Brasil

Queda de helicóptero da Marinha mata dois militares e fere seis em Formosa

Um helicóptero da Marinha caiu nesta terça-feira (8) durante um treinamento na região de Formosa (GO). A queda provocou a morte de dois militares no local do acidente e seis foram hospitalizados.

Entre os feridos, dois foram levados ao Hospital das Forças Armadas e quatro ao Hospital Regional de Brasília.

A Marinha informa que o acidente com a aeronave UH-15 Super Cougar, do 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, ocorreu durante um exercício de operação. O caso será investigado pela Comissão de Investigação de Acidente Aeronáutico.

“A Comissão de Investigação de Acidente Aeronáutico iniciou os procedimentos para apurar as causas e circunstâncias do ocorrido. A MB está prestando todo o apoio aos militares e familiares envolvidos”, informa em nota.

Siga nosso canal no Whatsapp

O Ministério da Defesa divulgou nota lamentando as mortes. “O Ministério da Defesa presta as condolências, pela irreparável perda, aos familiares e amigos dos militares, vitimados no cumprimento do dever”.

O UH-Super Cougar é um helicóptero multimissão, usado em apoio a operações terrestres e em atividades como evacuação aeromédica, busca e salvamento, transporte aéreo logístico e combate a incêndio. Os helicópteros já foram usados em diversas ações, entre elas situações de desastres naturais e transporte de urnas eletrônicas a pontos distantes do país, segundo informações no site da Marinha.

Um dos mais modernos e versáteis da aviação naval

Segundo a Marinha, o helicóptero UH-15 Super Cougar é um dos mais modernos e versáteis da aviação naval, com capacidade para transportar até 28 pessoas e realizar diversas missões, como operações especiais, busca e salvamento, combate a incêndios e apoio a desastres naturais. O helicóptero que caiu fazia parte do 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, sediado na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, no Rio de Janeiro.

Um exercício militar conjunto entre as Forças Armadas

O acidente ocorreu durante a Operação Formosa, um exercício militar conjunto entre as Forças Armadas, que envolve cerca de 3 mil militares e mais de 100 veículos e aeronaves. A operação acontece anualmente desde 1988 no Campo de Instrução de Formosa, uma área de 400 km² que simula um cenário de guerra convencional.

Uma investigação para apurar as causas e circunstâncias do ocorrido

A Marinha informou que o acidente será investigado pela Comissão de Investigação de Acidente Aeronáutico, que iniciou os procedimentos para apurar as causas e circunstâncias do ocorrido. A Marinha também disse que está prestando todo o apoio aos militares e familiares envolvidos.

O Ministério da Defesa divulgou uma nota lamentando as mortes dos militares e prestando as condolências aos familiares e amigos. O ministério disse que os militares foram “vitimados no cumprimento do dever” e que “a perda irreparável reforça o compromisso das Forças Armadas com a defesa da Pátria e a garantia dos poderes constitucionais”.

Mais artigos desta categoria

Botão Voltar ao topo
Fechar

Bloqueador de anúncios

Não bloqueie os anúncios