Prédio do jornal Clarín é atacado na Argentina

Impressão digital em uma garrafa usada como explosivo é analisada pela Polícia Federal
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O prédio do jornal Clarín, da Argentina, foi alvo de um atentado na noite de ontem (22). Homens encapuzados lançaram pelo menos nove coquetéis molotovs contra a fachada do edifício, em Buenos Aires.

Segundo o jornal,  a autoridade responsável pela investigação, Luis Rodríguez, classificou o caso como “intimidação pública”. Os bombeiros apagaram o incêndio.

Uma impressão digital foi encontrada em uma das garrafas usadas para fazer o explosivo. A Polícia Federal Argentina apura o caso. Não houve feridos e pequenos danos foram identificados na porta de entrada e na calçada.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas