Tom Zé é atração na reinauguração de teatro na Mooca

Além de Tom Zé, Teatro Arthur Azevedo terá outras atrações.
Tom Zé fará show gratuito nesta quarta-feira (4), na zona leste (Andre Conti/Divulgação)

Após reforma, a plateia do Teatro Arthur Azevedo, no bairro da Mooca, Zona Leste, é reaberta à população nesta quarta-feira (4), às 21h, com um show gratuito do cantor Tom Zé.

Projetado pelo arquiteto Roberto Tibau, o teatro foi inaugurado no dia 2 de agosto de 1952 e tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo em 1992. Seu nome é uma homenagem ao poeta e dramaturgo maranhense Arthur Nabantino Gonçalves de Azevedo (1855-1908), conhecido como Arthur Azevedo, autor que consolidou a comédia de costumes no Brasil, em obras como “A Capital Federal”. O escritor sucedeu a cadeira de Martins Penna na Academia Brasileira de Letras.

Notíciasrelacionadas



Em 2018, por conta de fortes chuvas que causaram vazamentos nas calhas e fizeram parte do forro da plateia ceder, o teatro passou a funcionar de forma reduzida: foi construída uma plateia no próprio palco a fim de não comprometer o andamento das atividades.

A atual gestão da Secretaria Municipal de Cultura se comprometeu a reformar a plateia do teatro, que tem capacidade para 350 pessoas. E agora, no mês de reabertura, a programação comemorativa tem como um dos pontos altos a apresentação do cantor e compositor Tom Zé.

Tom Zé: Eu Cantando Renascimento

“A reinauguração deste teatro é um acontecimento importante na nossa São Paulo. O recomeço de um espaço de sagrado entretenimento, alegria, convivência e cultura merece este show-comemoração”, diz o artista, que divide o palco com Daniel Maia (guitarra e voz), produtor de seus discos mais recentes; Jarbas Mariz (viola, bandolim, percussão e voz) e Cristina Carneiro (teclados e vocal).

“Reelaborei músicas de vários discos, priorizando canções solicitadas pelo público, pessoas que nos escrevem, mandam e-mails, telefonam. Estamos irmanados com todos, no repertório faremos ‘Augusta’, Angélica e Consolação’, ‘Tô, Xique-Xique…’”, completa o artista.

Clube do Choro

A roda de choro proporciona a aquisição de repertório e o encontro entre diferentes gerações; aproxima músicos e público deste gênero musical em um ambiente descontraído e é um elemento tradicional de resistência da música popular no Brasil, no qual se aprende a forma de tocar, acompanhar, improvisar e compor o choro. O grupo interage no Teatro Arthur Azevedo com três momentos: intervenção no dia de reabertura da plateia do espaço, show e roda de choro no decorrer do mês.

  • Intervenção no Hall de Entrada 04/03, quarta, às 19h30 | Gratuito | Livre
  • Show no Teatro 06/03, sexta, às 21h | Gratuito | Livre
  • Roda de choro no Hall de Entradade 07/03 a 19/12, sábado, às 17h | Gratuito | Livre

A programação completa das atividades que serão realizadas no Teatro Arthur Azevedo no mês de março está disponível aqui.

*Com informações da Prefeitura de SP

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo