Polícia

PF cumpre mandados em investigação sobre roubo em Viracopos

A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão, hoje (6), em Indaiatuba e Campinas, para apurar lavagem de dinheiro em uma investigação sobre o roubo de cinco milhões de dólares, no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. O roubo aconteceu em março de 2018.

A investigação resultou na expedição de três mandados de busca e apreensão pela 1ª Vara Federal de Campinas, “com o objetivo de obter novos elementos probatórios da destinação do dinheiro roubado”.

“Na primeira fase da operação, descortinou-se uma associação de pessoas, de maneira estruturada e ordenada, que dissimularam a origem do patrimônio, com a utilização de diversos subterfúgios para a execução do crime, como compra e venda de imóveis, aquisição de veículos e a criação de uma empresa de transportes em Paulínia/SP, para circulação de recursos”, diz nota.

(PF/Reprodução)

Nesta nova fase, os agentes focam na ocultação do dinheiro do roubo por meio da aquisição de um imóvel residencial em Campinas e por meio de repasse de “quantias vultosas a dois sócios ocultos da referida empresa, que, em período subsequente ao roubo (entre julho/2019 e novembro/2021), movimentou aproximadamente R$ 10 milhões. O imóvel foi adquirido pelo principal investigado e transmitido para o nome de familiares”.

Siga nosso canal no Whatsapp

Até o momento, foram identificadas e estão sendo investigadas nove pessoas físicas e uma jurídica, além das transações de aquisição de oito imóveis residenciais, vários terrenos em Furnas, Minas Gerais, e veículos automotores.

Os envolvidos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa, cujas penas somadas podem chegar a mais de 14 de anos de prisão.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios