Capital

Motorista embriagado que atropelou nove pessoas em São Paulo é liberado pela justiça após pagamento de fiança

Um motorista de 36 anos, que estava dirigindo sob efeito de álcool, foi liberado pela Justiça após atropelar nove pessoas em frente a uma tabacaria na Avenida das Cerejeiras, na Zona Norte de São Paulo. O incidente ocorreu no último sábado (12) e, por sorte, não houve mortes.

O homem passou por uma audiência de custódia no domingo (13) e teve sua prisão em flagrante convertida em liberdade provisória mediante o pagamento de uma fiança de R$ 1.360. No entanto, foram impostas medidas cautelares para garantir a segurança da sociedade e das vítimas. São elas:

  • Proibição de frequentar bares e casas noturnas;
  • Recolhimento ao domicílio durante o período noturno e nos dias de folga;
  • Necessidade de comunicar à Justiça caso haja mudança de endereço.

O atropelamento ocorreu em frente a uma tabacaria, e o proprietário do estabelecimento relatou momentos de pânico vividos durante o incidente. Segundo ele, as câmeras de segurança revelaram que o motorista invadiu deliberadamente o local, evidenciando um ato premeditado.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) foi acionada após o acidente, que deixou nove pessoas feridas. As vítimas, com idades entre 15 e 30 anos, foram prontamente socorridas por equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas para hospitais da região. Felizmente, apenas duas delas sofreram contusões nas pernas e joelhos, conforme divulgado pelos bombeiros nas redes sociais.

Siga nosso canal no Whatsapp

O motorista foi submetido ao teste do bafômetro, que apontou embriaguez, e posteriormente foi conduzido à delegacia. O caso foi registrado como lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e embriaguez ao volante no 73° DP (Jaçanã). Exames solicitados junto ao Instituto Médico Legal (IML) e ao Instituto de Criminalística (IC) serão realizados para auxiliar na investigação do ocorrido.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios