Brasil

Presa controladora de voo envolvida em acidente com Chapecoense

Celia Castedo Monasterio será extraditada por ordem do STF (Reprodução)

A Polícia Federal (PF) prendeu, na última quinta-feira (23), a responsável pela análise e aprovação do plano de voo que vitimou 71 pessoas no desastre com a equipe da Chapecoense em 2016.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a extradição de Celia Castedo Monasterio pois a controladora é procurada pela Justiça boliviana. Ela deve responder pelo crime de atentado contra a segurança do espaço aéreo.

Ela tinha a responsabilidade de analisar e aprovar a rota do avião, que caiu próximo de Medelin, na Colômbia. O acidente ocorreu no dia 29 de novembro de 2016, e apenas três jogadores da equipe catarinense que estavam a caminho do jogo sobreviveram.

Desde o acontecimento, a suspeita estava em Corumbá (MS). Na ocasião, a boliviana teria deixado de observar procedimentos mínimos e necessários para o funcionamento da operação.

Siga nosso canal no Whatsapp

Por TV Cultura

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios