Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Festival de cinema reúne filmes de oito países no interior de SP

Troféu do Festival Internacional de Cinema Independente (Edson Silva/Divulgação)

O FESTICINI – 3° Festival Internacional de Cinema Independente, que será realizado entre os dias 9 e 18 de novembro, na Vila de Luís Carlos, em Guararema, interior de São Paulo, divulgou a lista de filmes que concorrerão nas 18 categorias. São 42 produções, de oito países diferentes, que estão na disputa pelo Troféu FESTICINI.

Durante o festival serão exibidos gratuitamente para o público os 42 filmes da mostra competitiva. Entre os concorrentes estão 23 filmes brasileiros, nove produções da Espanha, quatro da França, duas da Alemanha, além de um representante da Austrália, Canadá, Irã e Polônia.

A programação principal do festival acontece no Centro de Exposições da Vila de Luís Carlos, localizado na Estrada Municipal Sabaúna Luís Carlos. O FESTICINI contará também com palestras e oficinas gratuitas voltadas para temas relacionados à sétima arte.

O FESTICINI é uma realização da DZ.7 Realizações Artísticas e Culturais, em parceria com a CEDECINI – Centro de Estudo e Desenvolvimento do Cinema Independente, patrocínio de Megandra Empório Cultural, Cervejaria 462 Brewpub – ambos localizados em Vila de Luis Carlos, sede do FESTICINI, Laboratório Oswaldo Cruz, CYTOLAB Laboratório e apoio da Prefeitura de Guararema, AMALUCA – Associação de Moradores e Amigos de Luís Carlos, Pousada Recanto Convento, Danilo Pessôa Assessoria de Imprensa e Site Cinema e Pipoca.

A cerimônia de abertura será realizada no dia 9 de novembro e a de encerramento, bem como a premiação dos vencedores, no dia 18.

Todos os filmes estrangeiros possuem legendas em português, um dos pré-requisitos para a seleção. O FESTICINI realizará também uma homenagem à atriz Lea Garcia pelo conjunto da obra.



Confira os filmes selecionados em cada categoria:

MELHOR LONGA-METRAGEM

  • O Barco – Brasil
  • Abrindo As Janelas Do Tempo – Brasil
  • Lo Que Queda (O que Fica) – Espanha
  • Rebento – Brasil

MELHOR MÉDIA-METRAGEM

  • Arteiro – Brasil
  • Regalo – Brasil
  • Vampiros – Brasil
  • Lúcia Voltou A fumar – Brasil

MELHOR CURTA-METRAGEM

  • Sans Mot Dire (Sem Palavras) – França
  • Love Note (Bilhete de Amor) – Alemanha
  • Acúmulo – Brasil
  • La Ultima Cita (O Último Compromisso) – Espanha
  • Le Vivre Ensemble (Vivendo Juntos) – Espanha
  • Escolhas – Brasil

MELHOR ANIMAÇÃO

  • Sans Gravité (Sem Gravidade) – França
  • O Malabarista – Brasil
  • Irony (Ironia) – Austrália
  • Secret (Segredo) Alemanha
  • El Lucero – Espanha

MELHOR DOCUMENTÁRIO 

  • Viejos? (Velhos?) – Espanha
  • A Outra Vida – Brasil
  • Entremarés – Brasil
  • Boca de Fogo – Brasil
  • Euller Miller Entre Dois Mundos – Brasil
  • The City’s Legacy (O Legado da Cidade) – Brasil

MELHOR DIREÇÃO

  • Joffre Faria Silva – The Kiss (O Beijo) – Canadá
  • Saman Hosseinpuor – The Man Who Forgot to Breathe (O Homem que Esqueceu de Respirar) – Iran
  • David Baquero Márquez – La Ultima Cita (O Último Compromisso) – Espanha
  • Marcus Hanisch – Love Note (Bilhete de Amor) – Alemanha 
  • José Luis Santos Pérez – Le Vivre Ensemble (Vivendo Juntos) – Espanha.
  • André Morais – Rebento – Brasil
  • Quentin Lecocq – Sans Mot Dire (Sem Palavras) – França

MELHOR ATOR

  • Fábio Lucas – Arteiro – Brasil 
  • Sidney Santiago – Diamante, O Bailarina – Brasil
  • Carlos Kaniowsky – Le Vivre Ensemble (Vivendo Juntos) – Espanha
  • Eduardo Antuña Presa – Mamá – Espanha
  • Felipe Bustamante – Regalo – Brasil
  • Gal Soler – La Condena (A Sentença) – Espanha

MELHOR ATOR COADJUVANTE

  • Philippe Du Jamerand – Dix Minutes Pas Plus (Dez Minutos e Nada Mais) – França  
  • Jota D’Angelo – Todas as Tardes – Brasil
  • Filipi Silveira – Vampiros – Brasil 
  • Humberto Pedrancini – Asra – Brasil
  • Ravel Andrade – Ao Final da Conversa Eles se Despedem Com Um Abraço – Brasil
  • João Acaiabe – Diamante, O Bailarina – Brasil

MELHOR ATRIZ

  • Pilar Órdoñes – La Ultima Cita – (O último Compromisso) – Espanha 
  • Patrícia Sanz – Le Vivre Ensemble (Vivendo Juntos) – Espanha
  • Carolina Kasting – Escolhas – Brasil
  • Paula Lice – Estela – Brasil
  • Léa Garcia – Acúmulo – Brasil
  • Nadja Mitidiero – Vampiros – Brasil
  • Ingrid Trigueiro – Rebento – Brasil

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

  • Margarita Ponce – Le Vivre Ensemble (Vivendo Juntos) – França
  • Tuna Dwek – Escolhas – Brasil
  • Zezita Matos – Rebento – Brasil 
  • Thais Medeiros – Diamante, O Bailarina – Brasil
  • Verônica Cavalcanti – O Barco – Brasil
  • Juliana Drumond – Asra – Brasil.

MELHOR ROTEIRO 

  • Javi Navarro e Pedro Herrero – Acabo de Tener Un Sueño – Espanha
  • Saman Hosseinpuor – The Man Who Forgot to Breathe (O Homem Que Esqueceu de Respirar) – Iran
  • Jesus Serna e Lucas Parnes – Lo Que Queda (O Que Fica) – Espanha
  • Bertrand Normand – The Photographer (A Fotógrafa) – França
  • Marcus Hanisch – Love Note (Bilhete de Amor) – Alemanha
  • José Luis Santos Pérez – Le Vivre Ensemble – Vivendo Juntos – Espanha 

MELHOR MÚSICA ORIGINAL

  • João Victor Barroso – O Barco – Brasil
  • “Nunca Esqueça” de Ricardo Severo – Interprete: Vânia Bastos – Escolhas – Brasil
  •  “Estrela Blue” de Maurício Arruda Mendonça – Intérprete: Simone Mazzer- Regalo – Brasil 
  •  “Muero de Amor” de: Ana Fernández Villaverde e David Rodriguez – Intérprete: La Bien Querida – La Ultima Cita (O Último Compromisso) – Espanha.
  • Moritz Drath – Love Note (Bilhete de Amor) – Alemanha.
  • Moritz Reich – Sans Mot Dire (Sem Palavras) – França.

MELHOR MONTAGEM

  • Santiago José Asef – Abrindo as Janelas do Tempo – Brasil
  • Vinícius Prado Martins – Eu Sou o Super-Homem – Brasil
  • Jose Vega – Evil – Espanha.
  • Douglas Lima – As Copas por um Click  –Brasil
  • Rodrigo Daniel – Boca de Fogo – Brasil 
  • Quentin Lecocq – Sans Mot Dire (Sem Palavras) – França

MELHOR FIGURINO

  • Clarice Michelon – The Kiss (O Beijo) – Canadá 
  • Laurence Franco – Sans Mot Dire (Sem Palavras) – França 
  • Melanie Leutfeld – Love Note (Bilhete de Amor) – Alemanha
  • Natália Zincone – Escolhas – Brasil 
  • Cilene Borba – Abrindo As janelas do Tempo – Brasil 
  • Thais Sampaio e Marcus Cristaldo – Vampiros – Brasil

MELHOR MAQUIAGEM

  • Virginie Allais – Sans Mot Dire (Sem Palavras) – França
  • Alexandre da Costa – Love Note (Bilhete de Amor) – Alemanha
  • Sylvie Gonçalves e Nil Berköz – The Photographer (A Fotógrafa) França 
  • Juliana Fraga – Diamante, O Bailarina – Brasil 
  • Guilherme Araújo – Vampiros – Brasil
  • Kiko Ruiz – La Ultima Cita (O Último Compromisso) – Espanha

MELHOR SOM

  • Marc Nadal – La Condena (A Sentença) – Espanha. 
  • Érico Paiva – O Barco – Brasil
  • Ruben Valdes – Eu Sou O Super Homem – Brasil
  • Yeray Ferrer – Evil – Espanha.
  • Maxi Ramirez – La Ultima Cita (O Ultimo Compromisso) – Espanha
  • Maciej Adamczyk – Paralysis – Polônia 

MELHOR FOTOGRAFIA

  • Petrus Cariry – O Barco (Filme 11) – Brasil 
  • Kennel Rógis – Escolhas – Brasil
  • Eion Smith – The Kiss (O Beijo) – Canadá
  • Paméla Brugerolles – The Photographer (A Fotógrafa) – França
  • Jasper Techel – Love Note (Bilhete de Amor) – Alemanha
  • Matthieu Frabbri – Sans Mot Dire (Sem Palavras) – França

PRÊMIO ESPECIAL FILME AMBIENTAL

  • Entremarés – Brasil
  • Krenak – Brasil  

Deixe seu comentário

avatar
  Se inscrever  
Notificação de
1
×
Fale agora com nossa equipe!