Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Religiosos e agentes feitos reféns são libertados por presos

(Reprodução)

Quatro religiosos e dois agentes penitenciários foram libertados por presos rebelados no Centro de Detenção Provisória de Taubaté, no interior de São Paulo. O desfecho aconteceu, segundo a Folha de São Paulo, no começo da noite, depois de quase trinta horas de motim.

Os presos se rebelaram durante a tarde de quarta-feira (8). Segundo a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária de São Paulo, durante a manhã de hoje, dois religiosos foram liberados.

Ao todo, segundo o Estado, 11 membros de entidades ligadas a igrejas foram tomados reféns. Todos evangélicos.

A unidade prisional Doutor Félix Nobre de Campos tem capacidade para 844 detentos, mas abriga atualmente 1.512 pessoas.

*com informações da Agência Brasil

Deixe seu comentário

avatar
  Se inscrever  
Notificação de
1
×
Fale agora com nossa equipe!