Mundo

Daniel Alves segue preso após recurso ser negado pela Justiça espanhola

A Justiça da Catalunha negou um novo recurso apresentado pela defesa do lateral brasileiro Daniel Alves, que segue preso em Barcelona desde janeiro após ser acusado de estupro. A decisão foi feita pela Audiência de Barcelona, a instância mais alta da Justiça catalã, nesta segunda-feira (12).

Segundo veículos espanhóis, Alves é acusado de agressão sexual contra uma mulher espanhola. Após se encontrarem em uma boate em Barcelona, o jogador teria levado a vítima para um banheiro, onde teria ocorrido a agressão. Em exames posteriores realizados em um hospital, foi encontrado sêmen no vestido da mulher.

Embora tenha negado a existência da relação sexual anteriormente, Alves admitiu que ela ocorreu, mas argumentou que foi consensual. A Justiça local, no entanto, é contra a soltura do atleta por entender que ele poderia fugir para o Brasil e escapar de uma possível condenação.

Na última sexta-feira (9), os advogados de Alves apresentaram um novo recurso para tentar obter a soltura do jogador, desta vez argumentando que seus filhos e ex-esposa residem em Barcelona e, por isso, ele não tentaria deixar a região. No entanto, a Audiência de Barcelona negou o recurso nesta segunda-feira.

Siga nosso canal no Whatsapp

Daniel Alves é um dos mais renomados jogadores de futebol do mundo, tendo atuado por clubes como Barcelona e PSG, além da Seleção Brasileira. Seu caso de acusação de estupro tem chamado a atenção da mídia internacional.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios