Manutenção no sistema afeta abastecimento de água no ABC

A Sabesp realiza na noite deste sábado (09) e madrugada de domingo uma manutenção preventiva na Estação de Tratamento de Água (ETA) Rio Grande, segundo o Governo do Estado, para melhoria no sistema de abastecimento.

Os trabalhos começaram às 19h e devem ser concluídos às 3h do domingo, quando o fornecimento de água passará ser normalizado gradativamente. Os serviços são realizados neste horário, de menor consumo de água, para minimizar os reflexos no abastecimento.

A intervenção afeta o abastecimento dos municípios de São Bernardo do Campo e Diadema.

Em Santo André, serão afetados os seguintes bairros: Paraíso, Vila Dora, Vila Boa Vista, Jardim Bela Vista, Vila Alice, Vila Valparaíso, Vila Floresta, Vila Pinheirinho, Vila São João, Vila Scarpelli, Jardim Ocara, Parque Bandeirante, Vila Apiaí, Jardim Cambuí, Jardim Oriental, Jardim Jamaica, Vila Eldízia, Centro, Vila Leopoldina, Vila Marina, Vila Bela Vista, Jardim Alvorada, Vila Alzira, Jardim Bom Pastor, Jardim Stella, Jardim Pilar, Vila Assunção, Vila Gilda, Vila Pìres, Vila Silvestre, Vila Cecília, Maria, Vila Helena, Vila Linda, Vila Junqueira, Jardim Telles de Menezes, Jardim do Estádio, Jardim Las Vegas, Vila Vitória, Jardim Guilhermina, Jardim Milena, Jardim Santa Cristina, Jardim Aclimação, Vila Luzita, Vila Guarará, Vila Mazzei, Jardim Europa, Vila Lutécia, Jardim Irene, Jardim Cipestre, Sítio dos Vianas, Jardim Guarará e Cata Preta.

“Os imóveis que dispõem de caixa-d’água com reserva mínima para 24 horas, como determina o decreto estadual 12.342/78, não sentirão o período de intermitência. A Sabesp pede que a população use de forma consciente a água dos reservatórios, evitando desperdício, e agradece a compreensão”, diz nota do Governo do Estado.

Serviço

Telefones de emergência: 195 e 0800-011-9911.

Após assalto, suspeito é morto pela PM

Após assaltar e agredir uma motorista, um suspeito foi morto em troca de tiros com a Polícia Militar, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. A vítima foi atacada no final da noite de ontem (15) no estacionamento de uma cooperativa de consumo, na Avenida Presidente João Café Filho, Parque Espacial.

A mulher fez compras no estabelecimento e, assim que entrou no carro surgiram dois ladrões a pé e anunciaram o assalto. Bastante nervosa, ela se atrapalhou no momento de soltar o cinto de segurança, o que irritou os criminosos, que passaram a agredi-la.

Toda a ação foi presenciada por testemunhas, que acionaram a PM. Assim que os bandidos partiram, levando o veículo, a mulher acionou o dispositivo de segurança que corta o combustível. O automóvel percorreu aproximadamente 100 metros apenas e parou na esquina com a Rua Vitorino Silva.

Os assaltantes desceram e decidiram fugir a pé, mas foram surpreendidos pela chegada da PM. Um dos ladrões conseguiu escapar. Já o comparsa dele pulou um muro de uma casa e tentou se esconder no local. Os militares cercaram a residência e ainda negociaram a rendição, mas o bandido teria efetuado disparos contra os policiais.

Ele acabou sendo baleado e morreu antes mesmo da chegada da equipe do SAMU. Os Pms saíram ilesos. O caso foi registrado no Terceiro Distrito Policial  como “morte decorrente de intervenção policial” e vai ser investigado pelo SHPP, o Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa, da Delegacia Seccional de de São Bernardo do Campo.

*Com informações de Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

GCM é baleado durante assalto

Um guarda civil municipal foi assaltado e baleado por criminosos em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Atingido por dois disparos, Fagner Silva Marinho, de 38 anos, está internado, mas fora de perigo.

De acordo com a Polícia Militar, o GCm estava de folga e à paisana quando foi atacado no início da noite de ontem (9) na Estrada da Cama Patente, no Parque Esmeralda. Ele seguia de moto para casa quando foi abordado por dois bandidos, que também ocupavam uma motocicleta.

O piloto emparelhou com o veículo do guarda municipal, e o garupa, armado com um revólver calibre 38, anunciou o assalto, provavelmente sem saber que que se tratava de um agente público. O Gcm teria tentado reagir, sacando uma das pistolas que carregava consigo, mas acabou sendo atingido por dois disparos.

Após atirar, os criminosos fugiram levando a motocicleta e as duas armas da vítima. Na fuga, o ladrão deixou cair o revólver usado no assalto, que foi encontrado e recolhido posteriormente pela Guarda Civil Municipal. 

Atingido no abdômen e na perna direita, o Gcm Marinho foi socorrido pelo SAMU e encaminhado à UPA no Bairro dos Alvarenga. Dali, ele foi transferido para o Hospital Estadual Mario Covas, em Santo André,  onde passou por cirurgia. 

Equipes da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar ainda fizeram uma busca pela região, mas os bandidos não foram encontrados. O assalto foi registrado Terceiro Distrito Policial de São Bernardo do Campo.

Por Paulo Édson Fiore – Repórter da Jovem Pan

Veja essa e outras notícias no canal do Youtube do repórter Paulo Édson Fiore, da rádio Jovem Pan.

PM descobre esquema de desmanche de motos roubadas

A Polícia Militar descobriu um esquema de desmanche de motos roubadas que funcionava em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Os PMs chegaram até o local, na Vila São Pedro, após prender três suspeitos.

Durante patrulhamento, pms do 10º Batalhão, de Santo André, abordaram três homens em uma comunidade do Jardim São Pedro e encontraram com os suspeitos placas de motocicletas roubadas.

Segundo os policiais, eles confessaram que roubavam veículos e utilizavam as peças para equipar e adulterar outras  motos. O desmonte era realizado no imóvel localizada em São Bernardo, município vizinho, onde as peças eram também estocadas.

Os detidos foram encaminhados ao 6º Distrito Policial de Santo André e autuados em flagrante.

*Com informações de Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Poupatempo Sé e Itaquera retomam atendimento nesta quarta

O Poupatempo vai retomar atendimento a partir desta quarta-feira (19) em oito unidades. A partir de hoje (18), os agendamentos já podem ser feitos.

(Alexandre Moreira/Gov. do Estado de SP)

Os agendamentos para serviços nos postos da Sé e Itaquera (capital), São Bernardo do Campo e Mauá (Região do ABC Paulista), Mogi das Cruzes (Alto Tietê), Santos e Guarujá (Baixada Santista) e Bauru (interior) deverão ser feitos pelo portal. O cronograma de reabertura do Poupatempo será semanal e a grade ficará disponível sempre um dia antes.

Na reabertura das unidades, a prioridade é para os serviços que exigem atendimento presencial, como a expedição de RG e a primeira emissão de CNH, por exemplo.  Os demais continuam mantidos de forma remota. Juntos, site e aplicativo Poupatempo Digital oferecem mais de 80 opções online, sem sair de casa. Outra novidade é que o Poupatempo passa a incorporar todos os atendimentos do Detran.SP.

Para garantir a segurança da população e colaboradores, serão adotadas medidas de controle de acesso, distanciamento social e higienização.

“A preocupação com a saúde de quem tem a necessidade de ir ao Poupatempo neste momento é fundamental para que possamos dar continuidade aos serviços presenciais. Por isso, a reabertura das nossas unidades será feita de forma gradual e consciente, seguindo todas as recomendações sanitárias”, explica Murilo Macedo, diretor da Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo que administra o Poupatempo.

O retorno seguirá as diretrizes do Plano São Paulo, com flexibilização permitida apenas para cidades que estiverem nas fases laranja e amarela, e com fluxo de pessoas equivalente a 30% da capacidade de cada unidade.

Mutirão do RG 

Nesta segunda e terça-feira (dias 17 e 18 de agosto), o Poupatempo promove um mutirão de RG nas unidades da Sé, no centro, e Itaquera, na zona leste. Nos dois dias de ação serão atendidas cerca de 3 mil pessoas nos dois postos. As vagas para agendamento foram esgotadas no sábado (15).

Para ser atendido na data e horário marcados, o cidadão precisa comparecer aos postos com a Certidão de Nascimento ou Casamento original e cópia simples, ou mesmo com o RG anterior, caso tenha sido emitido no Estado de São Paulo. Já os menores de 16 anos devem estar acompanhados por um dos pais ou responsável legal, portando um documento de identificação com foto.

Caso não seja possível, basta o responsável assinar uma autorização, que pode ser acessada pelo link http://bit.ly/2txpHQY, para ser apresentada no ato do atendimento, junto com documento de identificação do responsável, com a mesma assinatura.

Homem que levava droga em bolsa é preso

(Polícia Militar/Reprodução)

Um homem foi preso em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, enquanto fazia o transporte de droga. A descoberta aconteceu durante um a abordagem de rotina no bairro Ferrazópolis.

Durante a revista, os policiais encontraram dentro da bolsa 300 porções de cocaína, 237 porções de crack e 37 porções de maconha. O suspeito, que não teve o nome divulgado, foi levado para o primeiro distrito policial da cidade. Ele foi autuado em flagrante por tráfico. O caso aconteceu sábado (4).

*Com informações da Polícia Militar

Depois da Capital, ABC quer antecipar feriado

São Bernardo do Campo (Pref. de S. Bernardo/Reprodução)

Os prefeitos dos sete municípios que compõe o Grande ABC, na região metropolitana de São Paulo, decidiram hoje (19) enviar projetos de lei às câmaras municipais para antecipar o feriado de Corpus Christi para a próxima sexta-feira (22). A decisão busca aumentar o isolamento social na região.

Megaferiado

Ontem (18), os vereadores da capital paulista aprovaram, em sessão extraordinária virtual, a autorização para que o Executivo antecipe feriados municipais devido à pandemia do novo coronavírus. A prefeitura definiu como novas datas para o Corpus Christi e Consciência Negra para as próximas quarta-feira (20) e quinta-feira (21).

A ação acontece em acordo com o governo estadual, que antecipou para a próxima segunda-feira (25) o feriado estadual da Revolução Constitucionalista, celebrado em 9 de julho. Na sexta-feira (22), a capital paulista e o governo estadual vão decretar ponto facultativo para o serviço público municipal e estadual, criando seis dias de feriado estendido.

O plano pretende criar recesso em vários dias para que o isolamento social ultrapasse os 55%. O índice de pessoas que permanece em casa só tem ultrapassado os 50% nos fins de semana. No último domingo (17), o sistema que mede a movimentação da população no estado de São Paulo a partir dos aparelhos celulares indicou uma adesão de 54% à quarentena. Na sexta-feira (15), o percentual foi 47%.

Pagamento do auxílio

Segundo o prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão, atual presidente do consórcio do Grande ABC, não foi possível chegar a um acordo que fizesse o megaferiado coincidir em todas as 39 cidades da região metropolitana. “Infelizmente, não houve um consenso entre as 39 cidades”, enfatizou após a videoconferência com representantes de todos os municípios e do governo estadual.

O ponto que mais pesou na decisão, de acordo com Maranhão, foi o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial. “Essa semana é semana de pagamento da Caixa Econômica Federal”, ressaltou sobre o posicionamento de manter o atendimento bancário pelo menos até quinta-feira (21).

Por isso, com a aprovação dos vereadores, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra devem ter feriado municipal apenas na próxima sexta-feira (22).

Por Daniel Mello – Repórter da Agência Brasil 

Estado supera mil mortes por Coronavírus

O estado de São Paulo registra 1.015 mortes causadas por coronavírus, segundo balanço divulgado hoje (19) pela Secretaria Estadual de Saúde. Foram registradas mortes em 93 cidades do estado. Há 700 óbitos notificados na capital paulista, 28 em Guarulhos, 27 em Osasco e 20 em São Bernardo do Campo. Fora da Grande São Paulo, Santos, no litoral, é a cidade com mais óbitos, com 19 vítimas da doença.

A maior parte das mortes (78,7%) está concentrada na faixa etária de 60 anos ou mais. As comorbidades mais presentes são as doenças do coração (62,9%), diabetes mellitus (42,8%) e as doenças pulmonares (14,7%).

Internações

Atualmente, 5,6 mil pessoas estão internadas com confirmação ou suspeita de covid-19. Desses, 2,3 mil estão em unidades de tratamento intensivo.

Já foram confirmados 14,2 mil casos da doença em 228 municípios paulistas. A capital paulista responde por 9,6 mil infecções.

Entre os doentes, 3,8 mil têm entre 30 e 39 anos e 3,1 mil estão na faixa de 40 a 49 anos. Os pacientes com idades entre 50 e 59 anos somam 2,2 mil casos.

Por Daniel Mello – Repórter da Agência Brasil 

Veja as cidades de SP com mortes por Coronavírus

(Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

São Paulo registrou neste domingo (5) um total de 275 óbitos pelo novo coronavírus. Os números significam um aumento de 180% em comparação ao balanço do domingo passado (29), quando eram 98 vítimas fatais pela covid-19 Já o número de casos confirmados pela doença chegou a 4.620.

Os óbitos concentram-se em 33 cidades, com maior número na grande São Paulo, mas, crescem os números no interior do estado. Hoje,foi confirmada a primeira morte em Bauru. Também há pelo menos uma vítima em cada uma das regiões de Araçatuba, Ribeirão Preto, Campinas, Baixada Santista, Presidente Prudente e Sorocaba.



Os municípios e respectivos números de mortes são: São Paulo (220), Guarulhos (5), São Bernardo do Campo (5), Campinas (4), Santo André (3), Cotia (3), Osasco (3), Taboão das Serra (3).

Americana, Mairiporã, Santos e Sorocaba têm duas mortes cada cidade. Há ainda um óbito confirmado em cada uma das seguintes cidades: Arujá, Barueri, Bauru, Caieiras, Carapicuíba, Cravinhos, Diadema, Dracena, Embu das Artes, Francisco Morato, Franco da Rocha, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jaboticabal, Mogi das Cruzes, Nova Odessa, Penápolis, Ribeirão Preto, São Caetano do Sul, São Sebastião e Vargem Grande Paulista.

Segundo o portal do governo do estado, as 275 vítimas somam 157 homens e 118 mulheres. Do total, 236 tinham idade igual ou superior 60 anos. As demais incluem pessoas com menos de 60 com comorbidades que, assim como os idosos, representam grupo mais vulnerável a complicações da covid-19.

Por Ludmilla Souza – Repórter da Agência Brasil 

*Atualizado às 10h19

Cidades do ABC compram 1 milhão de testes de Covid-19

(Arquivo/Michael Schwenk/Fotos Públicas)

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC, que reúne prefeitos da região, anunciou a compra de 1 milhão de kits para testes de covid-19. A remessa será dividida proporcionalmente, conforme o total de habitantes, entre os municípios representados, que são: Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Em nota, a entidade destaca que a aquisição permitirá aplicar os testes em 36% da população da região. A previsão é de que a compra seja feita até o fim da semana, de modo que o material esteja disponível até a segunda quinzena de abril. Com um custo de US$ 0,80 por kit, o valor estimado da compra é R$ 4,8 milhões e será coberto por recursos do Fundo Municipal de Saúde.

Outra decisão tomada é o lançamento de um programa emergencial de combate à fome nos sete municípios, que deverá ocorrer ainda esta semana. Ao todo, serão distribuídas 20 mil cestas básicas e kits de higiene. A medida foi sugerida após os prefeitos avaliarem que “a ajuda financeira do governo federal será insuficiente para atender a todas as pessoas”. Atualmente, cerca de 80 mil famílias da região estão cadastradas no Bolsa Família.

Diálogo com governo federal

O grupo de prefeitos também informou que irá remeter um documento ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em que pede orientações sobre quais procedimentos devem ser adotados frente à pandemia. O discurso do presidente Jair Bolsonaro, em defesa da suspensão das medidas de isolamento social, recomendadas por inúmeros especialistas, incluindo a Organização Mundial da Saúde (OMS), tem preocupado os membros do consórcio. Os prefeitos reconhecem que “questionam se o governo federal assumirá também as responsabilidades no caso dessa determinação provocar mais óbitos”.

O consórcio também adianta que solicitará ao governo federal um estudo que lhes dê subsídio necessário para mensurar a capacidade de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS), a fim de evitar o colapso da rede. A possibilidade de sobrecarga do SUS foi alertada pelo próprio ministro, no início da pandemia.

De acordo com balanço apresentado pelo Ministério da Saúde, até a tarde desta segunda-feira (30), o Brasil contabilizava 4.579 casos confirmados de covid-19. O total de mortes chega a 159. O sudeste concentra mais da metade (55%) das infecções pelo coronavírus, sendo que o estado de São Paulo responde por 1.517 dos registros e 113 óbitos.

Por Letycia Bond – Repórter da Agência Brasil