Flamengo é campeão brasileiro de 2020

Embora tenha perdido de 2 a 1 para o São Paulo no Morumbi, o Flamengo é campeão brasileiro da série A 2020. O título foi alcançado na noite desta quinta-feira, 25, e só foi conquistado porque o Internacional não conseguiu sair do zero a zero contra o Corinthians em jogo que aconteceu simultaneamente no Beira Rio, em Porto Alegre.

Líder do campeonato com 71 pontos, o Rubro-negro conquista o segundo título nacional consecutivo, o oitavo de sua história. Com o empate o Internacional se sagrou vice-campeão com 70 pontos.

Palmeiras vai ao Rio e perde para o Flamengo

(Cesar Greco/Fotos Públicas)

No duelo para saber quem ia perseguir Internacional e São Paulo na disputa do título, deu Flamengo. O Rubro-negro derrotou o Palmeiras por 2 a 0 nesta quinta-feira (21), no estádio Mané Garrincha, chegou à terceira posição, com 55 pontos, e depende apenas dos seus resultados para conquistar o Campeonato Brasileiro. O Verdão permanece na quinta colocação, com 51 pontos e se distanciou da liderança.

O jogo

A primeira chegada foi do Palmeiras. Aos três minutos, Viña recebeu pela esquerda nas costas de Isla, avançou e passou para William, que, dentro da pequena área, perdeu grande chance e chutou para fora. O Flamengo respondeu dois minutos depois com um belo lance de Arrascaeta. Isla tentou lançamento na área, a bola desviou na zaga e sobrou para o uruguaio, que emendou uma bicicleta. O goleiro Weverton fez grande defesa e salvou o Verdão.

Depois dos sustos, o Rubro-negro passou a dominar a partida, mas perdia muitas chances. Aos 11 minutos, Gabigol entrou sozinho na área, mas tentou o passe quando a melhor opção era o chute. Dois minutos depois, o camisa 9 aproveitou sobra na entrada da área e finalizou por cima do gol. Quem também desperdiçou oportunidade foi Everton Ribeiro, aos 28 minutos, que disparou da entrada da grande área, mas a bola passou à esquerda de Weverton.

O Palmeiras só respondeu aos 39 minutos, em contra-ataque com Danilo, mas a finalização não levou perigo. No fim da primeira etapa, o Flamengo chegou ao gol. O Rubro-negro pressionou a saída de bola e Everton Ribeiro subiu pela esquerda. A zaga tentou cortar e a bola sobrou para Bruno Henrique. O camisa 27 tocou para Arrascaeta, que deu um leve toque. A bola passou entre as pernas de Weverton. Na tentativa de afastar, Kuscevic chutou em cima de Luan, que mesmo “sem querer”, fez gol contra.

Precisando empatar, o Palmeiras partiu para cima no início do segundo tempo. Aos nove minutos, Raphael Veiga fez bela jogada pela esquerda e cruzou. A bola sobrou para Gabriel Menino, que, sozinho, na marca do pênalti, chutou de perna direita para fora, perdendo a melhor oportunidade do Verdão no jogo.

O Flamengo respondeu aos 11 minutos. Gabigol recebeu lançamento e chutou cruzado para grande defesa de Weverton. A arbitragem marcou impedimento, que não existiu. O Rubro-negro quase ampliou aos 27 minutos. Cobrança de falta pela esquerda e Gustavo Henrique apareceu sem marcação dentro da área para cabecear, mas acabou mandando para fora.

Mesmo atrás no placar, o Palmeiras não assustava o goleiro Hugo Souza. Na defesa, errava muito e cedia oportunidade ao Flamengo. Aos 35 minutos, Gustavo Scarpa saiu jogando errado e entregou para Bruno Henrique. Ele arriscou e Weverton salvou. Na cobrança de escanteio, o time carioca definiu a vitória. Cabeçada de Gustavo Henrique, a bola tocou em Pedro e sobrou para Pepê fuzilar o gol do Verdão.

Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta o Athletico-PR domingo (24), às 16h, na Arena da Baixada. No mesmo dia, também às 16h, o Palmeiras pega o Ceará, no Castelão.

Por Maurício Costa, da Agência Brasil

Após dois anos, MP denuncia 11 pessoas por incêndio no Ninho do Urubu

O Ministério Público (MP) denunciou à Justiça pelo crime de incêndio culposo qualificado 11 pessoas apontadas como responsáveis pela tragédia do Ninho do Urubu, quase dois anos atrás. No dia 8 de fevereiro de 2019, o incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo provocou a morte de dez adolescentes e lesões em mais três.

Segundo a denúncia, oferecida junto à 36ª Vara Criminal da Capital, houve desobediência a sanções administrativas impostas pelo Poder Público por descumprimento de normas técnicas regulamentares e ocultação das reais condições das construções existentes no local ante a fiscalização do Corpo de Bombeiros.

De acordo com o MP, houve ainda contratação e instalação de contêineres em discordância com regras técnicas de engenharia e arquitetura para servir de dormitório de adolescentes, inobservância do dever de manutenção adequada das estruturas elétricas e inexistência de plano de socorro e evacuação em caso de incêndio.

A ação penal relata que, antes do incêndio, o Centro de Treinamento tinha sido interditado pelo fato de o Flamengo exercer ilegalmente atividade no local. A denúncia destaca que, em 2015, o MP ajuizou ação civil pública buscando a interdição imediata do alojamento da base do Flamengo, justamente por conta da sua estrutura precária e da ausência de monitores treinados e adequados para cada grupo de dez jovens, inclusive durante o período noturno.

De acordo com o MP, o denunciado Eduardo Carvalho Bandeira de Mello, então presidente do clube e detentor final da tomada de decisão, optou por não cumprir a disponibilização de um monitor por turno para cada dez adolescentes residentes e por não adequar a estrutura física do espaço destinado a eles às diretrizes e parâmetros mínimos.

Conforme a denúncia, Bandeira tinha plena ciência do estado de clandestinidade administrativa dos módulos habitacionais. Ainda segundo o MP, os outros denunciados também incrementaram o risco ao negligenciar diversos cuidados necessários e adotar condutas que caracterizam imperícia.

Ao fim do processo, os denunciados estarão sujeitos a penas de detenção de 1 ano e 4 meses a 4 anos, com aumento de pena de um sexto até a metade, em razão do concurso formal.

Bandeira de Mello foi procurado pela reportagem, mas não retornou o pedido de posicionamento sobre a denúncia.

*Com informações da Agência Brasil

Com dois de Gabigol, Flamengo vence Santos por 4 a 1

O Flamengo recebeu o Santos neste domingo (13) no estádio do Maracanã, em jogo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, e venceu por 4 a 1 para alcançar os 45 pontos (na 3ª posição da classificação).

Já a equipe da Vila Belmiro, que entrou em campo com uma equipe alternativa (porque o técnico Cuca decidiu poupar seu time para o jogo contra o Grêmio da próxima quarta-feira pela Libertadores), ficou na 8ª posição com 38 pontos.

Triunfo de goleada
Diante de um adversário que claramente sentia falta de entrosamento e se posicionava atrás em busca de oportunidades em jogadas de contra-ataque, o Flamengo começou a partida com mais volume, mas com dificuldades para furar a defesa adversária.

Assim, o time da Gávea só conseguiu abrir o marcador aos 41 minutos, quando o volante Gerson aproveita bola que fica viva na área após bate e rebate para fazer de cabeça.

O segundo veio logo no início da etapa final. O uruguaio Arrascaeta é derrubado dentro da área e o juiz marca pênalti. Gabigol vai para a cobrança e não falha aos 4 minutos.

O 3 a 0 não demorou a sair. Aos 12 minutos Bruno Henrique cruza e o goleiro João Paulo tira parcialmente, a bola sobra para Filipe Luís, que, com frieza, se livra de um adversário e bate para vencer o goleiro adversário.

Mas o Flamengo queria mais, e alcançou aos 25 minutos, graças a nova cobrança de pênalti perfeita de Gabigol, que bateu deslocando o goleiro João Paulo.

Quatro minutos depois, os meninos do Santos conseguem marcar o seu gol de honra, quando Madson cruza e Bruninho chega no meio da zaga para fazer de cabeça. A partida permaneceu movimentada, mas o placar ficou inalterado até o final, com a vitória do Flamengo de 4 a 1 sobre o Santos.

Próximos compromissos
Na próxima rodada o Santos visita o Vasco em São Januário no domingo (20), dia no qual o Flamengo recebe o Bahia.

*Com informações da Agência Brasil.

São Paulo ofusca estreia de Ceni e derrota Flamengo

(São Paulo FC/Divulgação)

O São Paulo ofuscou a estreia de Rogério Ceni no comando do Flamengo nesta quarta-feira (11) à noite. Clube do qual o ex-goleiro é ídolo, o Tricolor venceu o Rubro-Negro por 2 a 1 no Maracanã, no Rio de Janeiro. A partida valeu pelas quartas de final da Copa do Brasil. O duelo de volta será na quarta-feira (18), às 21h30 (horário de Brasília), no Morumbi, em São Paulo. O time paulista tem a vantagem do empate. A equipe carioca tem de ganhar por ao menos dois gols de diferença para se classificar – vitória por um gol leva a decisão para os pênaltis.

Para a estreia no Rubro-Negro, Ceni simulou a formação que costumava usar no Fortaleza – e que lembra o desenho tático do próprio Flamengo, quando dirigido por Jorge Jesus – com quatro jogadores de frente, sendo dois abertos (Vitinho e Michael) e dois centralizados (Bruno Henrique e Gabigol). Com a bola rolando, outra semelhança ficou evidente: a marcação pressão no campo adversário.

A retomada de bolas na intermediária proporcionou as melhores chances do Rubro-Negro na primeira etapa. Logo aos três minutos, o volante Gerson fez o desarme e lançou Vitinho, que bateu cruzado e obrigou Tiago Volpi a se esticar para defender. Aos 15, em lance semelhante, Vitinho rolou para Gabigol na pequena área, mas ele bateu para fora. No minuto seguinte, após a posse ser retomada por Bruno Henrique, o camisa 9 finalizou de longe, parando outra vez no arqueiro tricolor.

Aos 25 minutos, Gabigol até levou a melhor sobre Volpi, mas o lance foi anulado por impedimento milimétrico do atacante. O Flamengo ainda chegou em mais três lances originados em bolas tomadas no campo tricolor. No último deles, aos 48, Vitinho rolou para Bruno Henrique bater e o goleiro do São Paulo salvar mais uma vez. Sob pressão, o time paulista sequer finalizou ao gol rubro-negro.

Só que a primeira chegada do Tricolor, aos dois minutos do segundo tempo, foi fatal. Lançado pelo meia Gabriel Sara, o atacante Brenner apareceu por trás da zaga e chutou na saída do goleiro Diego Alves. A resposta flamenguista veio no minuto seguinte – desta vez, com bola na rede de Gabigol. De volta à equipe titular após um mês e meio se recuperando de uma lesão no tornozelo, o atacante recebeu de Bruno Henrique, invadiu a área e tocou por cima de Tiago Volpi.

Apesar do gol sofrido, o São Paulo passou a comandar o meio-campo. Aos 11 minutos, o atacante Luciano recebeu e finalizou, para defesa de Hugo Souza – que substituiu Diego Alves, com câimbras. Quando retomou a marcação pressão, o Flamengo voltou a ser melhor, aproveitando erros de passe do adversário para agredir. Aos 23, o zagueiro Bruno Alves saiu jogando errado e entregou nos pés de Giorgian De Arrascaeta. O meia chutou de primeira, mas ao lado da meta tricolor.

Por ironia, um erro do Flamengo acabou sendo decisivo. Aos 42 minutos, Hugo Souza dominou mal a bola recuada pelo zagueiro Léo Pereira. Atento às orientações do técnico Fernando Diniz, que pedia pressão alta à beira do campo, Brenner desarmou o goleiro – que o tentou driblar – e fez o gol da vitória do São Paulo. Curiosamente, o sexto do atacante em três duelos contra Ceni, treinador que o revelou quando treinava o próprio Tricolor.

Os dois times voltam a campo no sábado (14). Às 19h, o São Paulo visita o Fortaleza na Arena Castelão. Mais tarde, às 21h30, o Flamengo pega o Atlético-GO no Maracanã. Os dois jogos valem pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Estreia (também) amarga

Outro técnico a estrear – no caso, reestrear- nesta quarta-feira foi Abel Braga. Campeão da Libertadores e Mundial pelo Internacional, o treinador não começou bem a nova passagem pelo Colorado. No Beira-Rio, em Porto Alegre, também pelas quartas de final da Copa do Brasil, o América-MG surpreendeu o time gaúcho e venceu por 1 a 0. O Coelho tem a vantagem do empate para o duelo de volta, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Estádio Independência, em Belo Horizonte.

O time mineiro foi mais perigoso no primeiro tempo e chegou ao gol logo aos 12 minutos. O lateral Diego Ferreira cruzou pela direita e o atacante Rodolfo escorou de cabeça, no contrapé do goleiro Marcelo Lomba. Foi o sexto gol do camisa 9 na competição, igualando-se o atacante Léo Gamalho (ex-CRB) e ao são-paulino Brenner na artilharia.

As equipes mudam a chave para os respectivos Campeonatos Brasileiros. O Inter volta a jogar no sábado, às 16h30, contra o Santos, fora de casa, pela 21ª rodada da Série A. No mesmo dia, mas às 21h30, o América-MG visita o Cuiabá na Arena Pantanal, pela Série B, que também está na 21ª rodada.

Confira a tabela completa da Copa do Brasil.

Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional 

São Paulo encara Flamengo de Rogério Ceni

(Alexandre Vidal/Flamengo/via Agência Brasil)

Na estreia do técnico Rogério Ceni, o Flamengo enfrenta o São Paulo nesta quarta-feira (11) no Maracanã pelas quartas de final da Copa do Brasil. A partida será realizada às 21h30 (horário de Brasília) com transmissão da Rádio Nacional. Os donos da casa entram em campo pressionados por duas goleadas consecutivas sofridas no Campeonato Brasileiro, contra o próprio o São Paulo (4×1) e Atlético-MG (4×0). Os dois reveses foram a gota d’água para a demissão do treinador Domènec Torrent na última segunda-feira (9). Já o Tricolor Paulista chega motivado após alcançar o G4 do Brasileirão na rodada passada, contra o Goiás.

Apesar dos são paulinos se encontrarem com o melhor aproveitamento do Campeonato Brasileiro, com 64,7% em 17 jogos disputados, as eliminações prematuras nas Copas Sul-Americana, na Segunda Fase, e Libertadores, Fase de Grupos, deixam a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz sob desconfiança.

Diferentemente do Flamengo, que embora tenha demitido o catalão Domènec Torrent, passou na primeira colocação do Grupo A da Libertadores. Além disso, a classificação do time carioca para as quartas da Copa do Brasil foi conquistada de forma mais tranquila em relação ao clube paulista. Nas oitavas de final, após dois empates (2×2 e 3×3), o São Paulo venceu o Fortaleza nos pênaltis por 10 a 9. Já o Flamengo garantiu a vaga após duas vitórias contra o Athlético-PR por 1 a 0, na Arena da Baixada, e 3 a 2, no Maracanã.

Flamengo e São Paulo será transmitido ao vivo pela Rádio Nacional, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz, reportagem de Mauricio Costa e plantão de Bruno Mendes.

Ceni tem curto tempo de preparação

Anunciado e apresentado pela diretoria do Flamengo nesta terça-feira (10), o treinador Rogério Ceni terá menos de 48 horas para definir o time que começa jogando hoje (10) à noite. O maior desafio de Ceni é ajustar a defesa, que é a segunda mais vazada do Brasileirão, com 29 gols sofridos no total. O clube rubro-negro fica atrás somente do lanterna Goiás, que já viu sua rede balançar 33 vezes.

Outros jogos das quartas de final

Nesta quarta-feira (11), outros três confrontos movimentam as quartas de final da Copa do Brasil. Às 16h30, o Palmeiras encara o Ceará no Allianz Parque, em São Paulo (SP). Às 19h, o Cuiabá recebe o Grêmio na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). No mesmo horário de Flamengo e São Paulo, às 21h30, o Internacional duela com o América-MG no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Confira aqui a tabela de classificação da Copa do Brasil.

Por Rafael Monteiro

Após golear Corinthians, Flamengo assume liderança

(Robson Fernandjes/Allsports/via Fotos Públicas)

O Flamengo venceu o Corinthians por 5 a 1, neste domingo (18), na Arena Neo Química. A partida, foi válida pela 17ª sétima rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, foi transmitida pela Rádio Nacional. O resultado coloca a equipe carioca na liderança provisória da Série A, com 34 pontos. Os cariocas podem ceder o lugar, pois o G4 só será definido após os resultados da rodada, dos duelos Internacional x Vasco, e  Atlético-MG x Bahia.  A derrota deixou o Timão na 14ª posição, com 18 pontos, próximo da zona de rebaixamento. Confira AQUI a tabela de classificação da Série A do Brasileirão.

A partida começou equilibrada. Aos nove minutos, Pedro mandou para as redes, mas o VAR anulou o lance, porque a bola tinha saído antes pela linha lateral. O Flamengo seguiu melhor e, aos 31, Éverton Ribeiro marcou de cabeça, após ótimo cruzamento da esquerda de Filipe Luís.

No segundo tempo, os cariocas voltaram com mais apetite ofensivo. Da entrada da grande área, Vitinho chutou e ampliou. O terceiro nasceria da cobrança de escanteio, aproveitado pelo zagueiro Natan, de cabeça. O Timão esboçaria uma reação, descontando com uma cabeçada certeira de Gil, aos 18 minutos, para a meta do goleiro Hugo. Entretanto, atacando em velocidade, o Rubro-Negro chegaria ao quarto gol com Bruno Henrique. Aos 40 minutos, a zaga corintiana bobeou e Diego Ribas, limpando a jogada entre dois marcadores, selou a goleada.   

O Flamengo enfrenta o Internacional, no próximo domingo (25), no Beira-Rio, em Porto Alegre, pelo Brasileirão. Antes disso, porém, encara o Junior Barranquilla (Colômbia) no Maracanã. O Rubro-Negro entrará em campo na quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), já com a vaga garantida para as oitavas de final do principal torneio das Américas. O jogo terá transmissão ao vivo na Rádio Nacional, com narração de André Marques, comentários de Mário Silva, reportagem de Rodrigo Campos e plantão de Luiz Ferreira. O Show de Bola Nacional começa às 21h (horário de Brasília).

Já o Corinthians visita o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro, na próxima quarta-feira (21), pela 18ª rodada do Brasileirão.

Por Rodrigo Ricardo, da Agência Brasil

Libertadores: Flamengo encara Independiente del Valle no Equador

(Arquivo/Alexandre Vidal/Flamengo)

O embate estava marcado para ocorrer em março, mas precisou ser adiado devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Após seis meses de espera, chegou o dia. Flamengo e Independiente del Valle, do Equador, se enfrentam nesta quinta-feira (17), primeira partida das  equipes no retorno da Copa Libertadores da América.

A partida será realizada na altitude da capital Quito,  a 2.850 metros do nível do mar, no estádio Casa Blanca, a partir das 21h (horário de Brasília). Antes da interrupção por conta da pandemia, os dois clubes haviam alcançado 100% de aproveitamento e, desta forma, ainda ocupam as duas primeiras colocações do Grupo 1. Em dois jogos disputados, eles venceram nas duas oportunidades, embora o time equatoriano tenha seis gols de saldo, contra quatro da equipe brasileira.

Enquanto a bola não rolava pelo torneio continental, o Flamengo conquistou o Campeonato Carioca. Já no Brasileirão, os rubro-negros sofreram tropeços inesperados: perdeu por 3 a 0 para o Atlético-GO na segunda rodada e, no último domingo (13) sofreu revés de 2 a 0 diante do Ceará. Além disso, as atuações do time vêm gerando desconfiança. À beira do campo, o técnico Domènec Torrent tem realizado um sistema de rodízio no time titular, que nem sempre resulta em desempenho satisfatório. Estratégia da que era adotada pelo ex-treinador português Jorge Jesus, que dificilmente modificava a escalação sem justificativa, como lesão ou suspensão.

Durante o período sem jogos na Libertadores, o elenco teve uma baixa importante: o lateral-direito Rafinha deixou o clube ao Olympiakos, da Grécia. Como reposição, a diretoria da equipe carioca contratou o chileno Mauricio Isla, que vem se destacando a cada jogo.

Para o confronto de hoje (17), Dome ainda não poderá contar com o goleiro Diego Alves, que ficou no Rio de Janeiro se recuperando de lesão no ombro esquerdo. O atleta havia sido diagnosticado com a covid-19 no último dia 3, mas o resultado de um novo teste, divulgado ontem (16), foi negativo para a presença do vírus.  Por outro lado, o catalão terá à disposição o atacante Bruno Henrique, recuperado de um edema no joelho.

Já os donos da casa são os líderes do Campeonato Equatoriano. Em 13 jogos disputados, o Independiente del Valle pedeu apenas uma vez, venceu oito e empatou quatro jogos. Desde o retorno da competição nacional, em agosto, a equipe equatoriana permanece invicta. Em nove jogos, obteve três empates e seis vitórias. Além disso, conta com o artilheiro do campeonato nacional, o panamenho Gabriel Torres, com 12 gols marcados.

Confira AQUI a tabela da Copa Libertadores da América.

Por Rafael Monteiro – Repórter da Rádio Nacional 

Fluminense supera Flamengo e conquista Taça Rio

No Maracanã de portões fechados e milhões de internautas na torcida, o Fluminense venceu o Flamengo na disputa de pênaltis por 3 a 2, após um empate em 1 a 1 nos 90 minutos, e levantou a Taça Rio nesta quarta (8).

(Mailson Santana/Fluminense/via Fotos Públicas)

Este resultado força a realização de mais dois jogos para decidir quem ficará com o título de Campeão Estadual. Como já havia conquistado a Taça Guanabara e também somou o maior número de pontos na fase de grupos, a equipe de Jorge Jesus poderia se sagrar bicampeã carioca e levar o 36º título carioca para a Gávea. Entretanto, o futebol resolveu prorrogar esse torneio, que foi marcado pela pandemia, pelo retorno ou não da competição e pelas disputas sobre os direitos de transmissão dos jogos, alterados a partir da Medida Provisória 984.

Dentro do campo, durante os 90 minutos, as equipes empataram em 1 a 1. Com mais marcação, o Fluminense começou melhor e saiu na frente com gol de cabeça do lateral Gilberto aos 37 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, aos 32, Pedro, também de cabeça, escorou cruzamento da esquerda e empatou o placar.

Com a igualdade no marcador ao final dos 90 minutos, a disputa foi direto para as penalidades. Nas cobranças, melhor para a pontaria e para o goleiro do tricolor. O zagueiro Léo Pereira chutou para fora e Muriel defendeu os chutes de Willian Arão e Rafinha. Já Hudson e o uruguaio Michel desperdiçaram para o Flu.

Finais do Estadual

Com a conquista da Taça Rio pelo Fluminense, o título do Carioca será disputado em mais duas partidas. A primeira acontece no próximo domingo (12) às 16h. O mando de campo será do Fluminense. A partida de volta, com mando do Flamengo, será na próxima quarta (15) às 21h30.

Fla x Flu no tapetão

Mais cedo Flamengo e Fluminense também duelaram nos tribunais esportivos sobre quem teria do direito de transmitir a partida pelo Youtube, pois a Rede Globo, alegando quebra de contrato, desistiu de exibir as partidas finais do Carioca. Pela recém-publicada Medida Provisória 984, de 18 de junho, o direito de transmissão é de exclusividade do mandante do jogo.

Nesta final, em sorteio na Ferj, o Flu ganhou esta condição. O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) então foi acionado e liberou o canal do Flamengo no Youtube para também exibir a decisão. A sentença saiu quatro horas antes do início da partida, mas o Flu ainda teve tempo de recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para garantir a exclusividade da transmissão.

Como resultado, a live do Fluminense em seu canal no Youtube chegou a ter mais de 3,5 milhões de visualizações simultâneas, um recorde no mundo na plataforma de streaming.

Por Rodrigo Ricardo – Repórter da Rádio Nacional 

Flamengo e Botafogo avançam às semifinais da Taça Rio

Flamengo e Botafogo garantiram a classificação para as semifinais da Taça Rio (2º turno do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro) como líderes do Grupo A. Os dois times entraram às 21h30, nesta quarta-feira (1º) à noite, para enfrentar Boavista e Portuguesa, respectivamente.

(Alexandre Vidal/Flamengo)

No Maracanã, os flamenguistas venceram, por 2 a 0, o Verdão de Saquarema. Sem contar com Gabriel Barbosa, por conta de dores musculares, Pedro começou o jogo como titular e abriu o marcador aos 35 minutos do primeiro tempo. 

Na segunda etapa, Gerson ampliou o marcador, com um chute de fora da área no ângulo. A partida foi exibida, ao vivo, pelas redes sociais do clube sob o amparo da recente Medida Provisória (MP) 984, que permite exclusivamente ao mandante do jogo a responsabilidade de decidir sobre os direitos de transmissão.

O Flamengo terminou a fase de grupos com 100% de aproveitamento, com cinco vitórias em cinco jogos. O time do técnico Jorge Jesus é o líder na soma geral de pontos e, como conquistou a Taça Guanabara (1º turno), caso também vença a Taça Rio será automaticamente campeão estadual de 2020.

Já o Botafogo ficou em segundo lugar do grupo com 8 pontos. O Glorioso empatou, por 0 a 0, com a Portuguesa no Estádio Luso-Brasileiro. Os comandados de Paulo Autuori depois de um bom primeiro tempo, acertando por duas vezes a trave, passaram sufoco na segunda etapa, mas resistiram e garantiram a vaga para a próxima fase.

Flamengo e Botafogo voltam a campo no domingo (4) e aguardam os confrontos da última rodada do Grupo B nesta quinta-feira (2). Embora classificado, o Fluminense joga com o Macaé, às 19h30, em Bacaxá, para definir se será primeiro ou segundo colocado. O Vasco encara o Madureira, às 20h, em São Januário, precisando vencer e torcer pela derrota do Volta Redonda contra o Resende, que jogam no mesmo horário no Estádio da Cidadania, na cidade do Aço.

Por Rodrigo Ricardo – Repórter da Rádio Nacional