Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

3,8ºC: zona sul foi a região mais fria da cidade

A semana começou com céu aberto, formação de neblina em alguns pontos da Grande São Paulo e termômetros oscilando em torno dos 7,1ºC  durante a madrugada. De acordo com a CGE da Prefeitura de São Paulo, as menores temperaturas ocorreram na Zona Sul, onde as estações de Engenheiro Marcilac e da Capela do Socorro registraram 3,8ºC. 

No decorrer do dia, o sol predomina e favorece a elevação das temperaturas, diminuindo a sensação de frio. Dessa forma, as máximas podem chegar aos 19ºC, enquanto a umidade relativa do ar entra em declínio e deve atingir valores próximos aos 45% nas horas mais quentes. A chegada da brisa marítima no final do dia pode causar ligeiro aumento de nebulosidade nos bairros mais próximos da Serra do Mar, mas sem condições de chuva para a capital paulista.

Próximos dias

A massa de ar polar começa a perder intensidade e as temperaturas entram em gradativa elevação no decorrer da semana. Entretanto, o tempo seco e estável dificulta a dispersão de poluentes e favorece a formação de queimadas, o que prejudica a qualidade do ar nos grandes centros urbanos.

A terça-feira (09), feriado da Revolução Constitucionalista de 1932, segue com sol e temperaturas em gradativa elevação na Grande São Paulo. As mínimas oscilam em torno dos 8°C, enquanto as máximas podem chegar aos 20°C. A umidade relativa do ar pode atingir valores abaixo dos 40% nas horas mais quentes. Não há expectativa de chuva.

Na quarta-feira (10) o tempo não muda muito e persistem as condições de sol e temperaturas em elevação. Os termômetros variam entre mínimas de 10ºC e máximas podem superar os 22ºC. Os índices de umidade devem ficar abaixo dos 35% no período da tarde e não há previsão de chuva para a Grande São Paulo.

*CGE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Fale agora com nossa equipe!
Powered by