Mundo

Rei Charles III é diagnosticado com câncer e se afasta da vida pública

O monarca britânico foi diagnosticado com uma forma de câncer após uma cirurgia na próstata e iniciou o tratamento nesta segunda-feira (5).

O monarca britânico foi diagnosticado com uma forma de câncer após um procedimento na próstata(Divulgação – Instagram)

O Palácio de Buckingham anunciou nesta segunda-feira (5) que o rei Charles III, de 75 anos, está com uma forma de câncer, descoberta durante uma internação hospitalar para tratar de um aumento da próstata realizada há cerca de 10 dias. O comunicado não revelou qual o tipo nem o estágio da doença, mas informou que o monarca iniciou o tratamento e vai ficar fora da vida pública até a recuperação.

O rei Charles III é o chefe de Estado do Reino Unido e de outros 15 países da Commonwealth, além de ser o líder da Igreja Anglicana. Ele foi coroado em 2023, após a morte da rainha Elizabeth II, sua mãe, que reinou por 69 anos. Charles é o monarca mais velho a assumir o trono britânico e o que mais esperou pela sucessão.

Segundo o palácio, o rei descobriu o câncer durante um procedimento corretivo para o aumento da próstata, que não era maligno, mas causava desconforto e dificuldade para urinar. Durante a internação, os médicos perceberam um possível problema não relacionado com o procedimento original e solicitaram mais exames, que confirmaram o diagnóstico de câncer.

O palácio não divulgou detalhes sobre o tratamento do rei, mas afirmou que ele é acompanhado por uma equipe de especialistas e que está bem. O rei retornou a Londres nesta segunda-feira, depois de uma viagem a Sandringham, e deve permanecer na capital britânica neste período. Ele vai se afastar das tarefas de atendimento ao público, mas vai continuar a exercer os negócios do Estado e a documentação oficial como de costume.

Siga nosso canal no Whatsapp

O rei decidiu divulgar seu estado de saúde para evitar especulações e para conscientizar a população sobre a situação das pessoas que sofrem de câncer. Ele recebeu mensagens de apoio e solidariedade de líderes mundiais, como o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, e o presidente da França, Emmanuel Macron. O príncipe William, filho mais velho do rei e segundo na linha de sucessão, disse que está confiante na recuperação do pai e que ele é um exemplo de força e coragem.

O rei Charles III tem um histórico de saúde relativamente bom, apesar de ter contraído Covid-19 em 2020, quando a pandemia começou. Ele teve sintomas leves e se recuperou em isolamento. Ele também sofre de inchaço nas mãos e nos pés, que ele atribui ao estresse e à genética. Ele é adepto de uma alimentação saudável, de exercícios físicos e de medicina alternativa.

O câncer é uma das principais causas de morte no mundo e no Reino Unido. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a doença matou cerca de 10 milhões de pessoas em 2020. No Reino Unido, estima-se que uma em cada duas pessoas terá algum tipo de câncer durante a vida. Os tipos mais comuns são os de mama, próstata, pulmão e intestino.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios