Chile tem mais de 215 mil casos de coronavírus

De acordo com o represente do Ministério da Saúde, a grande maioria desses 31 mil casos se refere a contágios na região metropolitana de Santiago, capital do país
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O Ministério da Saúde do Chile anunciou hoje (17) que somará 31.412 casos confirmados da covid-19 aos mais de 184 mil registrados até ontem. O chefe do Departamento de Epidemiologia, Rafel Araos, explica que todos os mais de 31 mil infectados testaram positivo para a doença.

Mais de 31 mil infectados testaram positivo para a doença (Alejandra de Lucca V. Minsal/Fotos Publicas)

O atraso no registro aconteceu por problemas na atualização desses casos, que ainda estavam como “suspeitos” ou “pendentes”. O total de infectados no Chile chega a 215.861 e o número de mortos é 3.383.

Essas pessoas não contabilizadas, com suspeita da doença ou pendentes (de resultado), tiveram PCR’s positivos, ou seja, fizeram testes que deram positivo, portanto constituem casos confirmados”, explicou Araos.

O especialista disse que “depois de uma longa jornada trabalhando em conjunto com a rede de laboratórios de todo o país, conseguimos consolidar um banco de dados que nos permite pesquisar ou tentar encontrar as pessoas que testaram positivo e não haviam sido incluídas em nosso banco de dados porque o status delas não foi registrado ou não foi alterado de suspeito para confirmado”.

Araos disse que este tipo de ajustes nos valores é habitual em momentos como o que o mundo vive hoje e que o Chile voltará “a fazer todos os ajustes que sejam necessários no futuro a medida que detectem situações como esta”.

De acordo com o represente do Ministério da Saúde, a grande maioria desses 31 mil casos se refere a contágios na região metropolitana de Santiago, capital do país, e a todo o período da pandemia, ou seja, “não são casos de ontem nem de hoje”. O Chile registrou o primeiro caso de contaminação no dia 3 de março.

O Ministério afirma que na próxima sexta-feira (19) divulgará um relatório detalhado com informações sobre quando e onde foram registrados esses 31 mil casos que estavam fora da contagem.

Os dados da contaminação por covid-19 no Chile são atualizados na plataforma Epivigilia. Araos afirmou que a atualização da ferramenta “teve alguma demora e, por isso, aprofundamos o assunto, investigamos e detectamos que existe um número significativo de pessoas cujo status não havia sido atualizado”.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast