Corinthians fica distante da Libertadores após empate com Vasco

Timão empatou em zero a zero
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

O Corinthians não saiu do zero contra o ameaçado Vasco neste domingo, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro e se complicou na briga por uma vaga na Libertadores.

O resultado deixou o clube paulista na décima colocação com 50 pontos, a seis do G7. O Grêmio fecha a zona de classificação, mas se for campeão da Copa do Brasil abrirá mais uma vaga. O Vasco, por sua vez, se manteve na zona de rebaixamento, no 17º lugar com 38 pontos, a três do primeiro rival fora da degola.

Corinthians e Vasco tiveram uma chance cada no primeiro tempo. Os donos da casa assustaram aos 16 minutos. Fagner recebeu de Gustavo Mosquito e meteu uma bomba para o gol, mas Fernando Miguel defendeu.

Corinthians e Vasco fizeram valer o atual momento e realizaram um primeiro tempo de dar sono. Aos 16 minutos, Gustavo Mosquito tocou para Fagner, que invadiu a área e encheu o pé, mas Fernando Miguel fez boa defesa.

Aos 37 minutos, Carlinhos recebeu de Pikachu e, da intermediária, arriscou. A bola passou perto do gol. Ainda nos 45 minutos iniciais, Fagner e Talles Magno foram amarelados após desentendimento. Já Mosquito foi substituído por Gabriel Pereira após sentir lesão.

No segundo tempo, Fábio Santos chutou firme aos 18 minutos e a bola tirou tinta da trave. Três minutos depois, Henrique cruzou, a bola fez curva e acertou a trave do Corinthians. Aos 46 minutos, Jô recebeu de Otero e bateu firme, mas Fernando Miguel defendeu.

Na 38ª e última rodada, o Corinthians visitará o Internacional no Beira-Rio, em Porto Alegre, na próxima quinta-feira, às 21h30. No mesmo dia e horário, o Vasco receberá o Goiás em São Januário, no Rio de Janeiro.

Jean Mota, em seu primeiro toque na bola aos 41 minutos do segundo tempo, marcou o gol de empate do Santos diante do Fluminense por 1 a 1, neste domingo, na Vila Belmiro, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro e deixou os paulistas com chances de vaga na Libertadores. Lucca fez para os cariocas.

O resultado deixou o Santos na oitava colocação com 54 pontos, a três do Palmeiras, que fecha o G7. A vaga ainda pode vir em caso de título do Grêmio na Copa do Brasil. O Fluminense, por outro lado, perdeu a chance de entrar no G4 e parou na quinta colocação com 61 pontos.

O Santos não se encontrou no primeiro tempo e o Fluminense soube aproveitar a chnace criada. Aos 15 minutos, Lucca abriu o marcador. Ele recebeu de Luiz Henrique, avançou e bateu de esquerda. Sem chance para o goleiro João Paulo.

Como o time da casa não reagiu, o Fluminense foi pra cima e assustou. Fred pegou bola rebatida e chutou de canhota, mas desta vez João Paulo fez boa defesa.

O segundo tempo também teve poucas chances. O Fluminense tentou administrar o placar. O Santos, enquanto isso, acordou só no final. Aos 32 minutos, Marcos Felipe fez defesa em chute rasteiro de Felipe Jonatan. Aos 34, Luan Perez desviou de cabeça, mas a bola subiu.

Tudo começou a mudar aos 38 minutos com a expulsão de Nino, do Fluminense. Jean Mota entrou na vaga de Felipe Jonatan aos 40 minutos. No minuto seguinte, ele empatou o jogo ao completar para o fundo das redes.

A 38ª e última rodada será toda disputada na próxima quinta-feira, às 21h30. Enquanto o Santos visitará o ameaçado Bahia na Arena Fonte Nova, em Salvador, o Fluminense receberá o também ameaçado Fortaleza no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Por FPF

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas