Mil estabelecimentos foram interditados na pandemia

616 são bares, restaurantes, lanchonetes e cafeterias.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Estabelecimento interditado em abril, na zona leste (Pref. de São Paulo/Reprodução)

A prefeitura de São Paulo já interditou um total de 1.016 estabelecimentos durante a pandemia por descumprirem as regras vigentes para o combate à disseminação da covid-19. Desses, 616 são bares, restaurantes, lanchonetes e cafeterias.

O valor da multa é de R$ 9.231,65, aplicada a cada 250 metros quadrados. Para voltar a funcionar, os estabelecimentos interditados devem solicitar a reabertura na subprefeitura da sua região.

Na última sexta-feira (21) e no sábado (22), houve a interdição de 14 bares e restaurantes. Na sexta, foram interditados um na Sé, dois na Lapa e três em Pirituba. No sábado, foram dois em Pinheiros, um em Capela do Socorro, três em Pirituba, três na Sé e um em Santana.

De acordo com a prefeitura, as equipes fiscalizam diariamente os estabelecimentos que excedem o horário permitido pela legislação municipal e se estão disponibilizando mesas nas calçadas, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar (PM).

Por Camila Boehm – Repórter da Agência Brasil 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas