Acidente mata cinco pessoas na Dutra e fecha rodovia

Por Vinícius Lisboa

(PRF)


Um acidente entre um carro e uma carreta sem carroceria deixou cinco mortos hoje (12) na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), na altura de Resende, no sul do estado do Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, morreram os quatro ocupantes do automóvel e o motorista da carreta.

De acordo com as primeiras informações, a carreta atravessou a pista e bateu no carro, que vinha no sentido oposto.

A colisão ocorreu às 13h40, no quilômetro 293 da estrada, que está interditada, no sentido Rio de Janeiro, para realização de perícia.

O congestionamento soma cinco quilômetros. Os nomes dos mortos ainda não foram informados.  

Fuzis são apreendidos entre SP e Rio de Janeiro

Por Alana Gandra

(Agência PRF)


Seis fuzis foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em uma abordagem na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), que liga os estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Segundo informou a PRF, o armamento seria entregue em comunidades do Rio.

O flagrante ocorreu na madrugada deste domingo (6), em Seropédica, região metropolitana do Rio de Janeiro, e resultou em um homem preso, por tráfico de armas.

Os policiais faziam uma ronda na Rodovia Presidente Dutra, quando abordaram o automóvel e pediram ao motorista que apresentasse os documentos obrigatórios. Nesse momento, o homem ficou nervoso e disse que estava indo para o festival Rock in Rio, na capital do estado.

O Grupo de Operações com Cães decidiu recorrer ao K9 Bud, cão especialista no faro de drogas, armas e munições, que indicou a presença de materiais ilícitos no interior do veículo. Ao efetuarem uma busca minuciosa, os policiais encontraram seis fuzis em um compartimento no porta-malas.

Ao ser questionado sobre a mercadoria apreendida, o motorista informou que receberia R$ 8 mil pelo transporte do armamento de Guaíra, no Paraná, para comunidades do Rio de Janeiro. A ocorrência foi encaminhada para a Superintendência da Polícia Federal, na Praça Mauá, localizada na região portuária da capital fluminense.

Romeiro é atropelado e morre a caminho de Aparecida

Por  Elaine Patricia Cruz 

(PRF/Reprodução)

Um romeiro de São José dos Campos (SP), que caminhava pelo acostamento da Rodovia Presidente Dutra (BR-116) e que seguia em direção ao Santuário de Aparecida (SP), morreu atropelado na manhã de hoje (28) por um ônibus da banda Rosa de Saron.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu no km 75,3, por volta das 5h30. O motorista do ônibus da banda contou ter ouvido um estalo e perdido o controle da direção, saindo para o gramado, acabando por atropelar o romeiro.

Por meio das redes sociais, os integrantes da banda Rosa de Saron publicaram uma nota lamentando a morte. Segundo a banda, o ônibus os levava para um evento que ocorreria hoje na cidade de Macaé, no Rio de Janeiro, quando se envolveu no acidente na altura da cidade de Aparecida. Nenhum integrante da banda se feriu.  “Nesse acidente, tragicamente uma pessoa que caminhava nas margens da rodovia foi atingida e infelizmente não resistiu”, diz a nota. “Abalados, mas com o coração em Deus, pedimos a todos que se unam a nós em orações pela família da vítima, a qual abraçamos com nosso luto e pesar”. A banda aproveitou a nota para anunciar que cancelou a apresentação que fariam em Macaé, em respeito ao romeiro.

A reportagem tentou entrar em contato com a concessionária Nova Dutra, que administra a rodovia, mas não obteve sucesso.

Após acidente na Dutra, 12 funcionários da Nissan estão internados

Por  Douglas Corrêa

(PRF)

Dos 28 feridos em um acidente com ônibus que transportada funcionários da multinacional Nissan na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), na manhã de hoje (25), 15 receberam alta, segundo nota divulgada pela empresa.

De acordo com a Nissan do Brasil, 12 pessoas continuam em tratamento em hospitais da região. Além dos trabalhadores da Nissan, o motorista do ônibus ficou ferido e um passageiro não sofreu ferimentos e foi liberado no local.

O ônibus saiu da pista na BR-116, em Barra Mansa, no sul fluminense, e caiu em uma ribanceira, quando seguia para São Paulo. As vítimas foram levadas para a Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa, para o Hospital de Emergência de Resende e para os hospitais da Unimed e Samer, também em Resende.

https://spagora.com.br/onibus-cai-em-ribanceira-na-dutra-e-fere-28-pessoas/

Ônibus cai em ribanceira na Dutra e fere 28 pessoas

Por Ícara Matos

(PRF)

Vinte e oito pessoas ficaram feridas em acidente com um ônibus, no início da manhã de hoje (25), na Rodovia Presidente Dutra (BR_116), que liga o Rio de Janeiro a São Paulo. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o coletivo, que transportava funcionários de uma empresa multinacional fabricante de automóveis, seguia no sentido São Paulo, quando caiu em uma ribanceira na altura do quilômetro 283, em Barra Mansa, no Sul Fluminense.

O ônibus capotou deixando 28 das 29 pessoas que estavam no veículo feridas. Entre as vítimas, 11 ficaram em estado grave e 17 tiveram apenas ferimentos leves, de acordo com a PRF.

As vítimas foram levadas para a Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa, para o Hospital de Emergência de Resende e para os hospitais da Unimed e Samer, também em Resende.

(PRF)

Ponte na Marginal Tietê é liberada para veículos

(Leon Rodrigues/Prefeitura de SP)

O trânsito na ponte da Marginal Tietê que dá acesso à Rodovia Presidente Dutra foi liberado nesta segunda-feira (17). A via estava totalmente  interditada desde 23 de janeiro, quando foi constatado o rompimento de uma viga. 

As intervenções foram concluídas oito dias antes do prazo previsto, sob a responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB).

“Nesta ponte, são 1.800 veículos por faixa, por hora. São inúmeros carros que utilizam essa ponte diariamente. Foram gastos R$ 7 milhões e a gente continua o trabalho de avaliação das pontes de São Paulo”, acrescentou o prefeito Bruno Covas. “Ao todo, 16 laudos já foram entregues à Prefeitura e espero em 30 dias poder disponibilizar esses laudos a toda população. E amanhã sai uma nova licitação para outras 17 pontes e viadutos para que possamos fazer esses laudos. Não está andando na velocidade que gostaríamos porque não temos empresas suficientes que executam esse trabalho”, informou o prefeito.

O laudo estrutural, que apontava o rompimento da viga de apoio da estrutura no pilar, junto à margem esquerda do rio Tietê, foi emitido pela empresa Concremat Engenharia e Tecnologia S.A. O documento foi enviado à Prefeitura em 22 de janeiro e a SIURB solicitou à Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) a interdição completa da via, garantindo a segurança dos motoristas.

Em 25 de janeiro, a SIURB emitiu a ordem para que a empresa G2O Gerenciamento e Obras Ltda. iniciasse a recuperação estrutural da ponte.  Para avaliar se a via apresentava outras deformações e movimentações após o rompimento da viga, a empresa realizou testes de carga com caminhões na estrutura em 8, 9 e 10 de março.

Para a reabilitação estrutural da ponte foram substituídos os aparelhos de apoio (material localizado entre a cabeça do pilar e a viga) dos pilares 3 e 6, recuperação de fissuras e trincas por meio de injeção de resina e remoção do excesso de argamassa da laje superior do tabuleiro (área onde passam os carros). Também foi executado reforço por protensão (cabos de aço tensionados) nos vãos 4 e 6, aplicação de fibra de carbono para reforço do vão 5 e recomposição das duas juntas de dilatação.

 Para conclusão das edificações, toda extensão da via recebeu nova pavimentação asfáltica, pintura da sinalização horizontal e vertical, e  novo sistema de drenagem. O valor estimado das intervenções é de R$ 7 milhões, custeados pelo tesouro municipal.

Outras intervenções

O Programa de Metas da Prefeitura prevê a realização de inspeção especial de 185 Obras de Arte Especiais (OAE), além da execução de manutenção e recuperação de 50 pontes, viadutos, passarelas ou túneis. Já foram vistoriadas 73 OAE.

Desde 22 de março, a Prefeitura recebeu 16 dos 18 laudos estruturais contratos em caráter emergencial. Os dois restantes serão entregues até 13 de agosto. A SIURB trabalha na análise dos relatórios para definir quais obras deverão ser executadas.

Outros 55 laudos para definir a situação de pontes e viadutos serão contratados por meio de licitação pública.  A SIURB lançou em março a licitação para a contratação de laudos estruturais de 17 pontes e viadutos que, após as vistorias visuais realizadas pela SPObras não caracterizaram a necessidade de emergências. Para atender a solicitações feitas pelo mercado, o edital foi revogado em 5 de junho e será republicado nesta terça-feira (18).

A Ponte Jânio Quadros (Vila Maria) foi parcialmente interditada em 29 de maio, para realização de reparos emergenciais de recuperação de quatro vigas danificadas pela sucessiva colisão de caminhões que não respeitam o limite de altura permitido. Os danos foram constatados a partir do laudo estrutural da ponte. Os trabalhos de recuperação começaram em 31 de maio e serão concluídos em 180 dias.

Atendendo recomendação da empresa que elaborou o laudo técnico do Viaduto General Olímpio da Silveira, no dia 18 de abril foi proibida a circulação de veículos com carga superior a cinco toneladas no viaduto, atingido inúmeras vezes por caminhões que trafegam com altura superior ao permitido no local.

A Ponte da Casa Verde teve o trânsito de veículos liberado na pista da direita, sentido centro, no último dia 22. A via estava parcialmente interditada desde 21 de fevereiro, após a estrutura ter sido atingida por dois caminhões em menos de 48 horas. A  recuperação das vigas teve início em 25 de fevereiro e foi finalizada neste fim de semana, dentro do prazo estabelecido. 

A faixa da direita da Ponte da Freguesia do Ó, sentido Centro, foi interditada em 22 de fevereiro. A decisão foi tomada pela SIURB após a empresa EGT Engenharia Ltda., responsável pelo laudo estrutural da via, apontar que a estrutura estava suportando peso acima das especificações para a qual foi projetada. As reformas tiveram início em março e foram concluídas na última quarta-feira, quando a ponte foi totalmente liberada para o tráfego.

As obras emergenciais do viaduto da Marginal Pinheiros, que cedeu em novembro do ano passado, foram concluídas em 16 de março e o tráfego de veículos liberado no local. Para recuperar o viaduto, foram aplicadas fibras de carbono no tabuleiro (pista), material mais resistente e durável que substitui o aço. Também  foi recuperada a junta de dilatação e substituídos os aparelhos de apoio de dois pilares. O investimento nos trabalhos de recuperação foi de R$ 19,9 milhões. A SIURB publicou edital de licitação para os reparos complementares do viaduto, mas revogou o certame para atender às solicitações do Tribunal de Contas do Município. Um novo edital está sendo elaborado.

*com informação da Prefeitura de São Paulo

Mais de 1,6 milhão de veículos vão deixar a grande SP no feriado

As rodovias paulistas sob concessão devem ter tráfego mais intenso a partir das 13 horas de quinta-feira (18), devido ao feriado de Sexta-Feira Santa (dia 19). A estimativa é de que 1,6 milhão de veículos deixem a Grande São Paulo com destino ao Interior e Litoral Paulista.

O maior movimento na saída para o feriado deve ocorrer nessa hoje a partir das 13h até as 22h. Na sexta-feira (19), o movimento deve começar a se intensificar a partir das 6h e permanecer carregado até as 14h. As concessionárias irão reforçar as equipes de atendimento aos usuários devido ao aumento da demanda prevista para o feriado.

Para viajar com conforto e segurança, alguns cuidados são importantes e começam antes mesmo de sair de casa. Verificar os freios, amortecedores, luzes, óleo e pneus, inclusive a calibragem, são condições básicas para pegar a estrada. Os níveis da água do radiador e do limpador de para-brisa também devem ser checados.

É importante manter a documentação do veículo e do motorista em dia. Além disso, o condutor não deve esquecer os equipamentos obrigatórios como macaco, chave de roda, triângulo para sinalização e estepe. É essencial que o motorista descanse no dia anterior à viagem e consuma alimentos leves para evitar a sonolência. Os viajantes também devem avaliar a melhor rota e, sempre que possível, evitar os horários de pico.

É importante, também, ter anotado num papel ou gravado no celular o telefone 0800 de atendimento das concessionárias responsáveis pelas rodovias que for utilizar.

Infraestrutura reforçada

Em todas as rodovias concedidas haverá reforço no monitoramento, operação e manutenção dos equipamentos, como call box, câmeras de TV, painéis de mensagem, veículos de apoio e equipes técnicas. Também está previsto aumento no número de guinchos, ambulâncias e veículos operacionais em geral, além da implantação da operação “papa-fila” nos pedágios para agilizar a passagem nas cabines de cobrança manual, quando necessário. Os sites das concessionárias terão disponíveis, em tempo real, as condições de tráfego do trecho administrado da rodovia. O trabalho é desenvolvido também em parceria com a Polícia Militar Rodoviária.

ANCHIETA-IMIGRANTES

A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), prevê que entre 180 mil e 290 mil veículos sigam para a o Litoral entre quinta-feira (18) e domingo (21). A concessionária espera aumento de fluxo no SAI sentido Litoral na quinta-feira, quando será implantada a Operação Descida (7×3) a partir das 16h, com previsão de permanência até 1h de sexta-feira (19). A operação deve ser retomada no própria sexta-feira das 6h às 12h. Durante a operação, os veículos que seguem sentido Litoral podem usar as pistas sul e norte da Rodovia Anchieta (SP-150) e a pista sul da Rodovia dos Imigrantes (SP-160). A subida da serra será feita pela pista norte da Imigrantes.

Para o retorno do fim de semana prolongado, o tráfego deve se intensificar no domingo (21) a partir das 10h, quando está prevista a implantação da Operação Subida (2×8). Nessa operação, a subida será feita pelas duas pistas da Imigrantes e pela pista norte da Anchieta. A descida da serra será somente pela pista sul da Anchieta. A previsão é de que a operação permaneça até meia-noite. Cabe destacar que a inversão de sentido das rodovias do SAI ocorre apenas no trecho de Serra, entre o km 40 e o km 55 da Anchieta e entre o km 40 e 57 da Imigrantes.

AYRTON SENNA

Para quem vai viajar para a região do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Rio de Janeiro, a Rodovia Ayrton Senna (SP-070) deve ter movimento intenso entre as 15h e 18h de quinta-feira (18) e entre 6h e 12h de sexta-feira (19). Cerca de 208 mil veículos devem deixar a Região Metropolitana de São Paulo pela Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Para o retorno do fim de semana prolongado, a previsão é de tráfego intenso entre as 11h e 20h de domingo (21).

TAMOIOS

A previsão é de que o pico de tráfego se concentre entre 14h e 20h de quinta-feira (18) e entre 6h e 14h de sexta-feira (19) na Rodovia dos Tamoios (SP-099). A Concessionária Tamoios estima que 155 mil veículos passem pela rodovia no fim de semana prolongado do feriado. Na quinta-feira será iniciada a operação especial do feriado, com previsão de implantação de faixa adicional no Trecho de Serra (do km 67 ao km 81) a partir das 13h para atender o aumento da demanda. As obras de duplicação da rodovia serão interrompidas na quinta-feira a partir das 12h. Para o retorno do feriado, a pista de subida volta a sua configuração normal, com duas faixas, e a de descida fica com uma faixa. A previsão, para a volta, é de intensificação do tráfego entre 12h e 22h de domingo e das 7h às 12h de segunda-feira.

ANHANGUERA-BANDEIRANTES

Os motoristas que forem viajar para o Interior pelas rodovias Anhanguera (SP-330) e Bandeirantes (SP-348) devem evitar o período entre 15h e 20 de quinta-feira (18) e 9h e 14h de sexta-feira (19), horários em que a concessionária AutoBAn estima que haverá tráfego mais intenso. No fim de semana prolongado, devem passar pelas rodovias 690 mil veículos. No retorno do feriado o pico de tráfego é previsto para o período entre as 12h e 21h de domingo.

Na sexta-feira e no domingo das 14h às 22h, os caminhões com destino à cidade de São Paulo pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) devem utilizar a Anhanguera (SP-330) no trecho entre o km 48 e o km 23, entre Jundiaí e São Paulo. O acesso a SP-330 deve ser feito pela saída 48 da Bandeirantes. O desvio será implantado para melhorar a distribuição do tráfego e, assim, otimizar a fluidez em ambas as rodovias.

CASTELLO-RAPOSO

Rodovia Castello Branco (Diogo Moreira/Governo de SP/Reprodução)

Segundo estimativa da concessionária ViaOeste, que administra o Sistema Castello-Raposo, na saída de São Paulo, o motorista deverá enfrentar tráfego intenso na quinta-feira (18) entre 13h e 22h e na sexta-feira (19), das 10h às 14h. A estimativa da concessionária é de que 508 mil veículos trafeguem nas rodovias Castello Branco (SP-280) e Raposo Tavares (SP-270)no fim de semana prolongado. Para o retorno do feriado, a previsão é de tráfego intenso no domingo (21), das 12h às 23h.

EMERGÊNCIAS

É importante ter em mãos os telefones de atendimento das operadoras das rodovias e da Polícia Militar Rodoviária para eventuais emergências. O serviço de ajuda ao usuário, prestado pelas concessionárias de rodovias, é gratuito e está disponível 24 horas todos os dias nos 8,4 mil quilômetros de rodovias concedidas paulistas. O atendimento auxilia desde uma simples troca de pneu até a remoção de vítimas de acidentes e prestação de primeiros socorros.

Abaixo, os contatos de emergência da Artesp, DER, DERSA, Polícia Rodoviária e das concessionárias que administram a malha rodoviária paulista:

AUTOBAN                            0800.055.55.50

AUTOVIAS                            0800.707.9000

CART                                     0800.773.0090

CENTROVIAS                      0800.17.89.98

COLINAS                              0800.703.5080

ECOPISTAS                          0800.777.0070

ECOVIAS                              0800.19.78.78

ENTREVIAS                          0800 3000 333

INTERVIAS                           0800.707.1414

RENOVIAS                           0800.055.96.96

RODOANEL OESTE            0800.773.6699

RODOVIAS DO TIETÊ          0800.770.3322

ROTA DAS BANDEIRAS      0800.770.8070

SPMAR                                  0800.774.8877

SPVIAS                                  0800.703.5030

TEBE                                      0800.55.11.67

TRIÂNGULO DO SOL           0800.701.1609

TAMOIOS                              0800.545.0000

VIAOESTE                             0800.701.5555

VIARONDON                        0800.729.9300

VIAPAULISTA                        0800.001.1255

ARTESP                                 0800.727.83.77

DER                                       0800.055.55.10

DERSA                                   0800.7266.300

POLÍCIA MILITAR RODOVIÁRIA SP (11) 3327-2727

Viagens de ônibus

Quem for viajar com os ônibus do transporte intermunicipal deve ficar atento à segurança e nunca contratar empresas clandestinas. A fiscalização nas rodovias será intensificada para coibir os irregulares. O serviço clandestino expõe os passageiros a vários riscos, uma vez que o veículo não é vistoriado para esse fim e não há garantia de que o motorista seja devidamente habilitado.

A Artesp fiscaliza as questões mecânicas e de conforto da frota cadastrada. Os passageiros que encontrarem irregularidades podem entrar em contato com a Ouvidoria da Artesp (fone 0800.727.83.77 ou email [email protected]).

Nas viagens rodoviárias, o passageiro deve manter-se sentado e com cinto de segurança. Também é importante não carregar objetos pontiagudos ou cortantes. As bagagens de mão devem ser acomodadas no porta-embrulhos e as maiores, no bagageiro.

Rodovias têm trânsito tranquilo na volta do carnaval

Por Fernanda Cruz

Rodovia Castello Branco (Arquivo/Diogo Moreira/Governo de SP/Reprodução)

As principais rodovias paulistas apresentam trânsito normal durante a manhã de hoje (6), quarta-feira de cinzas. A previsão da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) é que o tráfego em direção à capital paulista, de veículos que retornam do carnaval, aumente entre as 10h e as 18h.

No Sistema Anhanguera-Bandeirantes, que leva ao interior paulista, foi registrada a passagem de 769 mil veículos durante o feriado. A Concessionária AutoBan atendeu a 84 acidentes, com 35 feridos e uma morte.

O Sistema Anchieta-Imigrantes, que leva ao litoral paulista, tem tráfego normal e boa visibilidade no trecho de serra. A Interligação Planalto está bloqueada no sentido litoral, por causa da Operação Subida. Os veículos que sobem podem utilizar as pistas norte da Anchieta, além da norte e sul da Rodovia dos Imigrantes. A descida é feita apenas pela pista sul da Via Anchieta. Os caminhões e ônibus com destino a São Paulo só podem usar o trecho de serra da Via Anchieta.

Na cidade de São Paulo, o motorista encontra boas condições de tráfego, praticamente sem congestionamentos no início da manhã. O Rodízio Municipal de Veículos foi suspenso hoje, mas volta a vigorar amanhã.

Acesso à Dutra: Empresas trabalham na ponte interditada

Sinalização no local alerta sobre a interdição da ponte (Leon Rodrigues/Prefeitura de São Paulo)

Duas empresas trabalham na ponte sobre o Rio Tietê que interliga a Marginal à pista expressa da Rodovia Presidente Dutra, na zona leste de São Paulo. Uma delas atua na elaboração de um laudo sobre o problema e a outra na recuperação da viga.

“Somente quando for verificado o exato dano ocorrido na ponte é que poderemos saber qual a obra que será feita e dar uma estimativa de prazo”, disse o prefeito de São Paulo, Bruno Covas.

(Leon Rodrigues/Prefeitura de São Paulo)

A ponte foi interditada na tarde de quarta-feira (23) após o rompimento de uma viga ser detectado. A estrutura é responsabilidade do Governo Federal.

Ainda não há prazo para a liberação. Como opção, o motorista pode usar o acesso à Rodovia Fernão Dias ou à pista local a Dutra.

De São Paulo para o Rio: PRF encontra maconha escondida em camas

Douglas Corrêa/Agência Brasil

(Agência PRF/Reprodução)

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam hoje (3) uma tonelada de maconha prensada durante uma fiscalização na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Vigário Geral, zona norte do Rio de Janeiro. A droga estava escondida dentro de camas transportadas por um caminhão tipo baú. A droga seria entregue em comunidades da zona norte controladas pelo tráfico de drogas.

Equipes da PRF faziam uma blitz na altura do Trevo das Margaridas, na saída da Via Dutra, quando mandaram o motorista de um caminhão tipo baú parar para ser vistoriado. O motorista desobedeceu a ordem e iniciou uma fuga em direção à Avenida Brasil. Depois de colidir na mureta da pista lateral, o homem pulou do veículo em movimento e correu na direção de um matagal. O motorista foi alcançado e apresentava diversas escoriações pelo corpo por causa da queda.



Em uma consulta aos sistemas de segurança pública, os policiais verificaram que o motorista já havia sido preso por estelionato e porte ilegal de arma. Logo em seguida, durante uma revista, foram encontrados os tabletes de maconha. O entorpecente estava escondido dentro de camas. O motorista, de 53 anos, confessou que trazia a droga de São Paulo para ser entregue na zona norte do Rio. A maconha abasteceria comunidades da região.

O caso foi encaminhado à Superintendência Polícia Federal, onde o motorista foi indiciado por tráfico de entorpecentes e encaminhado para um presídio do estado, onde ficará à disposição da Justiça Federal, aguardando julgamento.