Preso suspeito de matar ex-mulher e sogra durante festa

Sogro, um jovem de 22 anos e uma criança de 10 também foram feridos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O homem suspeito de matar a ex-mulher e a sogra, além de ferir outras três pessoas, em uma festa de aniversário, na região de Guaianazes, Zona Leste da Capital paulista, se entregou à Polícia. Luís Felipe Correia de Oliveira, 29 anos, se apresentou no final da noite desse domingo (18), sem a presença de um advogado, na Oitava Delegacia de Defesa da Mulher.

Ele é apontado como autor das facadas que vitimaram  a jovem Nathália Saldanha, 18 anos, e a mãe dela, a dona de casa Priscila Rodrigues Saldanha, 38. O técnico em telecomunicações era considerado foragido desde a segunda-feira (12), quando cometeu o crime na casa das vítimas.

O Crime

Nathália Saldanha, 18 anos, e a mãe dela, a dona de casa Priscila Rodrigues Saldanha, 38 (Reprodução)

Na data, Oliveira chegou na residência, onde ocorria a festa em comemoração aos 18 anos da ex-mulher, mas não trouxe a filha, de dois anos, que havia passado o dia com ele. O casal estava separado havia um mês e ele pretendia tentar reatar o relacionamento, mas os dois acabaram discutindo.

Em meio à briga, Oliveira pegou uma faca e golpeou Nathália, a mãe dela e o padrasto da garota, Waldick Santos de Oliveira, de 38 anos.Também foram atingidos um rapaz, de 22 anos, e um menino, de dez, mas sem gravidade.

Todos foram socorridos no Hospital Geral de Guaianazes, onde mãe e filha morreram. Apenas o padrasto segue internado, em estado grave.

No dia seguinte, a criança, que estava na residência da avó paterna, foi levada por parentes à delegacia. Oliveira permaneceu foragido até se entregar na noite deste domingo na delegacia que acompanha o caso.

Após prestar depoimento, ele foi conduzido ao Instituto Médico Legal, onde passou por exame de corpo de delito. Com prisão temporária decretada pela Justiça, o suspeito foi encaminhado em seguida ao Distrito Policial do Bom Retiro, onde aguardará transferência para algum Centro de Detenção Provisória.

*com informações de Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas