Ônibus clandestinos são apreendidos durante operação

Passageiros seguiram viagem em ônibus regular
Multas aplicadas somam R$ 30 mil (ANTT/Divulgação)

Dois ônibus que faziam viagens clandestinas foram apreendidos hoje (2) durante a Operação Pascal, que visa combater o transporte clandestino interestadual de passageiros. A ação é da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), com o apoio da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo (GCM).

Na vistoria em um dos veículos , realizada no Terminal Rodoviário do Tietê, o Canil da GCM encontrou 120 pedras de crack e 99 papelotes de cocaína. A nota divulgada pela ANTT não informa se o dono da droga foi identificado.

Notíciasrelacionadas

GCM deu apoio aos agentes da ANTT (ANTT/Divulgação)

Segundo a Agência, 46 passageiros que estavam nestes ônibus tiveram as passagens pagas, em ônibus regulares, pelas empresas flagradas.

A fiscalização acontece devido ao aumento das denúncias do transporte clandestino de passageiros entre estados, durante a pandemia de Covid-19. Um ônibus saía de São Paulo com destino a São José do Paraíso/MG e o outro vinha de Maceió/AL para São Paulo/SP.

Os agentes também flagraram irregularidades relacionadas à segurança, incluindo uma motocicleta no bagageiro com combustível no tanque, parabrisas trincados, ausência de faixas refletivas, pneus carecas e extintor de incêndio vencido.

(ANTT/Divulgação)

Apesar da fiscalização ter sido feita na Rodovia Fernão Dias (BR381) e na Via Dutra (BR116), em São Paulo, os veículos irregulares foram encaminhados para o Terminal Rodoviário do Tietê para que as empresas infratoras providenciassem passagens aos passageiros em linhas regulares. Os dois veículos foram removidos para pátio credenciado pela ANTT.

Os infratores estão sujeitos a multa no valor de R$ 7.500 pelo transporte clandestino. Os veículos apreendidos só são liberados após comprovação do pagamento das passagens em empresa regular, bem como as despesas referentes as diárias de pátio e guincho. O valor total das autuações na ação de hoje foi de R$30.000.

Balanço

Apesar da pandemia, e da redução da atividade econômica, a ANTT já apreendeu cerca de 820 veículos somente em 2020, sendo restituídos ao transporte autorizado cerca de 25000 passageiros. A fiscalização aplicou 18.677 Autos de Infração, causando um impacto de mais de R$ 10 milhões ao transporte clandestino.

Alerta

A Agência alerta sobre os perigos de utilizar o transporte clandestino de passageiros. Via de regra, no transporte clandestino os motoristas não possuem treinamento, cumprem jornadas exaustivas de trabalho e os veículos são precários, geralmente apresentando péssimo estado de conservação e manutenção, o que aumenta em quatro vezes a letalidade dos acidentes envolvendo esse tipo de transporte.

A ANTT alerta também quanto ao risco de infecção pelo novo coronavírus a que os passageiros que optam pelo transporte clandestino ficam expostos pela não adoção das determinações vigentes de higienização dos veículos.

Denúncia

Para denuncias, a Agência disponibiliza os canais:  WhatsApp (61) 9688-4306.; telefone 166 ou e-mail [email protected]

*com informações da ANTT

Notícias relacionadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo