Acidente entre caminhão e ônibus deixar 18 feridos

(Record TV/Reprodução)

Um acidente entre um ônibus e um caminhão deixou ao menos 18 pessoas feridas na manhã de hoje (12) na zona leste da capital paulista. O acidente ocorreu por volta das 8h da manhã, na Avenida Miguel Ignácio Curi. De acordo com a SPTrans, empresa que administra o sistema público de ônibus na capital paulista, o ônibus envolvido no acidente fazia a linha 2780/10 Jardim Camargo Novo – Metrô Itaquera. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, três das vítimas tiveram ferimentos graves. Uma delas, o motorista do veículo, sofreu um trauma no tórax e foi encaminhado ao hospital Salvalus. Uma outra vítima, uma mulher, teve uma suspeita de fratura no braço e foi encaminhada a uma unidade do NotreDame. O estado de saúde da terceira vítima não foi informado pelos Bombeiros.

A Polícia Militar informou que o caso foi encaminhado para o 65º Distrito Policial.

Já a SPTrans informou à Agência Brasil que, por causa do acidente, 23 linhas de ônibus tiveram que ser desviadas.

Por Elaine Patricia Cruz, da Agência Brasil

Motoristas embriagados provocam acidentes com um morto e dois feridos

O motorista de um Corsa morreu no local do acidente(Foto:Agamenom Gomes/SP AGORA)

A primeira colisão ocorreu por volta das nove e meia da noite desta quarta-feira na Avenida Dom Pedro II, próximo à Avenida Tietê, no bairro Industrial, em Santo André, no ABC.

O condutor de um Mercedes Benz (modelo CLS 63 prata) estaria trafegando em alta velocidade quando perdeu o controle da direção do veículo, que bateu em outros três carros de passeio antes de atingir um poste.

O impacto da batida foi tão forte que a estrutura ficou completamente destruída, assim como a parte frontal da Mercedes Benz, automóvel avaliado em cerca de 300 mil reais.

O motorista do importado saiu ileso, mas duas pessoas que estavam nos outros carros (um Fiat Palio prata e um Renault Sandero) ficaram feridas.
As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas ao Centro Hospitalar de Santo André.

Testemunhas disseram que o condutor do Mercedes, que seria um empresário, estaria disputando um racha com outro motorista (de um Audi).
Equipes da concessionária Enel foram acionadas para fazer a substituição do poste e os reparos na fiação da rede de energia que foi danificada.

Visivelmente embriagado, o motorista foi conduzido ao Primeiro Distrito Policial da cidade, onde a ocorrência foi registrada.

Outro acidente

Motorista da picape estaria embriagado e foi levado para Delegacia(Foto:Agamenom Gomes/SP AGORA)

O outro acidente ocorreu uma hora e meia depois, no Jardim Piratininga, no município de Osasco.

Policiais faziam o patrulhamento quando desconfiaram do motorista de uma caminhonete (Toyota Hilux prata) que estava trafegando em alta velocidade.

Os Pms resolveram fazer a abordagem e fizeram sinais para o motorista, que ignorou e continuou pela Avenida Getúlio Vargas, em direção à Rodovia Presidente Castelo Branco.

Alguns quilômetros adiante, ele perdeu o controle da direção, e a caminhonete atravessou o canteiro central, arrancou uma árvore e bateu em outro carro (um Chevrolet Corsa cinza) que estava parado no semáforo. Os veículos ficaram destruídos.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas, mas o motorista do segundo carro não resistiu e morreu no local, entre as ferragens.

Já o condutor da Hilux sofreu escoriações apenas e, aparentemente embriagado, foi encaminhado ao 10º Distrito Policial de Osasco.

Durante a madrugada, ele foi levado para o Instituto Médico Legal, onde passou por exames de corpo de delito e dosagem alcoólica.

Por causa do acidente, a avenida Getúlio Vargas teve de ser interditada, o que gerou lentidão para o tráfego. A liberação total só ocorreu no final da madrugada.

*Com informações de Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan.

Filho de caminhoneiro morre após bater no caminhão do pai

(CGN/Reprodução)

Um acidente envolvendo pai e filho caminhoneiros terminou de forma trágica, hoje (4), na  BR-467, no interior do Paraná. Os dois seguiam em caminhões diferentes quando o filho perdeu o controle da direção e atingiu a traseira do caminhão do pai. A notícia foi divulgada pelo portal CGN.

Segundo a publicação, os dois haviam passado a noite em um posto de combustíveis. O acidente aconteceu pouco depois do início da viagem, enquanto seguiam na direção do município de Toledo.

Após a colisão traseira, o caminhão pegou fogo e o filho, de 23 anos, ficou preso às ferragens. Segundo a publicação, a vítima não conseguiu escapar do fogo e morreu no local.

Sobe para 21 número de mortos em acidente com ônibus

Um acidente com um ônibus de turismo matou ao menos 21 pessoas, na manhã de hoje (25). O Corpo de Bombeiros e o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) atuaram no atendimento aos feridos, na BR-376, próximo à Curva da Santa, em Guaratuba, no Litoral do Paraná.

Informações preliminares do Corpo de Bombeiros apontam que, além dos mortos, sete passageiros estão em estado grave, quatro são vítimas moderadas e 19 leves. As vítimas foram encaminhadas para hospitais em Curitiba e Joinville (SC), com apoio das aeronaves do BPMOA.

Informações apuradas no local pela Agência de Notícias do Paraná indicam que o ônibus, com placa do Pará, saiu da pista e tombou na lateral da via. O veículo tinha 57 passageiros, além de dois motoristas. O acidente aconteceu perto das 8h30 no quilômetro 668.

O destino dos turistas era a cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

*Com AEN – Agência Estadual de Notícias do Paraná

Acidente com lanchas mata quatro pessoas

(Reprodução)

Um grave acidente envolvendo duas lanchas deixou quatro pessoas mortas hoje (16), na Ilha Paquetá,  em Angra dos Reis, na Costa Verde do estado do Rio de Janeiro.

Três dos mortos são da mesma família: Maria Cândida Godim Pinheiro, de 57 anos, a filha, Tatiana Godim Pinheiro, de 43 anos, e a filha de Tatiana, Luiza Pinheiro, de 11 anos. A quarta vítima é Vania Maria A. Edde, de 63 anos, amiga da família que estava na mesma embarcação.

O choque entre as duas lanchas foi violento, deixando as embarcações muito avariadas. Quatro pessoas ficaram feridas: José Carlos Godim Pinheiro, de 67 anos, que sofreu ferimentos leves e foi liberado, sem necessidade de ser medicado em hospital. Ele seria parente das vítimas do acidente.

Para o Hospital do Frade, em Angra dos Reis, foram levados Carlos A.Meireles, de 72 anos, Tomaz Machado, de 29, e Luiz Lobão, de 42 anos. Todos foram medicados e liberados em seguida.

Por Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil 

Acidente entre caminhão e ônibus mata 41 pessoas

(Reprodução)

Um acidente grave entre caminhão e ônibus provocou a morte de 41 pessoas, no interior de São Paulo, sendo 37 no local e quatro nos prontos-socorros da região. A colisão aconteceu no começo da manhã de hoje (25), na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, no trecho entre os municípios de Taguaí e Taquarituba.

O governo de São Paulo montou uma força-tarefa para identificar e liberar os corpos das vítimas da tragédia. Os institutos médicos-legais (IMLs) das cidades de Avaré, Botucatu e Itapetininga, foram acionados para atender mais rapidamente ao número de mortos no acidente.

Segundo a Polícia Militar, os feridos foram levados para hospitais em Taquarituba, Taguaí e Fartura. Os ocupantes do ônibus eram funcionários de uma empresa têxtil da cidade de Taguaí.

De acordo com as informações do governo estadual, tanto a Polícia Militar quanto a Civil trabalham no atendimento das vítimas, com auxílio do helicóptero Águia, da Base de Campinas, e a perícia no local. 

Os hospitais estão pedindo doações de sangue para as vítimas. Para doar é preciso entrar em contato com o Hemocentro de Botucatu pelos números (14) 3811-6041 (ramal 240) ou pelo WhatsApp (14) 99624-7055 e (14) 99631-5650. 

*Com informações da Agência Brasil

Acidente deixa 4 mortos na Anhanguera, na Grande SP

Quatro pessoas morreram na madrugada deste domingo (4) após o motorista ter perdido o controle do carro, capotado e batido em um muro na Rodovia Anhanguera, em Osasco, na Grande São Paulo. Os ocupantes do veículo tinham 17, 23, 24 e 26 anos, de acordo cm a Secretaria de Segurança Pública.

A única sobrevivente foi uma adolescente de 17 anos que está grávida. Ela teve um trauma grave na cabeça e foi atendido no Pronto-Socorro do Mandaqui, na Zona Norte de São Paulo, segundo a polícia.

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 2h para o capotamento de carro, que aconteceu no km 19 da Rodovia Anhanguera, na altura do primeiro quilômetro após o pedágio saída para Osasco e próximo ao prédio do SBT.

Foram solicitados exames periciais ao Instituto de Criminalística (IC) e Instituto Médico Legal (IML).

O caso foi registrado como homicídio e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e choque pelo 10° Distrito Policial de Osasco e encaminhado ao 7º DP, área dos fatos.

Universitária morre ao ser derrubada de moto

Neila Sales morreu ar ser atingida pelo táxi (Reprodução)

Uma universitário morreu ao ser derrubada da moto em que estava, em São Paulo. O acidente aconteceu no final da noite de domingo (27), no cruzamento da Avenida General Edgar Facó com a Rua Santa Romana.

Neila Sales, estudante de Publicidade e Propaganda, estava na garupa da moto pilotada pelo namorado, Lucas Caldas, de 23 anos, seguindo para casa, quando a motocicleta foi atingida na traseira por um táxi.
Com o impacto, a garota foi jogada longe e morreu antes da chegada das equipes do Corpo de Bombeiros; o namorado dela sofreu apenas ferimentos leves.
O motorista do táxi, que não teve a identidade divulgada,  foi submetido ao teste do bafômetro, e o resultado foi positivo.
Ele confirmou que havia bebido, mas se isentou de culpa no acidente, dizendo que estava no corredor de ônibus e que o motociclista fez uma conversão proibida.
Já o piloto da moto contou que estava parado no semáforo quando foi atingido na traseira pelo automóvel.
O taxista foi encaminhado ao Distrito Policial da Casa Verde, onde o caso foi registrado.
*Com informações de Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Sobe para 8 total de mortos em engavetamento com 22 veículos

Subiu para oito o total de pessoas que morreram em um acidente envolvendo 22 veículos no km 76 da BR-277, em São José dos Pinhais, no Paraná, nesse domingo (2), por volta das 22h20. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve um engavetamento na via, sentido litoral, em decorrência da má visibilidade no local, por conta de um nevoeiro, aliado à fumaça gerada por uma queimada.

 Engavetamento de 22 veículos no Paraná mata sete pessoas
Má visibilidade causada por nevoeiro contribuiu para o acidente
Engavetamento de 22 veículos no Paraná mata oito pessoas. Má visibilidade causada por nevoeiro contribuiu para o acidente (PRF/Reprodução)

Preliminarmente, no local do acidente, foram registradas 34 vítimas, sendo que oito morreram, duas ficaram em estado muito grave, com risco de morte, cinco graves e 20 vítimas leves. Foram contabilizados 22 veículos envolvidos no acidente, sendo 16 carros, cinco motocicletas e um caminhão.

“Em razão da restrição da visibilidade, alguns veículos se envolveram em uma colisão e permaneceram imobilizados sobre a via. Com isso, alguns ocupantes deixaram seus veículos e permaneceram na rodovia. Uma carreta, que não conseguiu frear, colidiu com os veículos parados na rodovia, atropelando as pessoas que estavam no local”, informou a PRF.

Além da PRF, participaram do atendimento às vítimas equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a empresa concessionária Ecovia, responsável pelo trecho. A rodovia foi liberada às 4h40 da madrugada de hoje. Os nomes das vítimas não foram divulgados.

(Cícero Bittencourt/RPC/via G1)

Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil 

Capotamento perto do zoológico deixa 8 feridos

Um capotamento na tarde de hoje (12), na Avenida Miguel Stefano, perto da entrada do Zoológico municipal, deixou ao menos oito pessoas feridas. O caso mais grave, segundo o Corpo de Bombeiros, era de um homem que teve fratura na perna, trauma no rosto e reclamava de dores na coluna. Ele foi socorrido pelos Bombeiros e levado pelo Helicóptero Águia para o Hospital das Clínicas, referência em traumas.

O acidente envolveu três veículos e vai ser investigado pela Polícia Civil. O impacto foi tão forte que algumas vítimas ficaram presas às ferragens. Imagens divulgadas pelos Bombeiros mostram o trabalho de resgate.

Outras vítimas

Segundo os Bombeiros, um homem de 26 anos também sofreu fratura na perna e foi levado para o Hospital Saboya, na Zona Sul. Para o mesmo hospital foram levadas outras duas pessoas, incluindo uma mulher de 39 anos, que, durante o resgate, reclamava de dores no peito.

Outras vítimas foram levadas com ferimentos para o Pronto Socorro da Vila Alpina, Zona Leste, e para o Alvorada. O Samu também socorreu dois feridos, mas não há informações sobre para qual hospital foram encaminhados.