‘Tem mais de 40″ mortos no mangue, afirma morador do Complexo do Salgueiro

O complexo foi alvo de uma operação da Polícia Militar neste final de semana

Moradores do Complexo do Salgueiro afirmaram nesta segunda-feira (22) terem reconhecido 40 corpos na região de um maguezal, no bairro das Palmeiras. O complexo foi alvo de uma operação da Polícia Militar neste final de semana.

A ação teve início na madrugada deste sábado (20), após o sargento Leandro Rumbelsperger da Silva, do 7º BPM (São Gonçalo), ser atingido por tiros durante um patrulhamento em Itaúna, bairro vizinho às Palmeiras. O policial morreu no hospital. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi chamado, e os conflitos se intensificaram.

(Rede social/Reprodução)

“Estes confrontos foram intensos, foram na área de mangue, é uma área de difícil trânsito. Logicamente estamos falando de um momento em que marginais estavam no interior da mata fechada”, afirmou o porta-voz da PM, tenente-coronel Ivan Blaz, em entrevista ao jornal Bom Dia Rio.

Na manhã de domingo (21), uma idosa foi atingida por uma bala perdida. Um áudio divulgado nas redes sociais pelo advogado Joel Luiz Costa, mostra um possível morador da região afirmando ter encontrado mais de 40 corpos no maguezal.

“Ora por nós pelo amor de Deus, tem mais de 40 amigo morto aqui no mangue, tem mais de 40 amigo morto aqui, tem corpo que a gente nem tá conseguindo nem tirar, tem um cara aqui que tá com uma faca cravada no rosto”, relata o morador.

https://twitter.com/joelluiz_adv/status/1462782612620120066

O site da TV Cultura entrou em contato com a Polícia Militar do Rio de Janeiro, mas até a publicação desta nota não recebeu nenhum retorno.

Em nota, a Defensoria Pública afirmou que comunicou o Ministério Público sobre o ocorrido para que medidas fossem tomadas. Ainda de acordo com o órgão, equipes estão em contato com as lideranças locais e se dirigirão ao local nesta segunda-feira (22).

Veja a nota na íntegra: “A Defensoria Pública do Rio de Janeiro informa que recebeu, por meio de sua Ouvidoria Externa, ainda na noite de domingo (21), relatos sobre a violenta operação no Complexo do Salgueiro. A instituição informa que sua Ouvidoria comunicou o fato ao Ministério Publico, para a adoção de medidas cabíveis a fim de interromper as violações. E que o órgão também está em contato com as lideranças locais prestando orientações necessárias. Nesta segunda-feira (22), às 14h, representantes da Ouvidoria e defensores do Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos (Nudedh) irão à comunidade, junto com outras instituições de direitos humanos, coletar informações sobre o ocorrido para as medidas, inclusive judiciais, que se fizerem necessárias em defesa dos moradores, vítimas e seus familiares”.

Por TV Cultura

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.