São Paulo

Poço das Antas: um paraíso natural em Mongaguá para curtir o feriado de ano novo

O Poço das Antas é uma das principais atrações turísticas de Mongaguá, no litoral sul de São Paulo. O local é formado por uma cachoeira e uma piscina natural, rodeados por muito verde e tranquilidade. Saiba como chegar, quanto custa e o que fazer no Poço das Antas.

Você está procurando um lugar para relaxar, se refrescar e entrar em contato com a natureza no feriado de ano novo de 2024? Então, você precisa conhecer o Poço das Antas, um dos pontos turísticos mais visitados de Mongaguá, no litoral sul de São Paulo.

O Poço das Antas é uma das principais atrações turísticas de Mongaguá, no litoral sul de São Paulo(Nivaldo Lima – SP AGORA)

O Poço das Antas é uma queda-d’água que forma uma cachoeira, terminando com uma piscina de água natural. O local é ideal para banhos, piqueniques e trilhas, e conta com uma boa infraestrutura, com banheiros, lanchonetes, estacionamento e guarita.

O Poço das Antas fica dentro do Parque Turístico Umberto Salomone, que fica entre a Serra do Mar e o centro de Mongaguá, no Balneário Pedreira. O nome do local se deve ao fato de que, antigamente, as antas desciam da serra para beber água na piscina natural.

Como chegar ao Poço das Antas?

Para chegar ao Poço das Antas, você pode ir de carro, ônibus ou bicicleta. Se você for de carro, você deve seguir pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055) até o km 311, onde há uma placa indicando o acesso ao Poço das Antas. Depois, você deve seguir por uma estrada de terra por cerca de 2 km até chegar ao estacionamento do parque.

Siga nosso canal no Whatsapp

Se você for de ônibus, você pode pegar a linha 928 (Mongaguá – Agenor de Campos) ou a linha 929 (Mongaguá – Pedreira) e descer no ponto próximo à entrada do parque. Depois, você deve caminhar por cerca de 2 km até chegar ao Poço das Antas.

Se você for de bicicleta, você pode seguir pela ciclovia que acompanha a Rodovia Padre Manoel da Nóbrega até o km 311, onde há uma placa indicando o acesso ao Poço das Antas. Depois, você deve seguir por uma estrada de terra por cerca de 2 km até chegar ao parque.

Quanto custa para entrar no Poço das Antas?

Para entrar no Poço das Antas, você deve pagar uma taxa de entrada e uma taxa de estacionamento, se for de carro. A taxa de entrada custa R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia) para estudantes, idosos e crianças. A taxa de estacionamento custa R$ 10 por veículo. Você pode pagar em dinheiro ou cartão de crédito ou débito.

O Poço das Antas funciona todos os dias, das 9h às 17h. Você deve respeitar as normas de segurança e preservação do local, como não jogar lixo, não alimentar os animais, não fazer fogueiras e não entrar na água com produtos químicos.

O que fazer no Poço das Antas?

O local é formado por uma cachoeira e uma piscina natural, rodeados por muito verde e tranquilidade

No Poço das Antas, você pode aproveitar para se divertir, relaxar e contemplar a natureza. Você pode tomar banho na cachoeira e na piscina natural, que têm água cristalina e refrescante. Você pode fazer piquenique em uma das mesas disponíveis no local, ou comprar lanches e bebidas nas lanchonetes. Você pode fazer trilhas pelo parque, que levam a outras cachoeiras e mirantes. Você pode observar a fauna e a flora da região, que abriga diversas espécies de aves, répteis, insetos e plantas.

O Poço das Antas é um lugar perfeito para quem busca paz, harmonia e contato com a natureza. É um passeio ideal para toda a família, que pode desfrutar de momentos de lazer e diversão em meio à beleza natural do local.

Não perca a oportunidade de conhecer o Poço das Antas, um paraíso natural em Mongaguá, no feriado de ano novo de 2024. Você vai se encantar com esse lugar e levar boas lembranças para casa.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios