Motoristas de ônibus planejam greve em São Paulo

O Sindmotoristas, entidade que representa os trabalhadores dos ônibus da capital, fará uma reunião nesta segunda-feira(19)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Motoristas e cobradores de ônibus da capital paulista e de Guarulhos, na Grande São Paulo, planejam uma paralisação a partir da zero hora desta terça-feira(20), com duração de pelo menos 24 horas, o objetivo reivindicar um posicionamento do governo estadual sobre a vacinação contra a covid-19 dos profissionais da área que se dizem expostos à doença, já que o transporte público não parou desde o início da pandemia.

O objetivo é realizar um “lockdown do sistema de transporte” nesta terça, dia 20(Nivaldo Lima/SP AGORA)

Alé dos coletivos, profissionais da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) podem cruzar os braços no próximo dia 27, por tempo indeterminado, segundo informou o STEFSP (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias de São Paulo). A categoria reivindica, além da vacinação, reajuste salarial e participação nos lucros.

Já os trabalhadores do metrô participam de uma assembleia virtual, a partir das 19h desta segunda-feira, quando vão definir se aderem à paralisação juntamente com o trnasporte rodoviário e a CPTM.

No sábado, o governo João Doria (PSDB) enviou um email para as categorias afirmando que trabalhadores do metrô e da CPTM serão vacinados contra a Covid-19 em São Paulo a partir do próximo dia 11 de maio.

Segundo o Sindmotoristas, que representa motoristas e cobradores de ônibus em São Paulo, a greve, chamada por eles de “lockdown do sistema de transporte”, está definida para a zero hora desta terça-feira. O órgão representativo, porém, realiza uma reunião com sua diretoria e representantes sindicais do setor, marcada para às 15h desta segunda-feira (19), quando devem ser definidos detalhes sobre como será a paralisação.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas