São Paulo bate Palmeiras por 2 a 0 e vence o Campeonato Paulista

São Paulo bate o Palmeiras por 2 a 0 e vence o Campeonato Paulista de 2021
São Paulo bate o Palmeiras por 2 a 0 e vence o Campeonato Paulista de 2021
Tricolor volta a levantar um caneco após nove temporadas(Reprodução)

São Paulo campeão paulista

O São Paulo é o campeão paulista de 2021. O time volta a levantar uma taça após quase nove anos de seca. O Tricolor bateu o Palmeiras por 2 a 0 e conquistou seu 22º título estadual.

A melhor campanha do Campeonato com onze vitórias, quatro empates e somente uma derrota. Foram 38 gols marcados em dezesseis partidas, o melhor ataque do torneio.

Com este título, o Tricolor volta a ser campeão após nove temporadas (em 2012 venceu a Copa Sul-Americana), além de sair de uma fila de 16 anos sem o caneco local, que ergueu 21 vezes até este domingo.

A equipe comandada pelo técnico português Abel Ferreira começou a partida valorizando bastante a posse de bola. E a primeira oportunidade do Palmeiras veio aos 7 minutos, quando Rony chutou para defesa sem dificuldades do goleiro Tiago Volpi. Um minuto depois o Verdão chegou novamente com perigo, desta vez com o volante Danilo Barbosa, que, de frente para o gol, chutou para fora.

Sendo pressionado na saída de bola, o Tricolor encontrava muitas dificuldades para jogar. Isso fez com que, nos primeiros 35 minutos de confronto, a partida tivesse apenas duas finalizações, as duas do Palmeiras.

Porém, logo aos 36 minutos, o São Paulo conseguiu a sua primeira finalização, e com ela o gol. Após vacilo de Felipe Melo, Luan dominou e chutou para abrir o marcador.

Com a vantagem no placar, a dinâmica do jogo mudou completamente na etapa final. O São Paulo passou a ocupar mais o meio de campo, valorizando a posse de bola e tentando diminuir as possibilidades de contra-ataque do Palmeiras. E a primeira oportunidade clara da etapa foi do Tricolor, com chute perigoso de Luciano (que entrou no intervalo no lugar de Pablo) aos 5 minutos.

Aos 18 minutos, quem chegou com perigo foi o Verdão, em forte chute do volante Patrick de Paula, mas a bola subiu demais e foi para fora.

Mas o time comandado pelo argentino Hernan Crespo era mais eficiente, e chegou ao segundo aos 31 minutos, quando Rodrigo Nestor cruzou para Luciano marcar. Este foi o 25º gol do atacante pelo São Paulo.

A partir daí, o Tricolor só administrou a vantagem para voltar a soltar o grito de campeão.

*Com informações da Agência Brasil

Campeonato Paulista será retomado neste sábado

A Federação Paulista de Futebol (FPF) informou que o Campeonato Paulista será retomado neste sábado (10) e que a tabela será divulgada ainda nesta sexta-feira (9). O anúncio foi feito pouco depois do governo de São Paulo autorizar novamente a realização de jogos de futebol e demais eventos esportivos no estado, iniciando a partir das 20h (horário de Brasília).

A liberação se deve à decisão do poder público de não prorrogar a Fase Emergencial, a mais restritiva no combate à disseminação do novo coronavírus (covid-19). Apesar de o estágio ser encerrado oficialmente somente no domingo (11), o governo autorizou que a retomada das partidas já ocorresse a partir de sábado.

“Tivemos uma discussão muito grande. [A restrição aos eventos esportivos] Foi, na verdade, uma recomendação do Ministério Público [Estadual]. Houve um trabalho com o MP, a FPF, varias outras federações de esportes profissionais, para que fosse estabelecido um padrão de protocolos muito mais rígido. Destacando, em especial, os protocolos de testagem. Outro ponto de discussão muito importante foi o horário em que campeonatos profissionais podem ser realizados, após as 20h, exatamente porque o toque de recolher é nesse horário, para evitar aglomerações. São campeonatos profissionais sem torcida. Isso já pode ser realizado a partir de amanhã [sábado]”, disse Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, em entrevista coletiva, nesta sexta.

A bola não rola em território paulista desde 14 de março, com a Fase Emergencial tendo início no dia seguinte. A FPF tentou convencer o governo estadual e o MP a liberarem os jogos, afirmando ter um protocolo de saúde eficiente, sem êxito. A entidade e os clubes da Série A1 (primeira divisão) cogitaram acionar a Justiça para garantir o calendário, mas voltaram atrás. De lá para cá, duas partidas chegaram a ser realizadas pelo Paulistão, mas em Volta Redonda (RJ): Mirassol x Corinthians, pela quinta rodada, e São Bento x Palmeiras, pela terceira.

Na semana passada, um novo protocolo, mais rígido, foi apresentado pela Federação às autoridades. O documento precisou sofrer ajustes e, somente na última quinta-feira à noite (8), o Ministério Público se manifestou favorável às medidas sanitárias. Em nota, o MP informou que o procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, encaminhou ofício ao governo paulista, dizendo que o protocolo era “um avanço positivo diante do contexto que se revelava quando da edição do Decreto de 11 de março [quando foi instituída a Fase Emergencial]”.

No comunicado em que anuncia a volta do Paulistão, a FPF elencou as mudanças feitas no protocolo inicial. Entre elas, estão a inserção de jogadores, membros de comissão técnica e arbitragem em uma bolha sanitária, com testes regulares de PCR a cada três dias. Se for detectado um caso positivo, além do afastamento da pessoa do ambiente, os contatos próximos deverão ser rastreados. O número de profissionais envolvidos nos jogos será reduzido.

As delegações deverão ficar concentradas em quartos individualizados e, antes de cada partida, serão submetidas a testes de antígeno. Nos jogos noturnos, os exames serão colhidos antes da primeira refeição, pela manhã, no respectivo dormitório. O uso de máscara será obrigatório para quem não estiver no campo. Aqueles que foram para o gramado só poderão tirar a máscara no momento do aquecimento. Os capitães devem utilizar o acessório na hora do sorteio de quem sairá jogando e da escolha dos lados.

“A FPF acionará, antes de cada partida, a Secretaria de Segurança Pública, a Polícia Militar e as Guardas Civis Metropolitanas, a fim de impedir aglomerações, especialmente nos entornos dos estádios, centro de treinamento dos clubes e adjacências. Ademais, a FPF acionará os clubes para que dialoguem com suas respectivas torcidas organizadas para reforçar a orientação de não aglomeração”, conclui a nota da Federação.

*Com informações da Agência Brasil

Corinthians pode ter desfalque na volta do estadual

Dois campeonatos estaduais vão recomeçar com dois grandes clássicos e possíveis desfalques nas equipes devido ao novo coronavírus.

Na próxima quarta-feira (22), Corinthians e Palmeiras se enfrentam na Arena Itaquera pela 11ª rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Com apenas 11 pontos e na terceira colocação do Grupo D, o Timão não deve contar com Cantillo.

(Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Em nota oficial, o Corinthians confirmou que o colombiano apresentou febre na última sexta-feira (10) e, desde então, foi afastado das atividades do CT Dr. Joaquim Grava. O volante testou positivo para covid-19 e está em isolamento social, com acompanhamento médico diário. De acordo com o clube, Cantillo está bem, sem sintomas graves da doença.

O Corinthians afirmou que tem acompanhado diariamente a situação de todos os atletas, com medição de temperatura corporal e testes periódicos, e que nenhum outro jogador ou funcionário apresentou novos sintomas desde a reapresentação do elenco.

No Rio Grande do Sul, o Gre-Nal vai reiniciar o Campeonato Gaúcho. Ainda sem data definida, a tendência é que o clássico seja disputado na quarta-feira (22) ou quinta-feira (23), em partida válida pela quarta rodada do segundo turno.

O tricolor pode ter desfalques para o confronto. Apesar de manter os nomes em sigilo, o clube informou que dois jogadores testaram positivo para a Covid-19. De acordo com o Grêmio, os atletas estão em isolamento e assintomáticos.

O técnico Renato Gaúcho, que voltou a Porto Alegre nesta segunda-feira (13) após passar um período da pandemia no Rio de Janeiro, também fez o teste e o resultado foi negativo.

Por Maurício Costa – Repórter da Rádio Nacional 

Paulistão é suspenso por causa do Coronavírus

(FPF/Reprodução)

A Federação Paulista de Futebol (FPF) informou hoje (16) que o Paulistão será suspenso a partir de amanhã (17). A medida foi tomada após uma reunião com representantes dos times.

Desde sexta-feira, os jogos de futebol realizados no Estado de São Pulo ocorreram com portões fechados. Não há informações sobre até quando a competição ficará suspensa.

Leia abaixo a nota da Federação Paulista de Futebol.



“A Federação Paulista de Futebol vem a público informar o resultado da reunião entre os presidentes de clubes do Paulistão Sicredi 2020, com a presença da Fenapaf e do Sindicato de Atletas Profissionais de São Paulo, sobre a pandemia do novo Coronavírus.

Os clubes votaram e decidiram em consenso pela paralisação da competição. Dessa maneira, a FPF anuncia que, a partir desta terça-feira (18), as partidas do Paulistão Sicredi 2020 estão suspensas por prazo indeterminado.”