Hospital Oswaldo Cruz tem financiamento aprovado pelo BNDES

Dinheiro, R$ 200 milhões, vai permitir ampliar capacidade de atendimento na pandemia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Reprodução)

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um financiamento de R$ 200 milhões para que o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, de São Paulo, amplie a capacidade de atendimento para combater a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O dinheiro deverá ser usado para ajudar a custear a folha de funcionários e contratar mais trabalhadores para atuarem neste momento de aumento de demanda por atendimento nos hospitais. Caso os recursos sejam empregados na forma descrita pelo contrato, a instituição poderá ter redução nas taxas de juros e ser beneficiada com ampliação do prazo de carência para pagamento do empréstimo.

Hospital

O Oswaldo Cruz emprega atualmente mais de 3 mil pessoas e tem 805 leitos divididos em três unidades. Desses, 223 são destinados ao atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Complexo dos Estivadores, em Santos, litoral paulista. Em 2019, o hospital registrou uma receita líquida de R$ 842,5 milhões.

Investimentos

Desde o início da pandemia, o BNDES disponibilizou recursos para a abertura de 2,9 mil leitos para o tratamento de pacientes com a covid-19, além de possibilitar a realização de 4 milhões de testes e aquisição de equipamentos médicos e de proteção individual.

Por Daniel Mello – Repórter da Agência Brasil 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas