Palmeiras vence Libertad e vai à semifinal

Jogo de ida havia terminado com empate em 1 a 1
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Cesar Greco/Palmeiras/via Fotos Públicas)

O Palmeiras está classificado à semifinal da Copa Libertadores da América. O time alviverde confirmou a vaga ao derrotar o Libertad, do Paraguai, por 3 a 0, na noite desta terça-feira, no Allianz Parque. No jogo de ida, os times haviam empatado por 1 a 1.

Com o resultado, o Palmeiras aguarda o confronto entre River Plate e Nacional para saber seu próximo adversário. O clube argentino, um dos favoritos ao título, venceu em casa por 2 a 0 e poderá perder por até um gol de diferença para avançar.

O Libertad engrossou contra o Palmeiras. O time paraguaio entrou em campo mais ligado e só não marcou, pois encontrou o goleiro Weverton em uma noite inpirada. O camisa 1 do time alviverde fez um milagre no chute à queima-roupa de Sebastián Ferreira, que deu um corte seco em Gustavo Gómez, antes de desperdiçar a melhor oportunidades da equipe paraguaia.

Aos poucos, o Palmeiras foi gostando do jogo, cresceu e abriu o placar em uma bela jogada de contra-ataque. Gabriel Menino tocou para Raphael Veiga, que tentou o arremate e viu a bola sobrar para Rony. O atacante deixou para Gustavo Scarpa, que acertou um bonito chute de fora da área para fazer 1 a 0.

Em vantagem, o Palmeiras resolveu não correr mais riscos, anulou os espaços do adversário e continuou ameaçando. A melhor oportunidade foi com Rony. O atacante recebeu dentro da área, mas isolou. Gómez também teve uma grande oportunidade, de cabeça. Martín Silva salvou.

O Palmeiras voltou melhor para o segundo tempo. Na cobrança de falta de Gustavo Scarpa, Martín Silva fez uma grande defesa para evitar o segundo do time alviverde. A situação do Libertad, no entanto, piorou quando Cáceres foi expulso após pisão em Rony. O árbitro teve que consultar o VAR para mostrar o cartão vermelho.

Com um jogador a mais, o Palmeiras se soltou. Logo na sequência, Gabriel Veron obrigou Martín Silva a fazer duas defesas à queima-roupa. Mas o goleiro não conseguiu segurar o chute de Rony, que fez o segundo, após bela assistência de Marcos Rocha.

No entanto, o Palmeiras ainda acabou tomando um susto. Marcos Rocha recuou errado e deu de bandeja para Villalba, que driblou Weverton e chutou. O lateral conseguiu se recuperar para salvar em cima da linha. O lance só deu mais moral ao time, que fechou a conta aos 36 minutos. Weverton chutou para Willian, que deu de calcanhar para Scarpa. Ele deixou Gabriel Menino na frente do gol. O meia só empurrou.

Por Federação Paulista de Futebol

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas