira semana, fechando em média a R$ 3,169 o metro cúbico, uma alta de 1% no período.

Prisão de funcionário de Guaidó gera reações

A prisão de Roberto Marrero, chefe de gabinete de Juan Guaidó, autodeclarado presidente da Venezuela, gerou reações de líderes estrangeiros. Marrero foi detido de madrugada de ontem (21) por funcionários do serviço secreto do governo de Nicolás Maduro. Também ameçado, o deputado de oposição Sergio Vergara denunciou a ação e afirmou ter escapado por alegar o respeito à imunidade parlamentar.

Em nota, o Grupo de Lima, formado por Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai e Peru, condenou a prisão de Marrero e a ameaça a Vergara.

“Integrantes do Grupo de Lima rechaçam e condenam energicamente a detenção do ilegal do senhor Roberto Marrero e o ataque inaceitárvel à casa do deputado Sergio Vergara”, diz o comunicado.

No texto, os líderes chamam o governo de Maduro de “regime ditatorial” e reiteram o pedido para libertação de Marrero, assim como o respeito à imunidade parlamentar de Vergara.

A Organização das Nações Unidas (ONU), nas redes sociais, disse estar preocupada com a detenção e cobrou respostas do governo Maduro. “Instamos o governo a respeitar rigorosamente o devido processo e a revelar imediatamente seu paradeiro.”

Rodrigo Santoro participa de exibição de filme em Perus

Rodrigo Santoro e os diretores durante o bate papo com a comunidade, em Perus, zona oeste de São Paulo (Eduardo Ogata/Prefeitura de SP)

O ator Rodrigo Santoro participou da exibição do filme ‘O Tradutor’, no CEU Perus, zona oeste da capital, na noite desta quinta-feira (21). Os diretores cubanos Sebastián e Rodrigo Barriuso também estiveram no evento que faz parte do Circuito SPCine.

A história retrata a vida real de um professor universitário de literatura russa, vivido por Santoro, que vê sua vida transformada ao ser designado como tradutor na ala infantil de um hospital cubano. Ele deve servir de intérprete entre os médicos e vítimas do acidente nuclear de Chernobil que acabaram de chegar a Havana, em Cuba.

“O Tradutor” fez parte da seleção oficial da última edição do Festival de Sundance, um dos principais eventos de cinema independente do mundo.

“A ideia de trazer a exibição do filme para uma escola pública surgiu de um desejo pessoal que eu tinha de dialogar com os alunos e professores. Minha mãe é professora, cresci com essa influência, além de ser a profissão que eu mais admiro. O personagem que eu faço é um professor eu sempre tive vontade de trazer para a escola pública, de conhecer, de escutar e encontrei no SPCine a uma oportunidade de realizar isso”, declarou o ator Rodrigo Santoro.

Cinema lotado para assistir ao filme e participar do debate com o ator e os diretores (Eduardo Ogata/Prefeitura de SP)

De acordo com Santoro, que participou de um debate com a comunidade após a exibição do longa, a arte é uma importante ferramenta de transformação social. “Cultura não é só entretenimento, na verdade ela renova, conta uma história e forma um povo. Sem cultura você não consegue ter educação e sem ela as pessoas não têm autonomia de pensamento crítico. Você é excluído socialmente.”