Tite destaca boa fase de Neymar e versatilidade de convocados

Tite, técnico da Seleção Brasileira de Futebol Masculino (Lucas Figueiredo/CBF)

Apesar de o título da Liga dos Campeões  ter escapado do Paris Saint-Germain, da França, o futebol apresentado por Neymar na reta final da competição deixou Tite animado. O técnico da seleção brasileira comemorou a possibilidade de ter o atacante em grande fase técnica e física para o início das Eliminatórias da Copa do Mundo, em outubro, contra Bolívia e Peru.

“O Neymar, nesse grande grande momento, é extremamente importante e diferenciado, sem os problemas clínicos que o afetaram, e dando sequência à plenitude da condição. Estava tentando lembrar da última vez que a gente o teve nessa plenitude”, destacou Tite, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (18), transmitida pela CBFTV. “A seleção procura o atleta no melhor momento, para que ele nos transfira o conjunto da obra. Neymar é um líder técnico extraordinário”, completou.

Neymar (Arquivo/C.Gavelle/PSG/via Fotos Públicas)

Entre 2018 e 2019, Neymar raramente esteve 100% com a seleção. Uma fratura no quinto metatarso do pé direito, além de uma lesão no tornozelo da mesma perna, atrapalharam o atacante na Copa do Mundo da Rússia. As contusões voltaram a incomodar o camisa 10 no ano passado. Em junho, antes da Copa América, ele voltou a sentir o tornozelo logo no início de um amistoso contra o Catar, em Brasília, e foi cortado da competição.

A expectativa da comissão técnica é que Neymar seja um dos líderes em uma convocação que também reúne caras novas, como o meia Bruno Guimarães, do Lyon (França), o atacante Rodrygo, do Real Madrid (Espanha), e o volante Gabriel Menino, chamado como lateral, mas que também atua como meio-campo pelo Palmeiras.

“Ele [Neymar] terminou a Champions jogando com muita qualidade. A gente o espera como um esteio para essa meninada, com liderança técnica, e outros atletas também com liderança de comando, de postura forte, de combatividade”, disse Cleber Xavier, auxiliar de Tite, também na coletiva.

As presenças de Rodrygo e Gabriel Menino, aliás, foram temas recorrentes na entrevista. Sobre ambos, Tite e comissão técnica enalteceram a polivalência dos atletas. Especificamente a respeito do palmeirense ter sido chamado como lateral, e não como volante, o treinador revelou que as coleta de informações não se limitou aos jogos do Verdão na temporada.

“Ele teve formação como lateral, também. Falamos com Ângelo, do sub-15 do Guarani, com o Paulo [Vitor Gomes], da seleção sub-17 e que era da sub-15. Temos as informações das características pessoais e técnicas do atleta, além do acompanhamento in loco em quatro jogos e oito pela TV. É um novo talento surgindo em uma posição importante. Em termos táticos, o Daniel Alves, que joga no meio pelo São Paulo, faz uma função de armação que é a mesma que faz na seleção. O inverso serve para o Menino. Ele trabalha pelo centro, mas sua função ofensiva será de articulador, similar ao Palmeiras”, explicou o técnico.

Já sobre Rodrygo, Cléber Xavier destacou a capacidade do atacante cair pelos dois flancos.

“Ele é um jogador de lado esquerdo, mas também atuou no Santos pela direita. No Real, incorporou esse lado direito. É muito forte no um contra e um e nos traz essa opção para determinados momentos do jogo”, justificou o auxiliar. “Ele abre o campo, para dar espaço de infiltração, e tem naturalidade nos movimentos”, completou Tite.

A seleção brasileira estreia nas eliminatórias no próximo dia 9 de outubro, contra a Bolívia, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP). Quatro dias depois, visita o Peru, em Lima. Devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19) e às medidas de segurança sanitária que têm sido adotadas para os jogos, não haverá presença de torcedores.

“Estar perto do torcedor é uma energia inconteste. Fui assistir a um jogo no Maracanã, da cabine. Você olha, não vê público, é estranho. Você quer voltar a trabalhar em um ritmo normal e pensa: ‘não é normal ainda, calma’. As coisas estão voltando aos poucos. Nada substitui o contato humano”, concluiu o técnico brasileiro.

Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional 

Bayern vence PSG de Neymar e leva hexacampeonato

Com uma campanha irreparável, na qual venceu todas as 11 partidas que disputou, o Bayern de Munique se sagrou hexacampeão da Liga dos Campeões neste domingo (23/08) ao vencer o Paris Saint-Germain por 1 a 0 no Estádio da Luz, em Lisboa, graças a um gol de Kingsley Coman, cria da base da equipe francesa.

(Julian Finney/UEFA/UEFA)

Coman chegou ao PSG com apenas 8 anos de idade, em 2004, e permaneceu no clube até 2014, quando foi para a Juventus, a qual trocou pelo Bayern em 2016. Ele atingiu agora o clímax da carreira ao aproveitar cruzamento de Kimmich e marcar de cabeça aos 14 minutos do segundo tempo.

Na chamada ”era moderna” da Champions League, iniciada em 1992, jamais uma equipe havia vencido todas as suas partidas, e o Bayern, que já havia faturado a taça em 1974, 1975, 1976, 2001, 2013, o fez em grande estilo, com destaque para a goleada sobre o Barcelona de Lionel Messi por 8 a 2 nas quartas de final.

Agora, o time é o terceiro maior vencedor da competição, ao lado do Liverpool e atrás apenas de Real Madrid (13 triunfos) e Milan (7).

Esta é a segunda vez que o Bayern consegue ganhar a chamada tríplice coroa, ao vencer na mesma temporada a Bundesliga, a Copa da Alemanha e a Champions League. A primeira vez foi em 2013.

Já o Paris Saint-Germain, finalista pela primeira vez, terá que fazer nova tentativa para obter seu primeiro título na Champions League. Desde a chegada do xeque Nasser Al-Khelaifi, em 2010, foram nada menos que 43 contratações em busca do título europeu, incluindo a mais cara de toda história, a do atacante brasileiro Neymar, pelo qual foram pagos 222 milhões de euros ao Barcelona em 2017.

As duas equipes contaram com retornos importantes para a decisão. No PSG, embora o meia Verratti tenha ficado no banco por não estar 100% fisicamente, o goleiro Navas retornou de lesão e fez grandes defesa. O zagueiro Thiago Silva, que fez o jogo de despedida do clube parisiense após oito anos, foi titular, assim como Marquinhos, que atuou como volante, e Neymar.

No Bayern, o atacante Coman retomou a titularidade, e com isso Perisic começou entre os reservas, enquanto o zagueiro Boateng, que era dúvida, até atuou, mas teve uma recaída e deu lugar a Süle ainda no primeiro tempo. O meia espanhol Thiago Alcantara, filho de Mazinho, campeão mundial pela seleção brasileira em 1994, também apareceu na formação inicial de Hansi Flick.

O jogo foi lá e cá desde o começo, e quem teve a primeira chance de abrir o placar foi o PSG. Mbappé preparou dentro da área para Neymar, que chutou rasteiro de pé esquerdo, e Neuer defendeu com o pé. No rebote, o próprio camisa 10 tentou, mas novamente parou no arqueiro alemão.

A resposta do octocampeão alemão foi dada oito minutos depois. Davies lançou da esquerda para a área até Lewandowski, que girou e bateu sem muita força, mas tirando de Navas. A bola beijou a trave, e a defesa afastou.

Referência do ataque do Bayern e artilheiro desta Champions, com 15 gols, Lewandowski voltou a incomodar aos 31. Kimmich levantou, a bola desviou em Kimpembe, e o centroavante cabeceou a queima-roupa. Navas espalmou no susto e depois encaixou.

O PSG teve tudo para ir para o intervalo em vantagem, mas desperdiçou grande oportunidade aos 45. Alaba cochilou na saída de bola, Mbappé acionou Herrera, que devolveu com açúcar, mas o atacante francês concluiu sem força, e Neuer pegou.

Mais incisivo depois do intervalo, o time bávaro fez 1 a 0 aos 14 minutos da segunda etapa. Müller abriu na direita para Kimmich, que levantou nas costas de Kehrer até Coman, que cabeceou no canto esquerdo e superou Navas.

Em lance parecido, três minutos depois, Coman mais uma vez apareceu para completar de cabeça na esquerda, e de novo tirou do goleiro costarriquenho, mas Thiago Silva cortou em cima da linha.

Passado o baque, o PSG voltou a criar. Aos 24 minutos, Di María adiantou para Marquinhos, que chutou em cima de Neuer. Aos 28, Neymar recebeu de Bernat e buscou o ângulo esquerdo, mas errou o alvo.

A partir de então, o Bayern controlou o máximo que pôde, inclusive mantendo a bola no ataque por bastante tempo. O tricampeão francês ainda fez algumas investidas, mas infrutíferas. Aos 46 minutos, Mbappé passou para Neymar, que bateu cruzado, mas Choupo-Moting não conseguiu desviar para a rede. Aos 48, em mais uma trama entre o francês o brasileiro, o camaronês chegou atrasado e ainda cometeu falta.

MD/efe/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.

Melhor do mundo pode ser definido na Liga dos Campeões

(Reuters/Arte Agência Brasil/Reprodução)

Paris Saint-Germain (PSG) e Bayern de Munique entram em campo neste domingo (23), às 16h (horário de Brasília), no Estádio da Luz, em Lisboa (Portugal), para decidirem qual é o melhor time da Europa. Se a equipe alemã tenta o sexto título da história, os franceses chegam na final da Champions League pela primeira vez.

Contudo, há outra disputa em jogo. Quando a bola rolar, Neymar e Lewandowski terão toda a partida pela frente para convencer técnicos e capitães das seleções filiadas à Fifa, além de jornalistas especializados, de que um deles é o melhor jogador do mundo. Isto porque a a entidade máxima do futebol profissional, apesar de não fazer a cerimônia de entrega, divulgará o vencedor do prêmio “FIFA The Best”.

A tendência é que a premiação seja virtual. Messi, Cristiano Ronaldo, De Bruyne e Mbappé estão na disputa, mas o favoritismo está entre Neymar e Lewandowski. O polonês é considerado o melhor finalizador do mundo. Em 46 partidas, marcou 55 gols e conquistou dois títulos com o Bayern de Munique na temporada.

Neymar está em seu melhor momento com a camisa do PSG, mas se formos levar em conta os números, fica atrás de Lewandowski. O brasileiro disputou 26 partidas e marcou 19 gols. Por outro lado, mesmo tendo que enfrentar lesões e entrando poucas vezes em campo, Neymar conquistou três títulos na temporada e é o principal responsável pelas jogadas ofensivas do PSG.

Quem leva o prêmio, o camisa 9 do Bayern de Munique ou o camisa 10 do Paris Saint-Germain? Correndo por fora, ainda tem o camisa 7 do PSG, afinal, Mbappé  também fez excelente temporada e pode definir o principal confronto do ano no futebol europeu. O campeão deste domingo terá uma grande vantagem, ainda mais se for o nome da final.

Por Maurício Costa – Repórter da Rádio Nacional 

PSG marcará volta do futebol na França em 24 de julho

A Federação Francesa de Futebol (FFF) e a Liga Profissional da França (LFP)  anunciaram nesta sexta-feira (26) o novo calendário para a temporada 2020-2021. Contudo, ainda há duas partidas do calendário atual que precisam ser disputadas: a final da Copa da França e a final da Copa da Liga Francesa.

Neymar durante treinamento no PSG (Arquivo/C.Gavelle/PSG/via Fotos Públicas)

Durante reunião virtual, as duas entidades esportivas decidiram que o futebol no país retorna no dia 24 de julho, com a final da Copa da França,  entre Paris Saint Germain (PSG) e Saint-Etienne, no Estade de France. Já a final da Copa da Liga Francesa, entre PSG e Lyon, está programada para 31 de julho, também no Stade de France, às 15h45min (horário de Brasília).

Os dois confrontos poderão receber torcedores. O governo francês autorizou a participação de um público máximo de cinco mil pessoas em grandes eventos, estádios e óperas. A liberação vale a partir de 11 de julho, com encerramento no dia 1 de setembro. Contudo, há a possibilidade de relaxamento para a segunda metade de agosto.

De acordo com o jornal francês L’Equipe, o presidente da FFF, Noël Le Graët, pretende liberar 30% da capacidade do Stade de France, cerca de 24 mil torcedores, mas ele revelou que não “teria uma crise” se esse contingente não fosse possível.

Lembrando que a Ligue 1, primeira divisão do Campeonato Francês, decidiu finalizar a temporada  de 2019-2020 durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19), declarando o então líder PSG como campeão. A próxima temporada da Ligue 1 está marcada para começar no dia 23 de agosto, com a última rodada disputada em 23 de maio de 2021. Já a Ligue 2, segunda divisão da França, começa no dia 20 de agosto de 2020 e termina no dia 15 de maio de 2021. 

Por Maurício Costa – Repórter da Rádio Nacional 

Najila Trindade depõe sobre postagens feitas por Neymar

Por  Vladimir Platonow 

A modelo Najila Trindade presta depoimento à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no caso em que acusa o jogador Neymar de divulgar imagens íntimas suas na internet.
(Fernando Frazão/Agência Brasil)

A modelo Najila Trindade prestou depoimento, nesta quarta-feira (11), sobre a publicação de fotos suas no Instagram do jogador Neymar, logo após vir à tona o caso entre os dois, em 1º de junho deste ano. O delegado que preside o inquérito, Pablo Sartori, titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), ouviu Najila e disse que vai pedir a prorrogação do inquérito por mais 30 dias.

Najila chegou à delegacia, que fica na Cidade da Polícia, no início da tarde, e falou com a imprensa pouco depois das 15h, após prestar depoimento. Ela, que ontem foi indiciada por três crimes, no inquérito que corre em São Paulo, considerou que houve preconceito por ser mulher.

“Com certeza. Eu senti ele [preconceito] na pele, todos possíveis. Não tem respeito, eu fui maltratada, humilhada. Hoje eu entendo porque as mulheres se calam. É bem difícil. Eu estou sendo muito forte, porque fere a gente, como mulher, como mãe, como filha”, desabafou a modelo.

Najila sustenta que Neymar, quando gravou um vídeo sobre o caso, em seu Instagram, utilizou fotos dela com intuito de vingança: “Foi um crime óbvio que ele cometeu, de exposição, para me humilhar, para se vingar”.

Perguntada como estava sua vida profissional, a modelo disse que ainda não conseguiu elaborar a respeito, pois primeiramente está tentando se reequilibrar emocionalmente. “Está bem complicado. Não estou tendo vida no momento. Só estou preocupada em me cuidar, em ficar bem emocionalmente e fisicamente, cuidar do meu filho, pois minha família está bem abalada.”

Segundo o delegado que preside o inquérito, o pedido de prorrogação, por mais 30 dias, se deu porque Najila demorou muito a vir depor e também porque o Ministério Público (MP) requisitou informações referentes ao inquérito de São Paulo.

Arquivamento

Neymar durante depoimento em São Paulo, em Julho (TV Band/Reprodução)

O advogado Cosme Araújo, que defende Najila, lamentou o arquivamento, em julho, do inquérito sobre o suposto estupro e disse que causou surpresa o indiciamento feito no inquérito que corre em São Paulo.

“Acho que as coisas vão ainda caminhar de outra forma. O arquivamento do inquérito foi esdrúxulo, não poderia ter acontecido. Mas, infelizmente, é muito difícil uma guerra onde de um lado está a formiga e do outro o elefante. Em termos de desproporcionalidade, em termos de poder econômico e financeiro”, disse Araújo.

O jogador Neymar sempre negou que tenha havido estupro da modelo, em 15 de maio deste ano, em um quarto reservado por ele em um hotel em Paris. O jogador também pagou as passagens de Najila, a quem conheceu pela internet. A defesa de Neymar sustenta que não foi ele quem postou as imagens da modelo em seu Instagram, que teriam sido colocadas por um de seus assessores.

Veja a lista de convocados para amistosos da Seleção

Por Vinícius Lisboa

(Lucas Figueiredo/CBF via Agência Brasil)

O técnico da Seleção Brasileira de Futebol Masculina, Tite, anunciou hoje (16) a lista de 23 jogadores que disputarão os amistosos de setembro, contra o Peru e a Colômbia.

O Brasil enfrentará o Peru em Miami, no Estádio Hard Rock Stadium, no dia 6 de setembro. No dia 10, será a vez do jogo contra a Colômbia, em Los Angeles, no Los Angeles Memorial Coliseum.

A seleção convocada terá como novidades o goleiro Ivan, zagueiro Samir, lateral Jorge, atacante Bruno Henrique e a volta de Neymar que ficou de fora da Copa America por causa de uma lesão no pé.

Confira o elenco convocado por Tite:

GOLEIROS
Éderson – Manchester City (ING)
Ivan – Ponte Preta
Weverton – Palmeiras

DEFENSORES
Daniel Alves – São Paulo
Fágner – Corinthians
Alex Sandro – Juventus (ITA)
Jorge – Santos
Marquinhos – Paris Saint Germain (FRA)
Thiago Silva – Paris Saint Germain (FRA)
Eder Militão – Real Madrid (ESP)
Samir – Udinese (ITA)

MEIAS
Casemiro – Real Madrid (ESP)
Fabinho – Liverpool (ING)
Arthur – Barcelona (ESP)
Allan – Napoli (ITA)
Lucas Paquetá – Milan (ITA)
Philipe Coutinho – Barcelona (ESP)

ATACANTES
Neymar – Paris Saint Germain (FRA)
Vinicius JR. – Real Madrid (ESP)
David Neres – Ajax (HOL)
Roberto Firmino – Liverpool (ING)
Richarlison – Everton (ING)
Bruno Henrique – Flamengo

Encerrada investigação sobre caso Neymar

Por Flávia Albuquerque

delegados falam sobre encerramento das investigações
(Nivaldo Lima/SP Agora)

A delegada Juliana Lopes Bussacos, titular da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, encerrou ontem (29) as investigações sobre as acusações de estupro e agressão feitas pela modelo Najila de Souza contra o jogador de futebol Neymar Júnior. A polícia decidiu não indiciar o jogador de futebol pelos supostos crimes. O relatório da investigação foi encaminhado para o Ministério Público (MP), que terá 15 dias para avaliar a decisão da delegada e elaborar um parecer. As conclusões do MP e da Polícia servirão como base para a decisão judicial.

O inquérito policial foi aberto após boletim de ocorrência realizado no dia 31 de maio por Najila, que contou à delegada que conheceu Neymar por meio de uma rede social e depois de dois meses trocando mensagens, Neymar a convidou para ir a Paris para uma visita, com passagens e estadia pagas. Najila chegou em 15 de maio e à noite do mesmo dia o jogador esteve no quarto dela.

Najila disse que o jogador estava alterado e a forçou a ter relações sexuais, sem usar preservativo, o que Neymar desmente. No dia seguinte, Neymar esteve no mesmo quarto e foi agredido por Najila. A modelo gravou o encontro e alegou que buscava uma prova de que se encontrara com o atleta. Sobre os tapas que deu em Neymar, visíveis em vídeo que vazou durante as investigações, ela disse estar revidando as agressões sofridas no dia anterior.

Segundo a delegada, ao longo da investigação Najila foi ouvida três vezes e Neymar uma vez, além de 12 testemunhas relacionadas ao caso. Entre as provas juntadas ao processo estão o laudo sexológico, o exame de corpo de delito indireto, a ficha de atendimento médico do Hospital Pérola Byington, a ficha de atendimento médico da consulta com o ginecologista particular de Najila em 24 de maio, o laudo do celular de Najila e laudo do tablet do filho da modelo, que foi entregue pelo ex-companheiro da modelo Najila.

“Deliberei por não indiciar o investigado (Neymar) por ausência de elementos para tanto. As imagens do hotel de Paris não chegaram até os autos, mas em razão de todo o conjunto probatório verifiquei que essas não se tratavam de prova imprescindível ao inquérito. O não indiciamento não impede o prosseguimento da persecução penal, que depende do Ministério Público”, disse Bussacos.

De acordo com a Delegada do 11º Distrito Policial, Monique Patrícia Ferreira Lima, que investiga o arrombamento do apartamento de Najila e o roubo do tablet no qual estaria o vídeo que comprova o estupro, foi aberto um inquérito policial que investiga o crime contra o patrimônio. Ainda há uma outra investigação com relação a extorsão e denúncia caluniosa. Ambos os processos estão protegidos por segredo de Justiça.

“Por isso é prematuro dar algum detalhe da investigação ou mencionar qual seria a responsabilização das partes envolvidas. Nós vamos ouvir as partes envolvidas para apurar se houve denunciação caluniosa ou não”, disse Monique.

A reportagem tentou falar com o advogado de Najila Trindade, Cosme Araújo dos Santos, mas não conseguiu contato. O mesmo aconteceu com assessores e advogada de Neymar.

Neymar presta depoimento à Delegacia da Mulher

Por Camila Boehm 

Jogador chega à delegacia (TV Band/Reprodução)

O jogador de futebol Neymar Jr. chegou pouco depois das 15h para prestar depoimento à Polícia Civil, na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), em Santo Amaro, Zona Sul da capital paulista.

Ele é acusado de agressão e estupro pela modelo Najila Trindade Mendes de Souza, durante encontro em Paris no mês passado.

Ontem os advogados do jogador foram à delegacia para combinar o esquema de segurança. Hoje a delegacia ficou fechada para o público geral e quem buscou atendimento foi orientado a ir a outras unidades das DDM.

Para isolar a delegacia, grades foram montadas e cavaletes foram colocados na rua para evitar a circulação de carros. As janelas da delegacia foram cobertas com papel pardo para evitar fotos e gravações em vídeo durante o depoimento. Havia cerca de 30 pessoas aglomeradas no entorno, além dos profissionais da imprensa que aguardam do lado de fora.

Leia Também:

https://spagora.com.br/sem-imagem-delegacia-blinda-janelas-para-ouvir-neymar/

Sem imagem: Delegacia ‘blinda’ janelas para ouvir Neymar

Janelas foram cobertas com pedaços de papel (Nivaldo Lima/SP AGORA)

A Delegacia de Defesa da Mulher de Santo Amaro, na zona sul, usou papel para ‘blindar’ as janelas e impedir que jornalistas gravem imagem da movimentação dentro do prédio durante o depoimento de Neymar. O jogador deve chegar ao local no meio da tarde desta quinta-feira (13).

Najila, em entrevista ao SBT (Youtube/Reprodução)

A Polícia Civil também instalou grades para impedir a aproximação de jornalistas e deve bloquear o trânsito na região para receber o jogador. Neymar é acusado de agressão e estupro pela modelo Najila Trindade Mendes de Souza.

Vai ser o segundo depoimento do jogador à polícia desde que o caso foi tornado público. Jornalistas do Brasil e de veículos internacionais estão na porta da delegacia desde as primeiras horas da manhã.

Com uma contusão na perna, o Neymar tem dificuldade de locomoção e deve chegar à região da delegacia, segundo o G1, de helicóptero.

Imprensa posicionada na porta da delegacia (Nivaldo Lima/SP AGORA)

Mulher que denunciou Neymar depõe à polícia

Por Ludmilla Souza 

(Youtube/Reprodução)

Pouco antes das 12 horas desta sexta-feira (7), a modelo Najila Trindade Mendes de Souza foi à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, para prestar depoimento no caso em que acusa o jogador de futebol Neymar de estupro.

Na entrada, ela não falou com a imprensa e até o momento continua na delegacia. O suposto caso de estupro teria ocorrido no dia 15 de maio deste ano, em Paris, na França.

Najila alega que Neymar a teria agredido e se recusado a manter relações sexuais com preservativo.

Contundido, após ser cortado da Copa América Neymar viajou ao Rio de Janeiro e prestou depoimento ontem (6) no inquérito em que é investigado por divulgar de fotos e diálogos em redes sociais com a modelo que o denuncia por estupro.

O advogado Davi Tangerino, que defende o jogador, disse que tem total confiança na inocência de seu cliente, mas explicou que não poderia dar detalhes sobre o depoimento, porque o inquérito corre em sigilo de Justiça.

“Isto será mostrado nos autos”, disse Tangerino.

Reveja

https://spagora.com.br/assista-modelo-que-acusa-neymar-de-estupro-fala-pela-primeira-vez/