Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

11 dicas para evitar problemas no ouvido

Hábitos de vida saudáveis estão diretamente ligados à prevenção de problemas no sistema auditivo. Por isso, a médica Tanit Ganz Sanchez, especialista no tema, listou para o SP AGORA 11 dicas para proteger seu ouvido.

No Brasil, segundo estimativa do Instituto Ganz Sanchez, até 48 milhões de pessoas podem ter problemas de zumbido no ouvido.

“O zumbido é uma indicação de que algo de errado está acontecendo no organismo, como se fosse um desajuste, devido ao excesso de som alto, ingestão de gordura, cigarro, álcool e até alguns medicamentos ingeridos”.

Tanit Ganz Sanchez, Otorrinolaringologista
Adolescentes também podem ter problemas auditivos por causa da exposição ao som alto (Arquivo/Agência Brasil)

1. Em locais barulhentos: use protetores de ouvido e faça intervalos de 10minutos por hora. Não ache “normal” sair da balada com zumbido!
2. Com fones de ouvido: evite ultrapassar a metade da potência ou usar por mais de 2 horas. 
3. Alimente-se 4 a 6 vezes ao dia, evitando abuso de cafeína, doces, sal, álcool e nicotina. 

(Arquivo/SP AGORA)


4. Hidrate-se bem para seus rins eliminarem melhor as toxinas.
5. Exercite-se 5 vezes por semana: seu metabolismo e circulação vão melhorar.
6. No caso de Zumbido, troque o silêncio por estimulação com baixo volume de sons suaves, mesmo durante a leitura ou o sono. Isso ajuda no controle do zumbido e da hipersensibilidade aos sons. 
7. Diminua o tempo de celular direto no ouvido, pois a radiação eletromagnética pode ser prejudicial.
8. Evite automedicação: certos remédios podem agredir os ouvidos. 

(Reprodução)


9. Alivie seu estresse com atividades relaxantes como yoga, meditação, Tai-Chi-Chuan, Chi-Cong etc. 
10. Incorpore mais momentos de prazer na sua vida para restaurar a função dos órgãos.
11. Visite seu médico regularmente para exames preventivos gerais e auditivos.

A médica Tanit Ganz Sanchez (Divulgação)

Tanit Ganz Sanchez é otorrinolaringologista com doutorado e livre-docência pela USP, Diretora-Presidente do Instituto Ganz Sanchez, criadora da Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido (Novembro Laranja) e do Grupo de Apoio Nacional a pessoas com Zumbido. Assumiu a missão de desvendar os mistérios do zumbido e é pioneira nas pesquisas no Brasil, sendo reconhecida por sua didática, objetividade e compartilhamento aberto de ideias. É especialista em Zumbido, Hiperacusia, Misofonia e Distúrbios do Sono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Fale agora com nossa equipe!
Powered by