Brasil

Ponte desaba em rodovia federal e veículos caem em rio

Uma ponte desabou nesta quarta-feira, 28, no quilômetro 25, da BR-319, estrada que liga as cidades de Manaus (AM) a Porto Velho (RO). Testemunhas falam que há mortos, feridos e desaparecidos, mas a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que “ainda não foi possível fazer o levantamento de feridos”. O trecho está totalmente interditado, com equipes da corporação e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) atuando no local.

A estrutura fica próxima ao município de Careiro Castanho (a 88 quilômetros de Manaus) e é conhecida como “Ponte do Capitari” e “Ponte do Rio Curuçá”.

Foto mostra caminhões e carros dentro d'água e estrutura da ponte destruída após desabamento. Homem, na margem, observa os veículos.
Camninhões e carros caíram dentro do rio (Reprodução/via Revista Cenarium)

O acidente ocorreu por volta das 7h15 desta quarta-feira, 28, com veículos fazendo a travessia na hora do desabamento, entre eles, dois caminhões, uma kombi e um carro. Há relatos de pessoas também caminhando sob a ponte quando ela cedeu.

Nas redes sociais, vídeos compartilhados por internautas mostram duas pessoas deitadas ao chão às margens do rio, após os corpos serem resgatados. Nas imagens, também é possível ver os veículos caídos da ponte e submersos quase que por completos pela água.

Siga nosso canal no Whatsapp

Risco de cair na BR-319

Desde essa terça-feira, 27, equipes da PRF e Dnit estavam supervisionando o fluxo da ponte após a identificação de risco do trecho desabar. A estrutura apresentava más condições de infraestrutura, como rachaduras. A recomendação do Dnit era para que somente veículos leves pudessem transitar no local, segundo nota da PRF à imprensa.

Imagens obtidas pela CENARIUM, no entanto, mostram o tráfego de veículos pesados na ponte. Em vídeo, um homem fala sobre a briga da liberação da ponte. “Desabou aqui, no Rio Curuçá. Tem pessoas, a kombi afundou. Estava uma briga para liberarem a passagem e ela desabou”, narra uma testemunha após o acidente.

Em nota

O Governo do Amazonas informou que está prestando atendimento às vítimas do acidente na BR-319 e que equipes da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Secretária de Estado de Saúde (SES-AM) estão se dirigindo ao local, com mergulhadores e ambulâncias de suporte avançado para os primeiros atendimentos.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios