Conselho confirma greve dos caminhoneiros nesta segunda

CNTRC reúne 40 mil caminhoneiros no Estado de São Paulo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC) planeja uma paralisação da categoria a partir da próxima segunda-feira (1) e por tempo indeterminado. Eles reivindicam melhores condições de trabalho, protestam conta o aumento do preço do combustível e cobram um posicionamento sobre o marco regulatório do transporte marítimo (BR do Mar). 

A decisão pela paralisação foi tomada em 15 de dezembro do ano passado durante uma assembleia geral do CNTRC. O Conselho conta com 40 mil caminhoneiros paulistas e mais afiliados em outros estados.

Na última semana, Jair Bolsonaro (sem partido) fez um apelo a classe para não fazerem a greve. Segundo o presidente, isso seria muito prejudicial para o país. Além disso, ele afirma que estuda alternativas para reduzir o preço do diesel. 

Em 2018, o grupo realizou uma paralisação que durou dez dias, e afetou todo o sistema de distribuição em todo o país. Consequência disso foram as filas nos postos de gasolina e mercados com prateleiras vazias. 

Mesmo com a greve, a CNTRC garante que 30% do total dos trabalhadores vão continuar trabalhando.

Por TV Cultura

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas