Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Viatura e prédios da Polícia Civil são vandalizados durante Virada Cultural em SP

Viatura da Polícia Civil aparece depredada em foto que circula no WhatsApp

Uma viatura e dois prédios da Polícia Civil de São Paulo foram vandalizados na madrugada deste domingo (20) em três locais do Centro de São Paulo durante aVirada Cultural 2018.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública (SSP), dois suspeitos foram detidos, depois foram liberados pela Justiça.

De acordo com informações da SSP, uma viatura do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) foi pichada na Avenida São João por volta das 3h. No vídeo acima é possível ver pessoas pulando em cima do carro da Polícia Civil. No áudio é possível ouvir alguém falando no microfone para não ter “vandalismo”.

Ainda de acordo com a assessoria, o prédio do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD), na Avenida Cásper Líbero, foi pichado na madrugada.

E o prédio do Palácio da Polícia Civil, na Rua Brigadeiro Tobias, teve um vidro da porta quebrado depois das 6h, de acordo com a secretaria.

Suspeitos presos

Segundo o boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial (DP), no Bom Retiro, o estudante João Victor Coutinho Encarnação Fraguas, de 19 anos, foi preso por suspeita de pichar a fachada do IIRGD. Ele foi responsabilizado por pichação, dano ao patrimonio, resistência e desobediência. Segundo a polícia, o suspeito carregava três gizes coloridos.

O segundo preso em flagrante foi outro estudante. Victor Hugo Santos do Vale, de 22 anos, foi acusado de quebrar o vidro do prédio do Palácio da Polícia.

Nos dois casos, os policiais que estavam nos locais fizeram as prisões. Os detidos foram levados à delegacia, e, de acordo com informações do policial de plantão, eles foram encaminhados para audiência de custódia na Justiça, que os soltou sem pagamento de fiança para que respondam aos crimes em liberdade.

Viatura danificada

Sobre o carro do DPPC pichado, ainda não há autoria conhecida. Um vídeo que mostra a viatura sendo pisoteada circula em grupos do WhatsApp. A confirmação de que é a viatura da Polícia Civil foi feita pela comparação do número do prefixo do carro das imagens, que é o mesmo que está no boletim de ocorrência do caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Fale agora com nossa equipe!
Powered by