Bilionário chinês esnoba EUA no maior IPO da história

Empresa Ant opta por Hong Kong e Xangai em vez de Nova York para oferta pública inicial na Bolsa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Investidores caminham na frente de uma tela na bolsa de valores durante o primeiro pregão do Ano do Porco, em Hangzhou, na Província de Zhejiang, leste da China, em 11 de fevereiro de 2019. (Arquivo/Long Wei/Xinhua)

A empresa chinesa de tecnologia financeira Ant, proprietária da gigante de pagamentos online Alipay, anunciou nesta segunda-feira (26/10) que espera obter mais de 34 bilhões de dólares com seu ingresso nas bolsas de valores.

Isso seria a maior oferta pública inicial (em inglês IPO) da história, superando a da petrolífera saudita Saudi Aramco, que detém o recorde de 25,6 bilhões de dólares com seu IPO, em dezembro de 2019, na bolsa de valores de Riad.

O valor total do Ant Group chegaria a 312 bilhões de dólares, pois só 11% das ações serão comercializadas.

A empresa decidiu deixar de lado os mercados financeiros dos Estados Unidos e anunciou que suas ações serão comercializadas de forma equitativa nas bolsas de valores de Xangai e Hong Kong.

Com isso, o dono da empresa, o bilionário chinês Jack Ma, responde a um chamado do governo chinês, que quer que as maiores empresas chinesas negociem suas ações nas bolsas de valores chinesas.

A esnobada nos americanos ocorre em meio às tensões entre Estados Unidos e China. “É a primeira vez que uma abertura de capital tão importante, a mais importante da história da humanidade, será feita fora de Nova York”, declarou Ma em Xangai.

O Ant Group, ligado à líder do comércio eletrônico na China, a Alibaba, é um ator essencial no pagamento eletrônico em seu país com o serviço Alipay. O grupo comunicou ter um volume anual de transações superior a 14,4 bilhões de dólares e mais de 700 milhões de usuários ativos por mês.

O grupo de Jack Ma anunciou que venderá, a partir da próxima terça-feira, 1,67 milhões de ações a 80 dólares por unidade na bolsa de Hong Kong e a mesma quantidade por 68,8 iuanes a unidade em Xangai.

Ma é a pessoa mais rica da China, com uma fortuna estimada em 61 bilhões de dólares, e a 17ª do mundo.

AS/afp/rtr

Por Deutsche Welle

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas