Mundo

Inundações causadas pelo tufão Doksuri atingem o nordeste da China

O nordeste da China enfrenta uma situação de emergência por causa das inundações provocadas pelo tufão Doksuri, que atingiu o país no final de julho e início de agosto. A tempestade, uma das mais fortes em anos, deixou mortos, desaparecidos e desabrigados em várias províncias chinesas, além de causar danos materiais e prejuízos econômicos.

O tufão Doksuri se formou no Oceano Pacífico no final de julho e chegou à costa da China no dia 31 de julho, trazendo fortes ventos e chuvas. Ele afetou as províncias de Fujian, Zhejiang, Jiangxi, Hunan, Hubei, Henan e Hebei, causando danos materiais e humanos.

O tufão Doksuri também provocou inundações no nordeste da China, uma região que raramente é afetada por esse tipo de fenômeno. As chuvas recordes chegaram ao nordeste no início de agosto, à medida que os resquícios do tufão se deslocaram para o interior. As províncias de Jilin, Liaoning e Heilongjiang foram as mais atingidas pelas enchentes, que inundaram fazendas, cidades e estradas.

Uma das cidades mais afetadas foi Shulan, na província de Jilin, onde quase 15 mil moradores tiveram que deixar suas casas. Uma pessoa morreu e quatro estão desaparecidas na cidade, segundo a imprensa estatal. A chuva continua caindo em Shulan desde 1º de agosto, com algumas áreas chegando a 489 milímetros, cinco vezes o recorde anterior. Pontes desabaram e estradas ficaram danificadas na cidade.

Siga nosso canal no Whatsapp
Inundações causadas pelo tufão Doksuri atingem o nordeste da China
Quase 15 mil moradores deixaram a cidade de Shulan, na província de Jilin, onde uma pessoa morreu e quatro estão desaparecidas, segundo a imprensa estatal(Redes Sociais)

As autoridades chinesas estão mobilizadas para socorrer as vítimas das inundações e reparar os danos causados pelo tufão Doksuri. Cerca de 1,54 milhão de pessoas foram retiradas de áreas de risco na província de Hebei, norte da China, na manhã deste sábado. A Secretaria da Segurança Pública informou que as circunstâncias do acidente serão investigadas pela Polícia Civil e pela Corregedoria da Polícia Militar.

O tufão Doksuri mostrou os efeitos das mudanças climáticas na China, que está cada vez mais vulnerável a eventos extremos como secas, inundações e tempestades. A China é o maior emissor de gases de efeito estufa do mundo e tem enfrentado desafios para reduzir suas emissões e se adaptar aos impactos do aquecimento global.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios