Economia

BC reduz juros pela terceira vez e Selic cai para 12,25% ao ano

Decisão visa estimular a economia e controlar a inflação em meio ao cenário externo adverso

O Banco Central (BC) anunciou nesta quarta-feira (1º) um novo corte na taxa básica de juros da economia, a Selic. A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) foi unânime e reduziu a taxa em 0,5 ponto percentual, de 12,75% para 12,25% ao ano.

Esse é o terceiro corte consecutivo na Selic, que está no menor nível desde maio de 2022. O BC iniciou um ciclo de redução dos juros em setembro deste ano, após um período de alta e de estabilidade.

A redução da Selic tem como objetivo estimular a economia e controlar a inflação, que acumula 5,19% em 12 meses. O índice está abaixo do teto da meta de inflação para 2023, que é de 4,75%, mas ainda exige cautela do BC.

Em comunicado, o Copom informou que o ambiente externo mostra-se desfavorável para países emergentes como o Brasil. O órgão citou a elevação das taxas de juros nos Estados Unidos, a persistência da inflação em diversos países e as novas tensões geopolíticas.

Apesar das dificuldades, o Copom sinalizou que continuará a fazer novos cortes de 0,5 ponto nas próximas reuniões. No entanto, o órgão indicou que poderá mudar o ritmo ou a magnitude dos ajustes, dependendo da evolução da inflação, das expectativas do mercado, do hiato do produto e do balanço de riscos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo