Brasil

Feriado de ano novo registra alta de 21% nas mortes nas rodovias federais

A PRF flagrou mais de 5 mil ultrapassagens em locais proibidos e quase mil recusas ao teste do bafômetro

O feriado de ano novo foi marcado por um aumento de 21% no número de mortes nas rodovias federais, em comparação com o mesmo período no ano anterior. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrados 725 acidentes entre os dias 29 de dezembro e 1º de janeiro, resultando na morte de 56 pessoas.

A PRF flagrou mais de 5 mil ultrapassagens em locais proibidos e quase mil recusas ao teste do bafômetro(Nivaldo Lima – SP AGORA)

O número de acidentes também cresceu 33% em relação ao ano passado, quando foram registrados 543 acidentes. Todos os acidentes deixaram um total de 903 pessoas feridas.

De acordo com a PRF, a imprudência e o desrespeito às normas de trânsito foram as principais causas dos acidentes. A fiscalização flagrou 5.479 ultrapassagens em locais proibidos, um aumento de 51% comparado ao ano passado. Também houve 988 autuações de condutores por recusa ao teste do bafômetro, um aumento de 23%.

A PRF alerta que as ultrapassagens em locais proibidos ou com pouca visibilidade são as manobras mais perigosas e que mais provocam acidentes graves, como colisões frontais. A recusa ao teste do bafômetro também é um indicativo de que muitos motoristas ainda dirigem sob efeito de álcool, o que compromete a capacidade de reação e aumenta o risco de acidentes.

Siga nosso canal no Whatsapp

A PRF recomenda que os motoristas sejam responsáveis e prudentes ao dirigir ou viajar, seguindo as orientações de segurança, como planejar a viagem, respeitar os limites de velocidade, usar o cinto de segurança, não dirigir cansado ou alcoolizado, evitar distrações ao volante e fazer pausas regulares para descansar.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios