Tom Zé é atração na reinauguração de teatro na Mooca

Além de Tom Zé, Teatro Arthur Azevedo terá outras atrações.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Tom Zé fará show gratuito nesta quarta-feira (4), na zona leste (Andre Conti/Divulgação)

Após reforma, a plateia do Teatro Arthur Azevedo, no bairro da Mooca, Zona Leste, é reaberta à população nesta quarta-feira (4), às 21h, com um show gratuito do cantor Tom Zé.

Projetado pelo arquiteto Roberto Tibau, o teatro foi inaugurado no dia 2 de agosto de 1952 e tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo em 1992. Seu nome é uma homenagem ao poeta e dramaturgo maranhense Arthur Nabantino Gonçalves de Azevedo (1855-1908), conhecido como Arthur Azevedo, autor que consolidou a comédia de costumes no Brasil, em obras como “A Capital Federal”. O escritor sucedeu a cadeira de Martins Penna na Academia Brasileira de Letras.



Em 2018, por conta de fortes chuvas que causaram vazamentos nas calhas e fizeram parte do forro da plateia ceder, o teatro passou a funcionar de forma reduzida: foi construída uma plateia no próprio palco a fim de não comprometer o andamento das atividades.

A atual gestão da Secretaria Municipal de Cultura se comprometeu a reformar a plateia do teatro, que tem capacidade para 350 pessoas. E agora, no mês de reabertura, a programação comemorativa tem como um dos pontos altos a apresentação do cantor e compositor Tom Zé.

Tom Zé: Eu Cantando Renascimento

“A reinauguração deste teatro é um acontecimento importante na nossa São Paulo. O recomeço de um espaço de sagrado entretenimento, alegria, convivência e cultura merece este show-comemoração”, diz o artista, que divide o palco com Daniel Maia (guitarra e voz), produtor de seus discos mais recentes; Jarbas Mariz (viola, bandolim, percussão e voz) e Cristina Carneiro (teclados e vocal).

“Reelaborei músicas de vários discos, priorizando canções solicitadas pelo público, pessoas que nos escrevem, mandam e-mails, telefonam. Estamos irmanados com todos, no repertório faremos ‘Augusta’, Angélica e Consolação’, ‘Tô, Xique-Xique…’”, completa o artista.

Clube do Choro

A roda de choro proporciona a aquisição de repertório e o encontro entre diferentes gerações; aproxima músicos e público deste gênero musical em um ambiente descontraído e é um elemento tradicional de resistência da música popular no Brasil, no qual se aprende a forma de tocar, acompanhar, improvisar e compor o choro. O grupo interage no Teatro Arthur Azevedo com três momentos: intervenção no dia de reabertura da plateia do espaço, show e roda de choro no decorrer do mês.

  • Intervenção no Hall de Entrada 04/03, quarta, às 19h30 | Gratuito | Livre
  • Show no Teatro 06/03, sexta, às 21h | Gratuito | Livre
  • Roda de choro no Hall de Entradade 07/03 a 19/12, sábado, às 17h | Gratuito | Livre

A programação completa das atividades que serão realizadas no Teatro Arthur Azevedo no mês de março está disponível aqui.

*Com informações da Prefeitura de SP

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas