Vilão de 007, morre o ator Yaphet Kotto

Informação foi dada pela esposa de Kotto pelas redes sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Yaphet Kotto morreu aos 81 anos (Reprodução)

O ator Yaphet Kotto, conhecido por papéis em “007: Viva e Deixe Morrer” e “Alien: O Oitavo Passageiro”, morreu na noite do último domingo (14), aos 81 anos. A informação foi dada por sua esposa, Sinahon Thessa, em postagem em rede social. A causa da morte não foi revelada.

Na publicação, Sinahon escreveu: “Estou triste e ainda em choque com o falecimento do meu marido, Yaphet, com quem eu estava há 24 anos. Ele morreu ontem à noite por volta das 22:30, horário das Filipinas.

Este é um momento de dor para mim informar a todos os fãs, amigos e familiares do meu marido”.

“Ainda tínhamos muitos planos, muitas entrevistas marcadas e ofertas de filmes, como ‘G. I. Joe’ e um filme de Tom Cruise, e outros. Ainda tinha planos para lançar o teu livro e construir uma organização religiosa baseada nos Ensinamentos de Yogananda. Interpretou vilões em alguns dos seus filmes mas, para mim, é um verdadeiro herói, e para muitas pessoas também”, contou.

Yaphet nasceu em Nova York, era filho de um imigrante camaronês e de uma enfermeira do Exército americano. O ator estreou sua carreira profissional em 1960, na peça teatral de Shakespeare “Otelo”,no Harlem. Depois, atuou na Broadway e foi para o cinema e para a televisão, onde acumula mais de 100 obras na filmografia. 

Kotto foi o primeiro vilão negro na série de James Bond, onde atuou como o ditador Dr. Kananga em “Com 007 Viva e Deixe Morrer”. Também interpretou o engenheiro espacial Dennis Parker no clássico da ficção científica “Alien, O Oitavo Passageiro”, de Ridley Scott, e atuou junto de Arnold Schwarzenegger no filme “O Sobrevivente”.

Por TV Cultura

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas