PF reabre inquérito sobre facada em Bolsonaro e analisa celular de Adélio Bispo

PF apura de houve participação de mais alguém ou financiamento
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Federal reabriu o inquérito sobre a facada no presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para analisar o celular do advogado de Adélio Bispo. O órgão investiga se houve participação de terceiros no ataque e algum tipo de financiamento.

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) havia autorizado no início do mês a análise de dados bancários e de todo o material reunido na busca e apreensão realizada contra Zanone Manuel de Oliveira Júnior. O delegado Rodrigo Morais Fernandes, que está na posse do material, analisará também as informações fiscais de Zanone.

Adélio deu uma facada no então candidato durante a campanha eleitoral em 2018.

Por TV Cultura

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *