Duda Mendonça morre de câncer aos 77 anos, em São Paulo

O slogan "Lulinha, Paz e Amor" garantiu a entrada do publicitário para a história.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O publicitário Duda Mendonça morreu aos 77 anos, nesta segunda-feira (16), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Conhecido nacionalmente pela primeira campanha eleitoral que levou Lula (PT) à presidência da República em 2002, Mendonça era famoso por repaginar imagens políticas.

Segundo o jornal O Globo, o publicitário fazia tratamento contra um câncer no cérebro e foi diagnosticado com Covid-19. A reportagem tentou contato com o Hospital, mas a assessoria não possui autorização de familiares para divulgar informações.

Sua carreira como marketeiro político teve início em 1985, na campanha de Mário Kertez para prefeito de Salvador. Em 1992, passou a ter reconhecimento com a vitória de Paulo Maluf (PP) para a prefeitura de São Paulo. O slogan “Lulinha, Paz e Amor” garantiu a entrada do publicitário para a história.

O governador da Bahia, Rui Costa, lamentou a morte do publicitário. Em sua conta no Twitter escreveu: “Lamento a morte do baiano Duda Mendonça. Publicitário que teve o seu talento reconhecido no Brasil e no mundo. Meus sentimentos para familiares e amigos”.

*Com informações da Tv Cultura

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas