Linha entre Itapecerica e Capão terá mais viagens

(Alexandre Carvalho/Governo do Estado de SP)


A EMTU/SP autorizou o acréscimo de 20 viagens na linha 513, que liga Itapecerica da Serra (Jardim das Oliveiras) a São Paulo (Metrô Capão Redondo), via Itapecerica da Serra (Jardim Jacira). A medida vai beneficiar os 12 mil passageiros diários do serviço, que passa a realizar 226 viagens por dia.

No período da tarde, haverá também mais quatro veículos em operação, passando de 21 carros para 25. A ampliação teve início no fim de dezembro.

A linha 513 possibilita ao passageiro da região de Itapecerica da Serra fácil acesso à Linha 5-Lilás do Metrô, inclusive com integração tarifária. É operada pelo Consórcio Intervias, que atua na Área 1 de concessão da Grande São Paulo, formada pelos municípios de Juquitiba, São Lourenço da Serra, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Embu, Taboão da Serra, Vargem Grande Paulista e Cotia. Informações adicionais podem ser obtidas pelo site www.emtu.sp.gov.br.

Vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) é controlada pelo Governo de São Paulo. Fiscaliza e regulamenta o transporte metropolitano de baixa e média capacidade nas cinco regiões metropolitanas do Estado: São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba / Litoral Norte. Juntas, as áreas somam 134 municípios.

*Conteúdo do Governo do Estado de SP

Prazo de créditos em cartões antigos da EMTU é prorrogado

(Governo do Estado de SP)

A validade dos créditos nos cartões das antigas permissionárias nos ônibus intermunicipais da Região Metropolitana de Campinas (RMC) foi estendida até 15 de novembro. O prazo se encerraria nesta segunda-feira (30), mas foi prorrogado para não prejudicar os passageiros que têm saldo remanescente nos antigos cartões.

“Trabalhamos sempre para beneficiar os cidadãos. Por isso, pedimos mais prazo para que os passageiros da região utilizem os créditos que ainda tiverem enquanto providenciam o novo cartão BUS+”, diz o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

A ampliação do prazo foi decisão conjunta da Secretaria, da EMTU/SP e do Consórcio BUS+, responsável pela operação das linhas metropolitanas na RMC e pela implantação do sistema de bilhetagem eletrônica BUS+.

A medida vale para os cartões das modalidades Comum e Escolar Meia-Tarifa. O vale-transporte em papel também será aceito nos ônibus até 15 de novembro. No caso dos cartões Sênior (idosos) e Passe Livre (que concede gratuidade a estudantes de baixa renda) a prorrogação não é necessária, uma vez que nestes tipos de cartões os cidadãos não gastam com créditos.

Até terça-feira (24), foram emitidos e entregues aos passageiros um total de 94.660 cartões BUS+. A estimativa é que 34% dos 140 mil passageiros transportados diariamente nos 20 municípios da região ainda não tenham adquirido o novo cartão.

Lançados em 24 de junho, os cartões BUS+ estão disponíveis em 27 postos do Consórcio BUS+ na região. A lista de locais está no site www.busmais.com.br. Se o contato for realizado pela internet, no caso do vale-transporte, o prazo para retirada do cartão é de até cinco dias úteis. Nas lojas de atendimento do Consórcio, o passageiro faz o cartão Comum BUS+ na hora. Os demais cartões são emitidos em até cinco dias úteis após a realização do cadastro.

Cartão BUS+

O novo Cartão BUS+ vai unificar e substituir os atuais bilhetes. Além da maior agilidade no embarque, será possível utilizar apenas um meio de pagamento no transporte metropolitano das 20 cidades da região.

Operado pelo Consórcio BUS+, esse sistema de bilhetagem eletrônica vai beneficiar os passageiros da região que fazem cerca de 3 milhões de viagens mensais. Outra vantagem é a segurança, já que os créditos podem ser recuperados em caso de necessidade do cancelamento do cartão por perda, furto ou roubo.

Para mais informações sobre o BUS+, ligue 0800 777 2870, ou acesse os sites www.busmais.com.br e www.emtu.sp.gov.br.

*conteúdo do Governo do Estado de São Paulo

Integração de duas linhas da EMTU terá desconto

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) informa que, a partir deste sábado (17), a integração entre as linhas 035 e 260 terá desconto de 40,5%, atendendo principalmente aos passageiros que utilizam esses serviços no trecho entre Cotia e Alphaville, em Barueri.

Cerca de 300 pessoas das duas cidades serão beneficiadas. Quem usa as duas linhas intermunicipais nessa ligação paga atualmente R$ 11,60. Com o desconto, o usuário passará a pagar a tarifa integrada de R$ 6,90.

Vale destacar que, para garantir o desconto, é preciso usar o cartão BOM. A transferência de ônibus deve ser realizada nos pontos de encontro dos dois serviços, como a Rodovia Raposo Tavares.

Denominação das linhas:

035 Cotia (Mirante da Mata)/ São Paulo (Metrô Butantã)
260 Barueri (Alphaville)/ Cotia (Km 30 Rodovia Raposo Tavares)

*Conteúdo do Governo do Estado de SP

Ônibus intermunicipais ficam mais caros hoje

Por Bruno Bocchini

(Alexandre Carvalho/Governo do Estado de SP)

A partir de hoje (28), a tarifa dos ônibus de 54 linhas intermunicipais de quatro regiões metropolitanas no estado de São Paulo tem novo valor. As regiões com aumentos de R$ 0,05 a R$ 0,15 são Grande São Paulo, Campinas, Vale do Paraíba-Litoral Norte, e Sorocaba. 

Segundo a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), que administra as linhas, o aumento ocorre devido ao acréscimo dos preços dos pedágios nas estradas paulistas.

“O cálculo é feito pela divisão do valor pago na praça de pedágio pelo número médio de passageiros por viagem. O objetivo é ressarcir as empresas concessionárias e permissionárias dessa despesa sobre a operação”, destacou em nota a EMTU.

Na Região Metropolitana de São Paulo, 16 linhas tiveram acréscimo de R$ 0,05. Na Região Metropolitana de Campinas, o aumento foi também de R$ 0,05, mas atinge 26 linhas. Na Região Metropolitana do Vale do Paraíba-Litoral Norte, seis linhas tiveram reajuste. Os aumentos foram variáveis, de R$ 0,05 a R$ 0,15, de acordo com a praça de pedágio utilizada. Na Região Metropolitana de Sorocaba, a tarifa de cinco linhas sofreram elevação de R$ 0,05. Uma delas teve aumento de R$ 0,10.

EMTU altera linhas entre Taboão da Serra e a capital

(EMTU/Reprodução)

A EMTU fez mudanças nas linhas do transporte metropolitano que interligam Taboão da Serra, na grande São Paulo, e a Capital. Desde sábado (15), as novas programações peritem, segundo a empresa, chegar mais rápido ao metrô no Terminal São Paulo-Morumbi (Linha 4 Amarela). Também houve acréscimo de partidas e redução de tarifa na linha 241. A nova operação afeta, ao todo, 1.500 passageiros.

A linha 241 substitui o itinerário do serviço 078BI1 e passa a atender o bairro Parque Marabá, em Taboão da Serra. Na capital, o ponto final da 241 foi transferido de Pinheiros para o Terminal São Paulo-Morumbi, facilitando a integração dos passageiros ao sistema metroferroviário. 

Além disso, segundo a EMTU, a tarifa dessa linha foi reduzida de R$ 5,40 para 4,85. A outra vantagem para quem usa a 241 é que ela funciona também nos finais de semana e o número de partidas aumentou de 24 para 63 nos dias úteis.

Os passageiros da antiga linha 078BI1 pagam agora a tarifa de R$ 4,85 e ganham em frequência dos ônibus com o aumento de partidas de 56 para 63.

Moradores do Jardim Roberto e Jardim Antena, em Taboão da Serra, deixam de ser atendidos pela linha 241, mas continuam com os serviço 078TRO e 090, respectivamente.

Os passageiros da linha 241 que quiserem chegar a Pinheiros, na capital, podem desembarcar  no Terminal Metrô São Paulo-Morumbi. Na parada do Corredor Francisco Morato, em frente ao terminal, devem embarcar na linha 510, sem pagar outra tarifa, desde que utilizem o Cartão BOM para a integração.

Denominação das linhas

  • 241 Taboão da Serra (Parque Jacarandá)/ São Paulo (Pinheiros) mudará para 241 Taboão da Serra (Parque Jacarandá) – São Paulo Morumbi, via Taboão da Serra – Parque Marabá (nova denominação);
  • 078BI1 Taboão da Serra (Parque Marabá)/ São Paulo (Pinheiros) linha substituída;
  • 078 Embu das Artes (Parque Pirajussara)/ São Paulo (Pinheiros);
  • 090 Embu das Artes (Terminal Casa Branca)/ São Paulo (Pinheiros);
  • 510 Embu das Artes (Jardim Vazame) / São Paulo (Pinheiros).